terça-feira, 31 de março de 2009

Futebol Internacional: Bandeirinha saca uma arma no jogo

A violência no futebol, infelizmente, está em todos os campos e cantos deste planeta. A novidade desta semana não briga de torcida, polícia x torcedores e por aí vai. Nesta semana tivemos uma arma na mão de um bandeirinha.

Na quarta divisão da Romênia, um bandeirinha puxou uma arma para os torcedores. O assistente irritou os torcedores ao anular um gol Popesti contra o Unirea Dragalina.

A partida acabou logo em seguida a esta cena. O Dragalina venceu, por 2 a 1. De acordo com o jornal alemão Bild, a Federação Romena de Futebol ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Com estiramento na coxa, meia não pega o Peru pelas Eliminatórias

Futebol Interior

A Seleção Brasileira ganhou uma boa notícia nesta terça-feira e o técnico Dunga uma ruim. Se o meia do Milan-ITA, Kaká, vai pegar o Peru na noite desta quarta, o também meia Anderson está fora do duelo pela 12ª rodada das Eliminatórias Sul-americanas da Copa do Mundo de 2010.

O jogador do Manchester United-ING está com um estiramento de grau 1 na coxa e sequer, treinou nesta tarde, no Estádio Beira-Rio. Ele sentiu a contusão na última segunda-feira, quando participou de um jogo-treino ao lado dos reservas da Seleção contra o time Sub-20 do Grêmio-RS.

Outro que foi cortado foi o lateral-direito Maicon, que também sentiu contusão. O técnico Dunga, porém, não informou os substitutos.

A Bruxa está solta no Ypiranga!

Redação

Com Geday fazendo exames e com um problema no menisco do joelho esquerdo há semanas, seu nome não é forte e cotado para enfrentar o Central na próxima quinta-feira.

Bruno Xavier estreou no último domingo contra o Salgueiro e se saiu bem, o gol de Tiago foi de um nível de dificuldade imenso para qualquer goleiro.

Mas Bruno Xavier, a partir de hoje à tarde também não é mais unanimidade para defender o Azulão no Clássico do Agreste.

Deficiência tática?

Tomou um frango no treino e irritou Rubens Monteiro?

Infelizmente, nenhuma das opções anteriores, ele torceu o tornozelo direito e imediatamente abandonou o treino, dando lugar a Anialisson.

Com o tornozelo inchado, ele foi encaminhado ao DM onde ficou com o pé enfiado em um saco de gelo para pelo menos amenizar a dor. E não parou por aí, Serjão jogou uma bola em um companheiro do sistema defensivo e foi expulso do treino.

Com esse clima denso, só temos que desejar boa sorte a Anialisson, nome forte para a camisa 1 contra o Central.

Vale lembrar a fogueira em que Augusto entrou no ano passado tendo que substituir o então queridinho Romero, sua inexperiência nos rendeu a Copa do Brasil, não estamos culpando o goleiro Augusto, a situação era bem diferente mas prevenido morreu de velho...

segunda-feira, 30 de março de 2009

Escala de árbitragem para o jogo Central x Ypiranga (Juniores e Profissional)

Redação

JOGO: CENTRAL SPORT CLUB X S. E. YPIRANGA FUT. CLUBE
DIA: 02.04.2009 (QUINTA-FEIRA)
HORÁRIO: 18h
CATEGORIA: Juniores
ESTÁDIO: Luiz Lacerda
Cidade: Caruaru
ÁRBITRO: Sérgio Claudino Santana
ASSISTENTE N.º 1: Wilton Lins
ASSISTENTE N.º 2: Alcides Lira
4º ÁRBITRO: Ricardo Jorge Ribeiro


JOGO: CENTRAL SPORT CLUB X S. E. YPIRANGA FUT. CLUBE
DIA: 02.04.2009 (QUINTA-FEIRA)
HORÁRIO: 20h30
CATEGORIA: Profissional
ESTÁDIO: Luiz Lacerda
Cidade: Caruaru
ÁRBITRO: Gleydson Leite
ASSISTENTE N.º 1: Alcides Lira
ASSISTENTE N.º 2: Wilton Lins
4º ÁRBITRO: Ricardo Jorge Ribeiro

Automobilismo: Mesmo com vitória, Brawn irá demitir 270 funcionários

Gazeta Press

Depois de estrear na Fórmula 1 com a dobradinha de Jenson Button e Rubens Barrichello no último domingo, a Brawn GP confirmou a demissão de cerca de 270 funcionários de sua fábrica em Brackley, Inglaterra. A idéia dos dirigentes da mais nova equipe da categoria é dispensar cerca de 40% dos atuais empregados.

"Neste momento, somos umas 700 pessoas e conversamos de reduzir o pessoal a umas 430 pessoas ou algo assim, como em 2004 (na época da equipe BAR)", explicou o britânico Nick Fry, diretor executivo da Brawn GP, no mesmo dia em que seu time venceu logo na primeira corrida.

O orçamento da equipe para esta temporada será menor em comparação aos valores investidos pela Honda. "É uma pena que tenhamos que fazer isso, mas houve uma mudança no regulamento e agora somos um time privado", justificou o dirigente britânico.

Os principais patrocinadores da equipe recentemente adquirida por Ross Brawn são a empresa de vestuário Henri Lloyd e a Virgin. A princípio, o contrato com o grupo comandado pelo empresário Richard Branson é apenas para as duas primeiras corridas do ano.

Dunga esbraveja e desafia críticos a subirem escadas em Quito

Redação e agências nacionais

Um dia depois do sufoco no empate contra o Equador, onde o time da casa teve 37 finalizações, o técnico Dunga, da Seleção Brasileira, rebateu as críticas de apatia da sua equipe e desafiou os seus críticos a se exercitarem na altitude de Quito para ver a dificuldade de jogar no local.

"A crítica vai ter sempre, querem que ganhe, que vença todos os jogos. Vai tentar subir e descer as escadas quatro, cinco vezes para ver a diferença. A gente usa muito passe e a reposição de bola, o cruzamento ficam prejudicados na altitude".

O treinador criticou também as cansativas viagens feitas pela Seleção durante as Eliminatórias. "Vocês (jornalistas) que estão conosco sabem da logística, das viagens longas, do pouco tempo para se preparar".

Sabe como resolver isso Dunga? A invés de brincar de treino na Granja Comary por uma semana, tivesse levado os jogadores para a altitude com pelo menos quatro dias de antecedência.

Seleção "comemora" empate com samba em avião

Redação e agências nacionais

Até que um cidadão de cabeça cheia gritasse com o grupo da "Seleção", o pagode comeu solto no avião que levava os mercenários que empataram ontem com Equador. De Quito à Guaiaquil, Robinho fez jus ao que ele está indo fazer na Seleção, tocar um belo pagode e dar entrevistas engraçadinhas à Globo ainda com um pandeiro, um reco-reco, um tamborim na mão.

Foram-se os tempos em que o sonho de um jogador de futebol era chegar a defender um grande clube profissional, depois o Brasil em uma partida oficial, quiçá um contrato com algum clube europeu.

Hoje em dia, a meta dos jogadores é o futebol europeu, jogar pelo Brasil é o mesmo que servir ao Exército por quem não tem a ideologia de patriotismo. É uma obrigação enfadonha.

Com esse grupo fraco de jogadores que não pretende defender a Amarelinha, nós não passaremos das oitavas ou no máximo quartas-de-final na próxima Copa do Mundo, e é bom lembrar que a Copa já é no ano que vem.

É vergonhoso ver a cara dos jogadores sem comprometimento, tirando o pé em divididas, se ganhamos, o discurso já está pronto, se perdemos, idem.

Anderson, hoje no Manchester United-ING, atende a imprensa como se fosse obrigação, virando a cara para os microfones e que se dane a repercussão que vai causar, talvez tenha sido contagiado pelas firulas de Cristiano Ronaldo, mas não avisaram a ele que o português, mesmo sendo atualmente considerado pela FIFA como o melhor jogador do Mundo, mantém a humildade em atender os profissionais da comunicação e atua por seu selecionado honrando as cores da Pátria-Mãe.

Maicon, hoje na Internazionale-ITA, naturalmente faz cara de pouco caso com os torcedores e com a imprensa, até parece que não gostaria de jogar pelo Brasil e preferisse ficar em Milão.

Falta comando na Seleção Brasileira, comprometimento com o povo brasileiro, com a gloriosa camisa amarela, pentacampeã do mundo.

Eu, Walter Miro, defendo a criação de uma Seleção genuinamente Brasileira, formada com atletas que atuam no país, não é tão difícil de fazer algo do tipo. Se mesmo assim não der certo, o time não jogar ofensivamente e achar normal empatar em casa com Bolívia, Colômbia, aí amigo, tem algo muito errado, será melhor esquecermos essa geração de jogadores, como a 2ª Guerra Mundial, que dizimou duas gerações de jogadores e dois ciclos de Copas do Mundo.

Espero que o jogador VERGONHA NA CARA entre em campo contra o Peru na próxima quarta-feira, em Porto Alegre - RS e vista a camisa 10.

Três morrem em acidente com técnico argentino

O técnico argentino Miguel Zazhú, do Sportivo Luqueño-PAR, sofreu um acidente, que vitimou três pessoas, em Luque, a cerca de 20 km da capital paraguaia.

O treinador realizou o teste de teor alcoólico no sangue e deu negativo. De acordo com a Polícia Nacional, o carro de Zahzú se chocou, nesta madrugada, com uma moto. O condutor e mais dois garupas morreram.

As vítimas Ariel Aquino, 25 anos, Ricardo Brizuela, 23, e Nelson Giménez, 17, tinham cervejas em uma das mochilas.

Equador 1 x 1 Brasil, placar justo

Redação e agências nacionais

Numa atuação apática e abaixo da média, o Brasil empatou com o Equador, em 1 a 1, neste domingo, em Quito, pela 12ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2010.

A Seleção Brasileira foi dominada durante todo o jogo, e conseguiu achar o gol em uma das duas finalizações, um belo chute de Júlio Baptista, que acabara de entrar no jogo, no lugar de Ronaldinho Gaúcho. No final, o Brasil sofreu o gol de empate, num castigo mais do que justo.

Com grandes defesas, o goleiro Júlio César foi o melhor jogador brasileiro disparado, e impediu que o Brasil voltasse para casa com uma derrota. Além do goleiro, a fragilidade e pouca qualidade técnica do Equador evitaram que a seleção pentacampeã sofresse novo vexame nas Eliminatórias.

Com o empate, o Brasil caiu para a quarta colocação das Eliminatórias, com 18 pontos, sendo superado pela Argentina, que roubou a vice-liderança e pelo Chile que assumiu o terceiro lugar. O Equador, por sua vez, ocupa a sétima colocação, com 13 pontos, dez a menos que o líder
Paraguai.


Ficha do jogo

Estádio: Olímpico Atahualpa, Quito - EQU
Árbitro: Carlos Chandía - CHI
Cartões amarelos: Elano e Gilberto Silva, Daniel Alves (Brasil); Ayovi (Equador)
Gols: Júlio Baptista, aos 27'/2T (Brasil); Noboa, aos 44'/2T (Equador)


Equador:

Cevallos; Reasco, Hurtado, Espinoza e Ayoví; Castillo, Valencia, Guerrón (Noboa) e Méndez; Caicedo (Palácios) e Benítez.
Técnico: Sixto Vizuete.

Brasil:

Júlio César, Maicon (Daniel Alves), Lúcio, Luisão e Marcelo; Gilberto Silva, Felipe Mello, Ronaldinho Gaúcho (Júlio Baptista) e Elano (Josué); Robinho e Luís Fabiano.
Técnico: Dunga.

Dezenove pessoas morrem em jogo das Eliminatórias Africanas

A África está de luto. Neste domingo uma tragédia assolou os gramados do país. Ao todo 19 pessoas morreram no Estádio Felix Houphouet-Boigny, em Abidjan, Costa do Marfim, após um tumulto.

A tragédia aconteceu após um muro do estádio, que recebeu cerca de 50 mil espectadores, desabar e causar o tumulto. A Polícia tentou acalmar a situação, mas só piorou, após lançar gás de pimenta e lacrimogênio nos torcedores.

No jogo, a Seleção da Costa do Marfim goleou o Maláui, por 5 a 0, pelo Grupo E da segunda fase das Eliminatórias Africanas. Romaric, Drogba, duas vezes, Kalou e Kone marcaram os tentos.

Não foi só no jogo do Ypiranga: Torcedor atira sorvete de limão em campo

Futebol Interior

Irritado com a atuação do árbitro Márcio Roberto Soares, um torcedor do Marília perdeu a cabeça e mesmo assim deu um pouco de graça ao jogo contra a Portuguesa, em jogo válido pelo campeonato paulista.

De forma inusitada, ele atirou um sorvete de limão no campo, bem na hora que a Lusa batia escanteio pela esquerda. O juizão pegou o picolé e deve relatar na súmula.

A irritação se deve pelo fato de aos 24 minutos da segunda etapa, Edno não ter alcançado a bola e em seguida ter escorregado. Ele não pediu nada e se levantou para seguir o jogo. Mas o árbitro carequinha Márcio Roberto Soares ficou doido e marcou pênalti, sendo que Ataliba sequer encostou em Edno.

O juizão ainda expulsou Ataliba. Na cobrança, aos 25 minutos, Edno deu a famosa paradinha e converteu a penalidade máxima. Na seqüência, mais um lance inusitado.

Compacto do jogo Ypiranga 0 x 1 Salgueiro

Redação




Na última rodada do Pernambucano 2009, o Ypiranga recebeu o Salgueiro em seus domínios.

Motivado após o empate contra o Sport na última quarta-feira, o Azulão apresentava antes do jogo, uma proposta ofensiva, para entrar de vez na briga pela Série D.

Mas quem esperava uma atuação novamente heróica ou no mínimo digna da história do Ypiranga, se enganou. Perdido, o setor de ataque pouco recebeu bolas na etapa inicial, e quando recebeu, desperdiçou.

O Salgueiro em uma das poucas chances que teve, marcou com Tiago, um balaço de fora da área após receber passe de Paulo Rangel, a velocidade da jogada derrubou o narrador Walter Miro que assinalou o gol para o centroavante, mas com o auxílio dos companheiros Juan Cassio (comentarista) e Pablo Ricardo (cinegrafista) teve a oportunidade de se desculpar pelo erro e seguir com o jogo.

No segundo tempo, o Ypiranga tocou a bola exaustivamente na frente da área do Salgueiro, que após as expulsões de Marcos Mendes (que estava fazendo uma grande partida) e Rogério foi obrigado voltar todo o time para o campo de defesa.

Criando algumas oportunidades por ter dois homens a mais e mesmo assim perdendo gols à cântaros, a Máquina do Interior praticamente deu adeus à Série D e agora briga somente contra o rebaixamento e a temida Série A2.


Ficha do jogo:

Ypiranga: Bruno Xavier; Bruno, Maurício, Luís Eduardo e Marcelo (Maurício Oliveira); Jair (Ila), Fagner, Wilson Surubim e Pio; Serjão (Juninho Borracha) e Assis.
Téc.: Rubens Monteiro

Salgueiro: Luciano; Rogério, Alisson, Henrique e Marcos Mendes; Vitor Caicó, Tiago, Renato Frota e Elvis (Anderson); Paulo Rangel (Moreilândia) e Gilson Costa (Marivaldo).
Téc.: Neco


Árbitro: Émerson Batista
Auxiliares: Aldir Pereira e Charles Rosas
4º Árbitro: Antônio André Rodrigues


Gol: Tiago, aos 34' para o Salgueiro


Cartões Amarelos:

Ypiranga: Fagner

Salgueiro: Rogério, Marcos Mendes, Renato Frota, Anderson e Moreilândia


Cartões Vermelhos:

Salgueiro: Rogério e Marcos Mendes


Público: 4150
Renda: R$ 1500,00


Preliminar: Campeonato Pernambucano de Juniores - Ypiranga 3 x 2 Salgueiro

domingo, 29 de março de 2009

Vândalo atira picolé de côco no gramado durante derrota do Ypiranga

Redação

O Ypiranga conseguiu perder para o Salgueiro com dois homens a menos na última rodada do estadual, se não bastasse a derrota, uma mente célebre resolveu atirar um picolé de côco no gramado, mais precisamente no arqueiro Luciano, do Salgueiro, que inteligentemente fez uma cera fenomenal em todo o segundo tempo de jogo.

As lentes de Juan Cassio conseguiram captar com exclusividade, mesmo à distância, o momento em que o vândalo torcedor é denunciado por outros espectadores e o momento em que o policiamento retira o imbecil do estádio.


Resultados da 7ª Rodada do 2º Turno do Campeonato Pernambucano 2009 - Série A1

Sáb, 28/03/2009

16:10
Petrolina 0x2 Sport

Dom, 29/03/2009

16:00 Sete de Setembro 2 x 2 Serrano
16:00 Vitória 0 x 4 Porto
16:00 Santa Cruz 1 x 3 Náutico
16:00 Central 2 x 0 Cabense
16:00 Ypiranga 0 x 1 Salgueiro


Se o campeonato acabasse hoje...
Campeão: Sport
Vice: Náutico
Série D: Santa Cruz e Porto

Rebaixamento: Vitória (pelos critérios de desempate) e Petrolina

E o Ypiranga? Amigão, tá feia a coisa. No turno, vice lanterna, 4 pontos, no geral, 16 pontos, não se pensa mais nem em um lindo sonho, com a Série D, agora é mirar os canhões no rebaixamento, com apenas 2 pontos de vantagem para Serrano e Vitória, a luz vermelha já queimou faz tempo e precisa ser trocada.

Automobilismo: Brawn GP faz histórica dobradinha na Austrália

Redação e agências nacionais

Jenson Button e Rubens Barrichello fizeram história no GP da Austrália. Com a dobradinha em Melbourne, eles igualaram um feito que já durava 55 anos, quando a Mercedes estreou e marcou o primeiro, com Juan Manuel Fangio, e o segundo, com Karl Kling, na França em 1954.

O inglês dominou a corrida desde a largada e o brasileiro ainda foi beneficiado pelo acidente entre Robert Kubica e Sebastian Vettel no fim da prova.

Além dos 55 anos de intervalo, a dobradinha da Brawn GP é apenas a segunda de uma equipe estreante na história da Fórmula 1. O time também se tornou o terceiro calouro a triunfar em uma prova: em 1977, o sul-africano Jody Scheckter venceu com a Wolf o GP da Argentina.

Jarno Trulli, que largou em último após a punição da Toyota na classificação, herdou a terceira posição, mas acabou caindo para o 12º lugar ao ser punido por ultrapassar Hamilton com o safety car na pista.

E a Brawn GP conseguiu este feito após três meses de incertezas, com o abandono da Honda no início de dezembro do ano passado. A equipe foi tida como acabada e todos os funcionários tinham seus empregos ameaçados, além de Rubens Barrichello ser "aposentado" por várias pessoas ligadas à Fórmula 1. Só que Ross Brawn chegou, salvou o time e demonstrou ter um carro competitivo para a temporada 2009.

Mesmo com um deficiente carro da McLaren, Lewis Hamilton fez uma corrida de regularidade e ainda conseguiu a terceira posição, uma à frente do alemão Timo Glock. Fernando Alonso, da Renault, chegou na sexta posição após perder bela disputa com o rival da Toyota nas últimas voltas. Nico Rosberg, da Williams, que perdeu rendimento nas últimas voltas, e Sebastien Buemi, da STR, completaram a zona de pontuação em Melbourne.

A próxima corrida da temporada 2009 da Fórmula 1 será disputada no próximo domingo, dia 5 de abril, na Malásia, às 6h (de Brasília), no circuito de Sepang. Jenson Button, com dez pontos, e Rubens Barrichello, com oito, chegam à segunda prova do campeonato muito à frente dos rivais.

Mundial de Pilotos:

1°. Jenson Button (ING/Brawn), 1h34min15s784 ( 58 voltas )
2°. Rubens Barrichello (BRA/Brawn), a 0s807
3°. Lewis Hamilton (ING/McLaren), a 2s914
4°. Timo Glock (ALE/Toyota), a 4s435
5°. Fernando Alonso (ESP/Renault), a 4s879
6°. Nico Rosberg (ALE/Williams), a 5s722
7°. Sébastien Buemi (SUI/Toro Rosso), a 6s004
8°. Sébastien Bourdais (FRA/Toro Rosso), a 6s298
9°. Adrian Sutil (ALE/Force India), a 6s335
10°. Nick Heidfeld (ALE/BMW) a 7s085
11°. Giancarlo Fisichella (ITA/Force India), a 7s374
12°. Jarno Trulli (ITA/Toyota), a 26s604 (perdeu pontos e caiu para a posição)
13°. Mark Webber (AUS/Red Bull), a 1 volta
14°. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), a 2 voltas
15°. Robert Kubica (POL/BMW), a 3 voltas
16°. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), a 3 voltas

Abandonos
Piloto (equipe), número de voltas/motivo

Felipe Massa (BRA/Ferrari), 47/mecânico
Nelsinho Piquet (BRA/Renault), 24/acidente
Kazuki Nakajima (JAP/Williams), 18/acidente
Heikki Kovalainen (FIN/McLaren), 0/acidente

Mundial de Construtores:

1º Brawn GP -18 pts
2º McLaren Mercedes - 6 pts
3º Toyota - 5 pts
4º Renault -
4 pts
Toro Rosso, Williams - 3 pts
7º RBR Red Bull, BMW Sauber, Ferrari, Force India - 0 pts

sábado, 28 de março de 2009

Automobilismo: Brawn GP faz dobradinha e larga na frente do GP da Austrália

Redação e agências nacionais

A surpreendente Brawn GP confirmou o favoritismo e dominou o grid de largada para o GP da Austrália, prova de abertura da temporada 2009 da Fórmula 1, que acontece neste domingo, a partir das 3 horas da manhã (horário de Brasília).

A dobradinha dos dois pilotos da equipe, com o inglês Jenson Button em primeiro e o brasileiro Rubens Barrichello em segundo, marcou o treino de classificação realizado na madrugada deste sábado, em Melbourne, que também teve punição para três competidores.

Atual campeão da Fórmula 1, o inglês Lewis Hamilton já tinha feito um treino ruim, apenas com o 15º tempo, mas precisou trocar a caixa de câmbio de sua McLaren, caindo para a 18ª posição do grid. Ele só não foi o último porque os dois pilotos da Toyota, o alemão Timo Glock e o italiano Jarno Trulli, foram punidos por irregularidades no carro da equipe - assim, ficaram, respectivamente, em 19º e 20º lugares.

Entre os pilotos brasileiros da categoria, só Rubinho pôde comemorar no treino deste sábado, depois do excelente segundo lugar no grid. Apontado como favorito ao título da temporada, Felipe Massa não passeou da sexta colocação com sua Ferrari. E Nelsinho Piquet, da Renault, conseguiu apenas a 14ª posição na largada do GP da Austrália, marcada para acontecer na madrugada deste domingo.

Confira do grid de largada:
1) Jenson Button (ING/Brawn GP) - 1min26s202
2) Rubens Barrichello (BRA/Brawn GP) - 1min26s505
3) Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) - 1min26s830
4) Robert Kubica (POL/BMW) - 1min26s914
5) Nico Rosberg (ALE/Williams) - 1min26s973
6) Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 1min27s033
7) Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - 1min27s163
8) Mark Webber (AUS/Red Bull) - 1min27s246
9) Nick Heidfeld (ALE/BMW) - 1min25s504
10) Fernando Alonso (ESP/Renault) - 1min25s605
11) Kazuki Nakajima (JAP/Williams) - 1min25s607
12) Heikki Kovalainen (FIN/McLaren) - 1min25s726
13) Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso) - 1min26s503
14) Nelsinho Piquet (BRA/Renault) - 1min26s598
15) Giancarlo Fisichella (ITA/Force India) - 1min26s677
16) Adrian Sutil (ALE/Force India) - 1min26s742
17) Sebastien Bourdais (FRA/Toro Rosso) - 1min26s964
18) Lewis Hamilton (ING/McLaren) - sem tempo
19) Timo Glock (ALE/Toyota) - sem tempo
20) Jarno Trulli (ITA/Toyota) - sem tempo

sexta-feira, 27 de março de 2009

Garantindo o sustento longe de casa, não é mole a vida do Profissional da Bola

Redação

Para quem pensa que viver do futebol é apenas colher os frutos do trabalho, se engana e muito. Os Profissionais da Bola sofrem com a distância de suas casas e a saudade dos familiares, amigos, etc.

Em alguns casos, os jogadores criam raízes em cidades que chegam, constituem família, negócios. Os que não conseguem criar laços, pelos mais variados motivos, viram "ciganos", nômades do futebol.

Alguns jogadores, em nome do sustento da família, não presenciam momentos marcantes das suas vidas, para garantir que a vida das pessoas que amam seja melhor, com mais oportunidades.

A Mala Esportiva acompanhou durante a semana alguns jogadores de perto e colheu alguns depoimentos de profissionais que hoje integram o elenco do Ypiranga, "ciganos que estão acampados" em Santa Cruz do Capibaribe.

Maurício: "A última oportunidade de jogar longe de casa que eu tive foi em 2006, de lá pra cá eu me fixei de vez aqui no Ypiranga, até porque eu tenho outros afazeres quando acaba o campeonato, tenho raízes nessa cidade, e vou levando a vida por aqui mesmo. Em 2001, eu joguei em Petrolina, passei quase seis meses sem poder vir à região Agreste, quando passamos de fase e pudemos vir 'para esses lados' foi melhor, uma oportunidade de ver a família. Vê-los é importante, dá para desabafar, tirar o estresse da profissão com eles, a família é muito importante, por isso que a maioria dos jogadores casados gostam de atuar nos clubes e levar a sua família como porto seguro."

Ila, meio campo: "É difícil estar tanto tempo longe de casa, mas a família entende que o que fazemos é pelo bem deles, e sentimos saudades mas esse é nosso trabalho, quando temos férias vamos onde eles estão, eu já fui para o CRB-AL e passei mais de um ano e meio sem ver meus entes no Recife, foi bem difícil."

Júlio Cesar, volante: "Sair de casa para ganhar a vida é uma escolha difícil, mas gratificante, sair em busca dos nossos objetivos às vezes dói, mas é algo que tem que ser superado, eu já passei um ano longe de casa, ainda não era casado e deixei minha família, meus amigos lá no Rio de Janeiro para conquistar meu sonho."

Evandro, Atacante: "A saudade de casa é muito grande, estou no Ypiranga há quase um ano e meio, o clube já me deu condições de ir rever minha mãe e meus parentes e amigos, passei 15 dias lá com eles e voltei, mas a saudade sempre fica um pouco, espero ir lá novamente após o Pernambucano, se não der, 'bola pra frente', vou continuar aqui em Pernambuco, eu sei que a torcida por mim lá é grande e eu agradeço muito por isso."


Juninho Borracha, meio campo: "Muitas vezes o jogador sai ainda jovem de casa, às vezes pela situação financeira, mas em busca de um sonho de se tornar profissional, poder dar uma condição de vida melhor para as pessoas que amamos. Quando passei três anos longe de casa, em excursão pela França, inclusive eu fiquei lá jogando mas depois voltei, senti muita saudade da Bahia, da minha família."

Wilson Surubim, volante: "Antigamente, ficar longe de casa por muito tempo, eu achava que era um grande sacrifício, até porque nunca tinha saído de Toritama-PE por longos períodos, fui jogar no Guarani-SP e pensava comigo o tamanho do sacrifício que estava fazendo, mas com o tempo, vi que não é tão duro assim, porque foi a vida que escolhi, e graças a Deus eu estou trabalhando já há mais de 10 anos e sobrevivendo do futebol, tenho certeza que quando eu parar de jogar, vou sentir muitas saudades do ambiente que envolve essa profissão. O maior período de tempo que eu fiquei longe de casa, foi quando eu tinha 18 anos e passei um ano e meio em Campinas-SP, jogando no Guarani."

Marcone, zagueiro: "Nós vivemos longe de nossas famílias, é ruim ficar sempre ligando para os familiares, principalmente no meu caso, a minha mãe, que se preocupa comigo, quando estou contundido por exemplo.

A vida de jogador
é como todos dizem, muito 'cigana', um dia está em um clube, em um estado, no outro dia já está em outro local completamente diferente, mas nós temos que agarrar com força a profissão que escolhemos e passar por cima de tudo, eu por exemplo passei dois anos sem vir a minha casa (Solânea-PB), quando atuava no futebol francês, longe do meu filho que inclusive nasceu quando eu estava lá, minha esposa me deu a notícia que estava grávida e só o conheci muito depois do seu nascimento."

Felinho, preparador de goleiros: "É uma vida, pode se dizer até sofrida, não só nós que vivemos da bola, mas todos os profissionais que trabalham longe de suas casas, longe de suas famílias, quando conseguem levar as famílias, eles também sofrem um pouco, para deixar empregos, entes queridos, as crianças sempre mudando de colégio, todos têm algum tipo de prejuízo, porém por outro lado, é gostoso fazer algo tão prazeroso, e dar alegrias aos times que estamos, conhecemos muitas pessoas. Com certeza, tudo tem que ter um sacrifício, e em nome da bola e do sustento, é com muito prazer o que fazemos. Eu tenho a felicidade de graças a Deus estar perto da minha cidade (Caruaru-PE), e ter a facilidade de poder ir quando quiser depois dos treinamentos até lá, mas eu evito o desgaste e o gasto financeiro de estar com frequencia me deslocando daqui até lá."


Valdo Bahia, lateral esquerdo: "As dificuldades são grandes, no meio do futebol, a concorrência cresceu muito ultimamente, eu saí de casa com 13 anos, me casei 'jogando pelo mundo', hoje tenho minha esposa e minha filha que são bênçãos em minha vida, nós sabemos o quanto é difícil superar tudo, temos que 'engolir muitos sapos' no começo, é uma profissão árdua, eu tenho alguns amigos que começaram jogando comigo e desistiram do futebol e hoje têm outras profissões. Hoje todas as crianças quando têm algum tempo de vida já sonham em serem jogadores de futebol, só quem está no meio futebol sabe como é, eu já estou nesse ramo há 13 anos, 'você pode dormir pobre e acordar rico', eu graças a Deus tiro meu sustento do futebol, todo o que tenho agradeço à bola, tudo o que dei à minha família.

Eu digo a quem está começando, que nunca desista do seu sonho, é uma profissão que tem dificuldades, mas quando Deus põe a sua mão tudo dá certo, o sucesso vira questão de tempo.
Eu passei três anos sem ver meus familiares, joguei um ano e dois meses na Europa, isso ajudou muito no meu amadurecimento, aprendi a dar valor a minha família, quando você sai de casa com 14, 15, 16 anos de casa, deixa tudo para trás em busca de um sonho, embora tudo seja novidade quando você tem essa idade, é um momento de curtir tudo intensamente, mas quando chega os 25, 26 anos, o valor da família fica inestimável, é a base de tudo, o jogador que se dedica ao seu trabalho e à sua família, consegue tudo sem humilhar o seu semelhante, o segredo do sucesso é Deus na sua vida, o respeito a todos e a busca pelo seu horizonte, esse tempo que eu passei longe de Pirituba-BA, com pouca idade, me ajudou infinitamente a construir o meu caráter, o casamento como eu já disse 'pelo mundo' também me ajudou e me ajuda a amadurecer mais e mais a cada dia.

Quem desvia o jogador do bom caminho é ele mesmo, muitas felicidades de momento aparecem, mulheres, festas, e até mesmo drogas não aparecem só para quem procura, mas quem resolve se envolver com esse tipo de coisa geralmente não dá certo no mundo da bola.

Para os jovens eu deixo o conselho de que o estu
do, o conhecimento de forma geral é de extrema importância, e as oportunidades não podem ser desperdiçadas com bobagem, mesmo que você tenha talento com a bola nos pés, estude para ser um jogador completo dentro e fora de campo." Valmir Sabino, preparador físico (um dos idealizadores dessa matéria especial): "Nós somos conhecidos como nômades e não é a toa, vivemos em busca do nosso sustento, nessas idas e vindas, temos que ter em casa uma base muito especial, uma companheira, uma família unida que é a nossa base de sustentação, dá muito apoio e por eles nosso esforço vale a pena.

Eu estive em Portugal a trabalho e passei 10 meses sem ver a Eline (esposa) que mora lá em Goiânia-GO, ela é goiana e nós temos uma afinidade ímpar, confiança e companheirismo, torce pelo nosso trabalho à distância, quando perdemos, ela aconselha, incentiva, dá apoio emocional para continuarmos lutando, quando
vencemos ela sempre está lá para comemorar conosco.

É engraçado que em todos os jogos a Eline fica aguardando perto do telefone para saber o resultado, no jogo contra o Sport foi muito legal, terminamos o jogo e ficamos muito felizes, principalmente eu que tinha com quem partilhar a minha alegria, tão perto e tão longe, ao mesmo tempo.

O profissional de futebol tem que ter uma equipe de peso com ele para cuidar de todos nós, a minha equipe, formada pela Eline, Dona Aparecida (sogra), meus cunhados Wellington, Vicente, Eliane, meus sobrinhos Gustavo, Henrique, Bruno Guilherme e também a Virgínia são muito importantes na minha vida pessoal e profissional. eles têm cuidado comigo, sempre perguntam como estão as nossas condições, o nosso trabalho sem a minha família eu não obteria nem a metade do meu sucesso."

Estádio Municipal de Santa Cruz do Capibaribe tem sua iluminação inaugurada

Redação

Ontem à noite, o futebol amador de Santa Cruz do Capibaribe recebeu um presente por parte do poder público municipal.

O sistema de iluminação do Estádio Municipal "Arizão" foi inaugurado, com partidas festivas envolvendo 'peladeiros' da região, políticos e crianças.

A iluminação era um sonho antigo, e sua implantação é uma medida de grande importância para os jogadores e para as ligas amadoras da cidade, que eram obrigadas a jogar apenas durante a manhã e no final da tarde e agora ganharam um novo horário para a pratica desportiva.

Escala de árbitragem para o jogo Ypiranga x Salgueiro (Juniores e Profissional)

Redação

JOGO: S. E. YPIRANGA FUT. CLUBE X C. A. SALGUEIRO
DIA: 29.03.2009 (DOMINGO)
HORÁRIO: 13h30
CATEGORIA: Juniores
ESTÁDIO: Otávio Limeira Alves
Cidade: Santa Cruz do Capibaribe
ÁRBITRO: Andréa Amorim
ASSISTENTE N.º 1: Charles Rosas
ASSISTENTE N.º 2: Aldir Pereira
4º ÁRBITRO: Antônio André Rodrigues

JOGO: S. E. YPIRANGA FUT. CLUBE X C. A. SALGUEIRO
DIA: 29.03.2009 (DOMINGO)
HORÁRIO: 16h
CATEGORIA: Profissional
ESTÁDIO: Otávio Limeira Alves
Cidade: Santa Cruz do Capibaribe
ÁRBITRO: Emerson Batista
ASSISTENTE N.º 1: Aldir Pereira
ASSISTENTE N.º 2: Charles Rosas
4º ÁRBITRO: Antônio André Rodrigues

Automobilismo: "Vai ser meu melhor ano na Fórmula 1", aposta Barrichello

Redação e agências nacionais

Na Fórmula 1 desde 1993, Rubens Barrichello é o piloto que mais disputou GPs na principal categoria do automobilismo. Prestes a largar pela 269ª vez na carreira, o veterano piloto brasileiro aposta alto nesta temporada, desta vez no cockpit da Brawn GP.

"Estou com a faca nos dentes e boto minha mão no fogo que esse vai ser o meu melhor ano na Fórmula 1", afirmou Barrichello em entrevista reproduzida pela TV Globo na tarde desta quinta-feira. A primeira prova da temporada acontece neste domingo, em Melbourne.

Atual vice-campeão do mundo, o brasileiro Felipe Massa vê o compatriota como um dos principais concorrentes na disputa pelo título desta temporada. "Com certeza, o Rubinho pode ter um ano muito competitivo pela frente", declarou o piloto da Ferrari.

Em 268 provas, Rubinho conquistou nove vitórias e marcou 530 pontos. Ele largou na primeira colocação em 13 ocasiões e subiu ao pódio 61 vezes. Antes de correr pela Brawn GP, Barrichello esteve nas equipes Jordan, Stewart, Ferrari e Honda. Em 2002 e 2004, pela escuderia italiana, foi vice-campeão mundial.

Desde que trocou a Ferrari pela Honda em 2006, Rubens Barrichello vive um período discreto. O último pódio do brasileiro foi na temporada de 2005. No dia 19 de junho, o então piloto da equipe italiana chegou no segundo lugar depois de largar na sétima colocação nos Estados Unidos.

Nesta temporada, Barrichello quase deixou a Fórmula 1. No final, o veterano venceu a concorrência com o jovem Bruno Senna, sobrinho do tricampeão Ayrton Senna, e garantiu sua permanência na Brawn GP, equipe formada por Ross Brawn para suceder a Honda.

Futebol Internacional: Seleção do Quênia tem que comprar uniforme para jogar contra a Tunísia

A seleção do Quênia será forçada a enfrentar a Tunísia de roupa nova. Os uniformes oficiais da equipe além de 2 mil bolas, desapareceram dos estoques da federação de futebol do país às vésperas do confronto marcado para o próximo sábado.

Patrick Naggi, diretor-técnico da seleção africana, explicou ao jornal Standard que não há tempo para encomendar os novos conjuntos aos patrocinadores. Com isso, a única solução será mesmo recorrer às lojas e comprar réplicas do uniforme.

Quênia e Tunísia se enfrentam neste sábado, em Nairobi. O duelo é válido pelo grupo B da última fase das Eliminatórias africanas para a Copa do Mundo de 2010. Nigéria e Moçambique, que duelam no domingo, em Maputo, completam a chave.

Futebol Internacional: Na falta de ter o que fazer, padre veta batismo com nome de árbitro

A igreja portuguesa não deve ter nada melhor para fazer. O padre João José Marques Eleutério afirmou que não irá mais batizar meninos com o nome de Lucílio em Portugal.

A revolta se deve ao fato de um árbitro, de nome Lucílio Baptista ter marcado um pênalti inexistente para o Benfica no empate, por 1 a 1, contra o Sporting. Daí ele teve a "brilhante" idéia.

“É verdade que sou sportinguista desde sempre e que falei, durante a missa, do resultado vergonhoso entre o Benfica e o Sporting”, tentou se explicar à agência Lusa.

Goleiro do Santos-SP pode ter sido pivô de assassinato

Futebol Interior

Lutando a todo custo por uma das três vagas restantes à semifinal do Paulistão, o goleiro do Santos, Fábio Costa, se viu envolvido em uma polêmica daquelas. O goleiro foi apontado como sendo o pivô do assassinato da jovem Ana Cláudia da Silva, de 18 anos, na última semana.

O assassino, Janken Ferras Evangelista, ex-marido de Ana, que está preso, disse em depoimento à polícia que Fábio Costa teria mandado uma mensagem via celular para a jovem. Assim, Janken teria iniciado a briga que terminou com Ana assassinada a facadas.

Por outro lado, o arqueiro do Peixe fez questão de convocar a imprensa no inicio da noite desta quinta-feira, no CT Rei Pelé, para dar sua versão sobre os fatos. Segundo Fábio Costa, ele conhecia a jovem dos tempos em que defendia o Corinthians, mas negou que tinha um caso amoroso com ela.

"Entrei de gaiato nessa história. Nunca tive nenhum tipo de contato [amoroso] com ela. Apenas amizade. Ela me pediu os ingressos (para o jogo Corinthians x Santos) e eu dei, assim como faço com outras pessoas. Meu contato com ela terminou aí. Fico triste porque não gostaria de dar entrevista sobre isso, mas existem fatalidades", revelou o goleiro.

Ainda segundo o goleiro, o último contato com a vítima aconteceu por telefone na última semana, quando Ana pediu os ingressos, mas não soube especificar qual dia. Em toda a coletiva quem esteve ao lado de Fábio Costa foi a esposa Mônica. No horário da morte da jovem, o goleiro estava com o elenco do Santos após a derrota no clássico.

"É lógico que ele [Janken] agora vai querer arrumar culpados, mas eu estou totalmente tranquilo" completou.

quinta-feira, 26 de março de 2009

Resultados da 6ª Rodada do 2º Turno do Campeonato Pernambucano 2009 - Série A1

Qua, 25/03/2009

19:00 Santa Cruz 4 x 1 Cabense
20:30 Serrano 0 x 2 Central
20:30 Porto 3 x 0 Salgueiro
20:30 Petrolina 2 x 3 Vitória
21:45 Sport 1 x 1 Ypiranga

Qui, 26/03/2009

20:30 Náutico 4 x 3 Sete de Setembro


Se o campeonato acabasse hoje...

Campeão: Sport
Vice: Náutico

Série D: Santa Cruz e Porto

Rebaixamento: Serrano e Petrolina

E o Ypiranga? Depois do empate heróico na Ilha do Retiro contra o Sport, permanece na 11ª colocação no segundo turno, com 4 pontos, já na classificação geral (é o que vale) o Ypiranga é o 9º colocado, com 16 pontos, a 9 pontos da Série D e a 3 da zona de rebaixamento.

Cientistas ingleses descobrem 'fórmula perfeita' para bater pênaltis

Considerados os inventores do futebol, apesar de os chineses também alegarem serem donos de tal honra, os ingleses, agora, querem ter reconhecido o mérito de serem descobridores de uma 'fórmula perfeita' para marcar gols em cobranças de pênaltis.

Segundo cientistas britânicos, estudiosos da Universidade John Moore, de Liverpool, o termo 'loteria dos pênaltis', constantemente utilizado por comentaristas esportivos para justificar erros e acertos dos jogadores ao cobrar a infração, estão com os dias contados.

Para os ingleses, a 'fórmula perfeita' para se marcar um gol através do fundamento tem velocidade e 'alvo' a ser atingido, ideais. "Muitos fatores podem fazer um pênalti perfeito. Mas nós finalmente separamos os elementos-chave", gabou-se o diretor de ciências de esportes e exercícios, Tim Cable.

"O ideal é que a bola ultrapasse a linha com uma distância próxima de meio metro do travessão e um metro das traves laterais. Na hora do chute, o ângulo do corpo de cobrador em relação à bola deve estar entre 20 e 30 graus", concluiu o cientista, que não teme ser ridicularizado, mas sim ter descoberto algo que irá 'revolucionar' o esporte mais popular do mundo.

Futebol Internacional: Juiz expulsa 18 jogadores juntos

A selvageria marcou o futebol argentino nesta semana. Em um jogo entre Barracas Bolívar e General Lamadrid, pela terceira divisão do campeonato nacional, jogadores, policiais e torcedores protagonizaram cenas de muita violência.

Tudo começou quando os jogadores do Lamadrid, time visitante, se irritaram com os torcedores da equipe local e resolveram pular as grades e ir para a arquibancada brigar. Mesmo após a intervenção da polícia, a violência continuou.

O árbitro do jogo, Lucas Di Bastiano, resolveu tomar uma medida um tanto inusitada. Expulsou os onze titulares e mais os sete reservas. O Barracas Bolívar venceu a partida por 3 a 0.

Veja as cenas da confusão:

Dunga escala Seleção com novidades na zaga, lateral e meio

Redação e agências nacionais

O técnico Dunga esboçou pela primeira vez a equipe titular do Brasil que deve enfrentar o Equador, no domingo, em Quito, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010. O treinador escalou algumas novidades na equipe principal.

Enquanto todos esperavam Thiago Silva ao lado de Lúcio na defesa, Dunga surpreendeu a todos e escalou Luisão, mais experiente quando o assunto é Seleção Brasileira. Outra novidade foi no meio-campo. Felipe Mello ganhou moral após ser titular contra a Itália e deve formar a dupla de volantes com Gilberto Silva.

Na lateral, o jovem Marcelo garantiu a posição no lugar de Kléber. No meio-campo, Elano e Ronaldinho Gaúcho tiveram a missão de criar as jogadas. Dunga não pôde contar com Kaká, que fez musculação para se fortalecer para a partida. Caso seja liberado, o meia do Milan deve entrar no lugar de Ronaldinho.

O Brasil treinou nesta quarta-feira com a seguinte formação: Júlio César; Maicon, Lúcio, Luisão e Marcelo; Gilberto Silva, Felipe Mello, Elano e Ronaldinho Gaúcho; Robinho e Luís Fabiano.

Assaltantes "passam o rodo" na Federação Mineira de Futebol

Futebol Interior

Três assaltantes fizeram a “rapa” na Federação Mineira de Futebol (FMF), na capital mineira. Ainda sem identificação, os assaltantes levaram nada menos que R$ 1 milhão.

O roubou só foi descoberto na manhã desta quarta-feira, com a chegada do vigia, que presenciou o companheiro que fazia o turno da madrugada rendido e agredido. Os três assaltantes renderam o vigilante do turno da noite e com a ajuda de um maçarico conseguiram arrombar cofre e retiraram o dinheiro.

Os assaltantes conseguiram fugir. Segundo a assessoria de imprensa da Federação Mineira, uma fita de vídeo da câmera de segurança da instituição foi entregue para os policias para tentar ajudar na identificação dos três homens.

Alugue já, na locadora mais perto de você, Sport 1 x 1 Ypiranga, um filme com artes marciais, ação da máfia, comédia pastelão e heroísmo

Redação

Em uma jornada que começou na quarta e terminou na quinta-feira, o Ypiranga foi até o Recife, enfrentar o líder do Pernambucano, o Sport, que atua com seus bons jogadores e com bons árbitros e auxiliares, encaminhando-se para o Tetracampeonato estadual (também, desse jeito...).

O jogo começou com uma presença de jogo sensacional por parte da Máquina do Interior, dando provas ao torcedor que o time não iria vender barato a sua pele.

Pressão Alviazulina e aos 26', Serjão marcou em uma falha clamorosa do goleiro Magrão, 0 x 1, por duas vezes ele tomou gols do Ypiranga esse ano, o primeiro aliás foi o primeiro da temporada sofrido pelo Sport.

Daí começa a primeira parte do filme, artes marciais, estrelando Durval, Dutra, Fumagalli e Hamilton, distribuindo pancadas em um ritmo alucinante, por pouco não dizimando o elenco do Ypiranga, que foi obrigado a por contusões substituir o zagueiro Marcone, que vinha atuando impecavelmente, e deu lugar a Maurício, hoje inclusive, ele lembrou o Maurício capitão do acesso em 2004, outro que saiu por causa de um golpe de Judô foi Júlio Cesar, no seu lugar entrou o jovem Jair, que jogou maravilhosamente, se comportando como um gigante em campo.

Como eu, Walter Miro, costumo dizer, o time do Sport bateu mais do que coração de ladrão.

A partir da primeira parte do filme, começa imediatamente a segunda, ação da máfia, estrelando Adriano Siebra, que inverteu faltas, fez vistas grossas para o festival de porradas do Sport e expulsou Valnei, em uma "falta", onde o zagueiro do Ypiranga pegou apenas a bola e mesmo assim tomou o segundo cartão amarelo, consequentemente o vermelho, a justiça divina se fez presente e Dutra também foi expulso no segundo tempo, o Sport ficou com dois a menos depois que Durval deixou cancha machucado após as três alterações.

Todos esperavam uma atuação muito abaixo do normal para um auxiliar para o senhor Marcelo Neves, o grande algoz do Ypiranga contra a Cabense, mas ele surpreendeu, sendo macho ao ponto de anular um gol do Sport, é bem verdade que ele estava certo ao anular, mas não é todo mundo que se sujeita a colocar a honra da mãe em jogo durante uma partida de futebol. Ubirajara Ferraz também atuou muito bem, o decisivo para o jogo, foi realmente Adriano Siebra.

Confundindo a primeira e a segunda parte do filme, Hamilton deu um carrinho criminoso no final do primeito tempo em Valdo Bahia, com a ajuda do senhor Adriano Siebra, na base do "faço que não vi", o Ypiranga foi obrigado a queimar a terceira alteração no intervalo, entrando Joãozinho no segundo tempo.

Na etapa final, o jogo começou com uma pressão imensa por parte do Sport, mas Geday deu provas de que mesmo machucado, tem capacidade de ser eleito um dos craques do estadual (eleição que começará ainda essa semana na Mala Esportiva), o arqueiro do Azulão fez milagres, salvou gols prontos e arrancou suspiros do torcedor.

Como a pressão foi muito intensa, Adriano Siebra resolveu o jogo, dando um pênalti duvidoso de Joãozinho, que Paulo Baier converteu, 1 x 1.

Baier não atuou brilhantemente contra a Máquina nas duas oportunidades que teve esse ano, o que agradece o torcedor do Azulão.

Resolvido o placar, entra em campo a terceira parte do filme, comédia pastelão. É que de tanto apanhar e assistir a impunidade, fazia graça ver o Sport bater e esperar o cartão que não vinha. O gol corococó de Serjão em Magrão pode também ser incluído na sessão comédia.

E finalmente a quarta parte e a melhor da trama da noite, o heroísmo de Júnior Xuxa, que tinha previsão de jogar apenas um tempo em virtude de uma inflamação na garganta na noite passada, Pio, que à sua maneira, jogando para o time soube se destacar e Wilson Surubim, que jogou na zaga por todo o segundo tempo, com uma disciplina tática invejável, o time do Ypiranga como um todo foi o grande herói da rodada, suportando a pressão do Sport e fazendo uma das melhores atuações do ano.


Ficha do jogo:

Sport: Magrão; Moacir, Igor, Durval e Dutra; Hamilton, Daniel Paulista (Sandro Goiano), Fumagalli (Luciano Henrique) e Paulo Baier; Ciro e Wilson (Vandinho).
Téc.: Nelsinho Baptista.

Ypiranga: Geday; Bruno, Marcone (Maurício), Valnei e Valdo Bahia (Joãozinho); Júlio Cesar (Jair), Pio, Wilson Surubim e Júnior Xuxa; Fagner e Serjão.
Téc.: Rubens Monteiro.

Gols: Serjão aos 26' para o Ypiranga e Paulo Baier aos 18' do 2º tempo, de pênalti para o Sport.

Cartões Amarelos:

Sport: Durval, Dutra, Fumagalli e Igor.

Ypiranga: Geday, Valnei, Joãozinho e Júnior Xuxa.


Cartões Vermelhos:

Sport: Dutra.

Ypiranga: Valnei.


Árbitro: Adriano Siebra
Auxiliares: Ubirajara Ferraz e Marcelo Neves
4º Árbitro: Antônio André Rodrigues.

Público: 6007
Renda: R$ 18.600,00

quarta-feira, 25 de março de 2009

Jogos no Gigante do Agreste, em Garanhuns, já estão liberados

Redação

O Estádio Gigante do Agreste, em Garanhuns, "melhorou bastante" em uma semana. O estádio do Sete de Setembro, que tinha sido interditado (pela televisão), recebeu a visita de representantes da FPF.

Visto que o gramado está verdinho, a bola rolando sem problemas, o campo foi liberado. Depois de uma semana de tratamento intenso, com adubo e muita água, o gramado do Gigante do Agreste ficou pronto para os jogos.

No último dia 15 de março, o campo foi alvo de críticas dos jogadores do Sport, na partida contra o Sete de Setembro, e um dia depois o estádio foi interditado pelo presidente da Federação.

Na última terça-feira (24), José Joaquim, vice-presidente da FPF, liberou os jogos no Gigante, mas disse que vai ficar acompanhando as condições do gramado.

terça-feira, 24 de março de 2009

Seleção Brasileira se apresenta na Granja Comary

Redação e agências nacionais

A Seleção Brasileira já está na Granja Comary, Rio de Janeiro, para os preparativos para os jogos contra Equador (no domingo, em Quito) e Peru (dia 1º de abril, no Beira-Rio, em Porto Alegre), válidos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.

Parte da delegação se apresentou pela manhã no Aeroporto Tom Jobim nesta terça-feira e seguiu para Teresópolis-RJ.

O assistente técnico Jorginho e os jogadores Thiago Silva, Marcelo, Gilberto Silva, Felipe Mello, Lucio, Daniel Alves, Luisão, Miranda, Luís Fabiano, Doni, Julio Cesar, Alexandre Pato, Adriano e Julio Baptista chegaram ao Rio de Janeiro e, no ônibus da CBF, se dirigiram à concentração.

O técnico Dunga, Kaká, Ronaldinho, Anderson, Maicon, Josué, Kleber, Elano e Robinho se apresentaram diretamente na Granja Comary. O primeiro treino aconteceu às 16h45 (de Brasília) na Granja Comary.

Kaká não treinou e é dúvida para o jogo contra o Equador.

Sindicato internacional de jogadores apoia futebol na altitude

A Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol (FIFPro) expressou ao presidente da Bolívia, Evo Morales, seu "completo apoio" à prática do futebol na altitude.

O espanhol Gerardo González, presidente da FIFPro, disse que o futebol na altitude é um dos pontos a serem discutidos no congresso de jogadores profissionais da América, a ser realizado entre terça-feira e quarta-feira, em La Paz, na Bolívia.

"Sei que Morales está 100% disposto a fazer com que o futebol boliviano não leve nenhum tipo de veto. (...) A FIFPro estará unanimemente ao lado da Bolívia", disse González.

Após uma recepção oficial aos representantes das federações de jogadores das Américas, Morales comentou que a posição da Fifa sobre a altitude tem como objetivo "marginalizar" a Bolívia, quando na realidade o futebol deve ser um modelo de integração.

Em 2008, a FIFA anunciou a proibição de disputa de jogos oficiais em locais acima dos 2.750 metros de altura. Porém, depois de o presidente da Bolívia e de outros países protestarem, a federação suspendeu temporariamente a medida para La Paz, a 3.600 metros do nível do mar.

O presidente da FIFPro convidou Morales para visitar a sede da federação, em Amsterdã (Holanda), para tratar do assunto e explicar aos dirigentes europeus sua "cruzada" pelo futebol na altitude.

O congresso também falará sobre rescisões de contratos dos jogadores e cumprimento dos códigos de ética.

"Buscamos clareza nas negociações para mudar as situações legislativas entre clubes, jogadores e federações, e assim favorecer ao futebol. É uma mudança que está sendo feita no futebol globalizado, e não tem marcha à ré", assegurou González.

Londres 2012: Esportes olímpicos terão fundos cortados em Londres

Lancepress!

Oito esportes britânicos vão perder 50 milhões de libras (cerca de R$ 164 milhões) em financiamento até os Jogos Olímpicos de Londres 2012. O objetivo é concentrar recursos em esportes com maiores chances de conquistar medalhas.

Esgrima, handebol, tênis de mesa, tiro, vôlei, pólo aquático, levantamento de peso e lutas terão seus orçamentos cortados em mais da metade, segundo informações divulgadas nesta terça-feira. A Grã-Bretanha não ganhou nenhuma medalha nesses esportes nos Jogos do ano passado, em Pequim.

O tiro será o mais atingido pela medida, com um corte orçamentário de 76%. O Reino Unido disse que os cortes são necessários devido à crise econômica e à falta de patrocínios privados para essas modalidades.

O diretor nacional de pólo aquático, Nick Hume, deixou o cargo na semana passada, citando o corte de 54% no orçamento do esporte como uma das razões.

Brasil de Pelotas perde e é rebaixado no Gaúcho, em ano trágico

UOL Esporte

O Brasil, da cidade de Pelotas, clube que foi o primeiro campeão gaúcho da história, no ano de 1919, está rebaixado para a segunda divisão estadual. A equipe foi derrotada pelo Veranópolis por 3 a 1, na noite desta terça-feira, em Veranópolis-RS, na abertura da 5ª rodada do returno do Campeonato Gaúcho, e só a vitória manteria esperanças de escapar da queda para a segunda divisão.

Despencar para a Segundona regional é apenas o complemento de uma temporada trágica para o rubro-negro de Pelotas, que é conhecido por ter a maior e mais fanática torcida do interior gaúcho. No dia 15 de janeiro, quando faltava uma semana para o começo do Gauchão, o ônibus da delegação capotou na estrada, após um amistoso em Santa Cruz-RS, e morreram dois jogadores - o atacante Cláudio Milar e o zagueiro Régis -, além do preparador de goleiros Giovani Guimarães. Mais de uma dezena de atletas se feriu, praticamente dizimando o grupo.

No jogo desta terça, que decretou matematicamente a queda, o Brasil até saiu na frente, com um gol de Kelson, aos 7mim do segundo tempo, mas o Veranópolis virou com Miro Bahia, aos 17', Eduardinho, aos 26', e finalmente Miro Bahia, outra vez, aos 46'.

O Brasil totaliza apenas quatro pontos, somadas as etapas classificatórias do primeiro e do segundo turno - as que contam para efeito de rebaixamento - e já não tem como escapar de uma das duas últimas posições da tabela geral. Brigam para não tomar o mesmo rumo, agora, o Sapucaiense, seis pontos (joga nesta quarta contra o Santa Cruz, em Santa Cruz do Sul-RS); o Inter de Santa Maria (11 pontos) e o Novo Hamburgo (12). Esses dois se encaram, também nesta quarta, em Novo Hamburgo-RS.

Futebol Internacional: Federação alemã apoia jogador que denunciou políticos por racismo

Das agências internacionais em Berlim, Alemanha

A federação alemã de futebol declarou nesta segunda-feira que apoia totalmente o nigeriano naturalizado Patrick Owomoyela, que já defendeu a seleção do país. O jogador está processando o Partido Nacionalista Democrático por incitar o racismo antes da Copa do Mundo de 2006.

O presidente do partido, Udo Voigt, e mais outros dois dirigentes da sigla de extrema-direita vão comparecer na terça-feira a uma corte distrital de Berlim para responder às acusações geradas pela distribuição de panfletos racistas antes do Mundial na Alemanha.

O material estampava uma camisa da seleção alemã com o número 25, que Owomoyela usava, com os seguintes dizeres: "Branco não é só uma cor de camiseta. Por uma seleção realmente nacional!".

Owomoyela entrou com um processo contra o partido, que está sendo acusado por incitação ao racismo e difamação. Se forem condenados, os responsáveis podem ter de pagar multa ou pegar até três anos de prisão.

À época, o Partido Nacionalista classificou a denúncia de "absurda" e "política", insistindo que o uso do número 25 na camisa foi por acaso e nada teve a ver com Owomoyela. Após a denúncia, a polícia confiscou cerca de 70 mil panfletos na sede do partido.

Funcionário do Vasco-RJ é encontrado morto

Lancepress!

O funcionário Ronaldo Alexandre Viegas de Carvalho, 47 anos, do Vasco-RJ, conhecido como Jarrão, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira em São Januário.

Por volta das 7h30 da manhã desta segunda, outros funcionários do clube acharam o seu corpo em um dos banheiros do complexo esportivo. Tudo indica que ele sofreu um ataque cardíaco.

Jarrão era um figura conhecida no clube, por ser também um torcedor. Ele era uma espécie de "faz-tudo" e sua principal responsabilidade era com o gramado e com os jardins de São Januário.

Apesar de não morar oficialmente na Colina, o funcionário passava muitas de suas noites lá. O horário e o local de seu enterro ainda não foram divulgados.

A diretoria do Vasco já divulgou nota em seu site oficial lamentando o falecimento de Ronaldo de Carvalho e uma homenagem deve ser prestada na partida desta quarta-feira, contra o Mesquita, pelo Campeonato Carioca, em São Januário - provavelmente um minuto de silêncio antes de o jogo começar.

segunda-feira, 23 de março de 2009

Escala de árbitragem para o jogo Sport x Ypiranga (Juniores e Profissional)

Redação

JOGO: SPORT CLUB DO RECIFE X S. E. YPIRANGA FUT. CLUBE
DIA: 25.03.2009 (QUARTA-FEIRA)
HORÁRIO: 14h45
CATEGORIA: Juniores
ESTÁDIO: Auxiliar da Ilha do Retiro
Cidade: Recife
ÁRBITRO: Anderson Freitas
ASSISTENTE N.º 1: Wlademir Lins
ASSISTENTE N.º 2: Clóvis Amaral
4º ÁRBITRO: Ricardo Jorge Ribeiro



JOGO: SPORT CLUB DO RECIFE X S. E. YPIRANGA FUT. CLUBE
DIA: 25.03.2009 (QUARTA-FEIRA)
HORÁRIO: 21h50
CATEGORIA: Profissional
ESTÁDIO: Ilha do Retiro
Cidade: Recife
ÁRBITRO: Adriano Siebra
ASSISTENTE N.º 1: Ubirajara Ferraz
ASSISTENTE N.º 2: Marcelo Neves
4º ÁRBITRO: Antônio André Rodrigues

Basquete: Craques do NBB se divertem em quadra e brilham em Jogo das Estrelas

Globo Esporte
A rigor, a vitória foi do time de uniformes escuros, que homenageou o ex-jogador Rosa Branca e bateu a equipe de camisas claras, batizada com o nome do também ex-jogador Ubiratan, por 126 a 117. O resultado, no entanto, pouco importa. Quem de fato venceu o Jogo das Estrelas neste domingo, no Maracanãzinho, foi a torcida, diante dos lances de efeito protagonizados pelos melhores jogadores do NBB.

A modalidade não via um evento desse tipo há uma década, quando aconteceu o último Jogo das Estrelas. Mas a torcida mostrou que continua gostando de espetáculo. Após um torneio de arremessos de três pontos e um concurso de enterradas, as 5.200 pessoas que foram ao ginásio viram um jogo descontraído, com pouca defesa e – o que importa – várias cravadas.

O cestinha da tarde foi o americano Shamell, do time Rosa Branca, com 26 pontos. Duda anotou 15, Murilo fez 13, e Olivinha contribuiu com 12. Pela equipe perdedora, Marcelinho Machado liderou os companheiros e registrou 25 pontos, mas perdeu uma aposta para Duda e vai ter que pagar uma picanha para o irmão. Alex e Felipe fizeram 16 pontos cada.

Atletismo: Japonês de 65 anos corre 52 maratonas em 52 dias

AFP

Um japonês de 65 anos correu neste domingo sua 52ª maratona em 52 dias, e vai submeter a façanha ao Guinness, o Livro dos recordes mundiais, informou a imprensa japonesa.

Akinori Kusuda finalizou sua "série" correndo a maratona de Tóquio. De acordo com a edição on-line do Mainichi Shimbun, ele queria bater o recorde de 51 maratonas consecutivas estabelecido no ano passado por um italiano de 48 anos.

"Estou tão feliz! Me dei conta de que um homem pode realizar grandes feitos", declarou.

Torcida rouba a bola e encerra jogo do Campeonato Sergipano

A torcida do Guarany-SE teve participação decisiva na partida do time pela 16ª rodada do Campeonato Sergipano. E não foi apenas com gritos de incentivos e críticas. Revoltados com a marcação de um pênalti, os fãs invadiram o gramado, roubaram a bola e o jogo foi suspenso.

Tudo corria bem até os 43min do segundo tempo. Guarany e América-SE empatavam em 1 a 1, com gols de Romão para os donos da casa e Jorginho Roberto para os visitantes. Mas o árbitro marcou um pênalti contra os anfitriões, gerando a revolta dos presentes.

Os torcedores, então, invadiram o campo e levaram a bola da partida, que foi suspensa. O Guarany é o lanterna da competição.

domingo, 22 de março de 2009

Entrevista com Marcelo Paraíba, do Sete de Setembro

Redação

Depois da partida Sete de Setembro 3 x 0 Petrolina, conversamos com Marcelo Paraíba, autor do gol mais bonito do jogo.

Melhores momentos do jogo Sete de Setembro 3 x 0 Petrolina

Redação




Ficha do jogo:
Sete de Setembro: Mondragón; Paulinho, Índio, Givaldo e Jailton; William, Marcelo Capanema (Douglas), Zaqueu e João Paulo (Marcelo Paraíba); Rodrigão (Renatinho) e Nêgo Pai
Téc.: Lourival Silva

Petrolina: Ari Casanova; Daniel, Ronaldo, Rafael e Cuinha (Edson Medalha); Neto Maranhão, Odilon, Wando e Nildo Petrolina (Anderson); Luiz Paulo e Ítalo (Alex Imbiribeira)
Téc.: Luciano Ribeiro


Árbitro: Émerson Batista
Auxiliares: Marcelo Neves e Charles Rosas
4º Árbitro: Eduardo Alcântara

Cartões amarelos:
Sete de Setembro: Índio, Givaldo e Zaqueu
Petrolina: Ronaldo, Rafael e Anderson

Cartão vermelho:
Petrolina: Neto Maranhão

Gols: Rodrigão aos 11', Zaqueu aos 33' do segundo tempo e Marcelo Paraíba aos 43' do segundo tempo


Público total: 427
Renda: R$ 445,00


Preliminar: Campeonato Pernambucano de Juniores - Sete de Setembro 3 x 2 Petrolina

Resultados da 5ª Rodada do 2º Turno do Campeonato Pernambucano 2009 - Série A1

Qua, 18/03/2009

21:50 Ypiranga 0 x 1 Santa Cruz

Dom, 22/03/2009

16:00 Sete de Setembro 3 x 0 Petrolina
16:00 Cabense 0 x 0 Serrano
16:00 Central 3 x 2 Náutico
16:00 Salgueiro 3 x 1 Vitória
16:00 Sport 3 x 0 Porto

Se o campeonato acabasse hoje...

Campeão: Sport
Vice: Náutico

Série D: Santa Cruz e Central

Rebaixamento: Vitória e Serrano

E o Ypiranga? No turno é o 11º, está na zona de rebaixamento do segundo turno com apenas 3 pontos, já na classificação geral, é o 9º, com 15 pontos, 8 da Série D e 4 da zona de rebaixamento.

sábado, 21 de março de 2009

Sete de Setembro x Petrolina terá ingressos a preços promocionais

A diretoria do Sete de Setembro brigou com a FPF e conseguiu baixar os preços dos ingressos para o jogo contra o Petrolina para R$ 5,00.

O jogo será no Limeirão, Santa Cruz do Capibaribe, às 16:00, com preliminar às 13:00.

O torcedor também entra apresentando um "Vale Cidadão" do programa "Todos Com a Nota".

Goleiro Danilo é convocado e viaja neste domingo para Guiné Equatorial

Futebol Interior - Pernambuco

O goleiro Danilo, do Porto, viaja neste domingo (22) para a Guiné Equatorial, quando terá amistoso marcado para o próximo dia 28. O Porto ficará sem o goleiro até o dia 30 (Data do retorno do arqueiro, natural de São Caetano-PE).

O Goleiro, de 27 anos, é o único brasileiro convocado para esta partida. "É Muito gratificante defender uma seleção, isso mostra que você está entre os melhores e isso já é muito importante para mim". Perguntado sobre a liberação do Porto, Danilo afirmou que antes de assinar um contrato fez um acordo para ser liberado e, consequentemente defender as cores da seleção africana. "Existe um acordo com o Porto desde que assinei contrato. E eles me liberaram sem nenhum problema.", afirmou o camisa 1 da Seleção do Guiné Equatorial.

Leia também:
Danilo, o defensor da Guiné Equatorial!

Automobilismo: FIA pode voltar atrás em mudança radical na F1

Reuters

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) disse nesta sexta-feira que pode adiar até a temporada de 2010 a implantação do controverso novo sistema que dará o título de pilotos àquele que tiver vencido o maior número de corridas.

"Se, por algum motivo, as equipes da F1 não estão de acordo com o novo sistema, a implementação poderá ser atrasada até 2010", disse a FIA em comunicado.

Em nota divulgada na sexta-feira, as equipes disseram que a entidade que controla a Fórmula 1 agiu fora das regras quando decidiu alterar o sistema de pontuação para a temporada 2009.

A FIA anunciou na terça-feira que o piloto com o maior número de provas vencidas conquistará o título, em vez de de premiar aquele com a maior pontuação.

Mas a associação das equipes de Fórmula 1 (Fota, na sigla em inglês), disse que as escuderias "concordaram por unanimidade em questionar a validade da decisão".

"É tarde demais para a FIA impor uma mudança para a temporada de 2009 sem acordo unânime de todos os competidores propriamente inscritos no campeonato 2009 da F1", disse o comunicado.

O conselho da FIA rejeitou esta semana uma proposta apresentada pela Fota para alterar a estrutura de pontuação para 12-9-7-5-4-3-2-1 dos atuais 10-8-6-5-4-3-2-1.

A Fota, no entanto, disse que as equipes estão preparadas para trabalhar com a FIA para um novo sistema de pontuação para a temporada de 2010.

A mudança nas regras foram recebidas com reações mistas. O campeão mundial Lewis Hamilton disse ter dúvidas sobre o novo sistema.

"Acho que é uma vergonha o que está acontecendo na Fórmula 1", disse o piloto britânico, 24 anos, em comunicado.

"É difícil acreditar que as decisões recentes causarão melhorias para os espectadores nos circuitos e na TV, que devem ser sempre a nossa prioridade número um, mas creio que teremos que esperar para ver".

sexta-feira, 20 de março de 2009

Danilo, o defensor da Guiné Equatorial!

Futebol Interior Pernambuco

Minutos antes de entrar em campo contra a seleção de Ruanda, em 2 de Junho de 2007, na casa do adversário, os jogadores da Guiné Equatorial brigaram entre si nos vestiários. Uma confusão enorme envolvendo os cinco brasileiros naturalizados guineanos que defendiam o país e os seis atletas nascidos na África. Eles estavam revoltados com a importação de estrangeiros na equipe, promovida pelo treinador brasileiro Antônio Dumas. Abatida em campo, Guiné foi derrotada por 2x0. O resultado provocou uma revolução na seleção, que tinha, ao todo, nove brazucas. Oito deles jamais voltaram a ser chamados, exceto um, O motivo? "Eu canto o hino".

Essa foi a explicação simples, porém justa, do goleiro Danilo, de 27 anos, natural de São Caetano-PE e que defende o Porto, de Caruaru. Ele foi o único naturalizado que desde o começo procurou se identificar com o país, conheçendo a cultura local, além da língua espanhola. "Eu canto o hino porque lá me sinto em casa. Sempre me interessei pelos aspectos do país, e por isso o povo gostou de mim. Lá, eles são mais fanáticos por futebol do que os brasileiros", assegura Danilo, que aceitou o inusitado convite em 2006, pela questão financeira, obviamente.

"O técnico (Dumas) ligou para um empresário do Brasil e pediu três jogadores para suprir a carência do time. E esse empresário ligou para mim. Depois de ligar para alguns brasileiros que moravam lá, vi que era um país que estava crescendo muito e que tinha um bom IDH (Um dos melhores da África, de fato), e viajei", explicou o goleiro que participou dos últimos 17 jogos da seleção. Por sinal, ele já está convocado para o próximo amistoso, marcado para o dia 28 deste mês, na capital Malabo, contra um adversário a ser definido.

Apesar do futebol semi-amador em Guiné, engana-se quem pensa que Danilo reclama das condições de jogo naquele país. Apesar de ter uma população de 600 mil habitantes, Guiné Equatorial vem recebendo muitos investimentos, devido à sua larga produção de Petróleo. Um exemplo é a Arena Nacional, na capital Malabo, com 30 Mil cadeiras e que foi inaugurada em 2006, em um projeto executado por uma empresa alemã.

O melhor momento do camisa 1 na seleção guineana aconteceu em 8 de Setembro de 2007, na história vitória por 1x0 sobre Camarões, a melhor seleção africana segundo o Ranking da FIFA (16º lugar). Após o primeiro triunfo do Guiné sobre o país vizinho, o presidente Teodoro Obiang decretou feriado nacional. "Foi fantástico. O time todo foi recebido pelo presidente no dia seguinte. É por isso que sigo com muita dedicação ao time, porque sempre podemos enfrentar times assim, como Nigéria ou Camarões. E sempre tem alguém observando, para a gente conseguir algo melhor na vida", afirmou o goleiro, que chegou a ser sondado pelo futebol chinês.


África do Sul - A sua última apresentação pela seleção foi em Outubro do ano passado, contra a África do Sul. Isso mesmo, a anfitriã da Copa de 2010. Na partida, disputada em Malabo, Danilo conheçeu Joel Santana, o técnico brasileiro do país que receberá o próximo mundial. Joel ficou surpreso ao encontrar um 'brasileiro' no time adversário, mas o goleiro do Gavião do Agreste se saiu bem no diálogo. "Ele me perguntou o que eu estava fazendo em Guiné. Respondi que estava fazendo o mesmo que ele: correndo atrás, ele ficou rindo e agente bateu um papo legal".

Futebol Internacional: Definidas as quartas-de-final da Liga do Campeões da Europa 2008-09

Em um sorteio realizado nesta sexta-feira, na Suíça, a Uefa definiu os confrontos das quartas-de-final da Liga dos Campeões. O Manchester United-ING, atual campeão do torneio, vai pegar o Porto-POR. O primeiro jogo será no Old Trafford, enquanto o jogo de volta no estádio do Dragão.

Liverpool e Chelsea, ambos da Inglaterra, duelam entre si. Com isso, as equipes reeditam os confrontos das semifinais de 2004/05, 2006/07 e 2007/08. Das três ocasiões, os Reds levaram a melhor em duas (2005 e 2007).

Outra partida que promete bastante será entre Barcelona-ESP e Bayern de Munique-ALE. As duas equipes tiveram os melhores desempenhos nas oitavas-de-final. Os Catalãos eliminaram o Lyon-FRA com um placar de 5 a 2, enquanto os alemães conseguiram duas goleadas sobre o Sporting-POR (5 a 1 e 7 a 1).

Por fim, no quarto e último jogo, o Arsenal-ING vai encarar o Villarreal-ESP, que conseguiu classificação ao desclassificar os gregos do Panathinaikos.

As partidas de ida serão realizadas nos dias 7 e 8 de abril (terça e quarta). Uma semana depois acontecem as de volta. A final será realizada no dia 27 de maio, no estádio Olímpico de Roma.


CONFIRA OS CONFRONTOS DAS QUARTAS-DE-FINAL:

Manchester United x Porto
Liverpool x Chelsea
Barcelona x Bayern de Munique
Villarreal x Arsenal

Cruzamentos das semifinais: (28 e 29 de abril/ 5 e 6 de maio)
Manchester United / Porto x Villarreal / Arsenal
Barcelona / Bayern x Liverpool / Chelsea

quinta-feira, 19 de março de 2009

Futebol Internacional: Goleiro se aposenta depois de ser atingido por fogo de artifício

Esporte Interativo

O goleiro do Rapid Viena-AUS, Georg Koch, anunciou sua aposentadoria depois de persistirem os problemas causados por um fogo de artifício lançado nele por torcedores. Além da perda de audição, Koch enfrenta também dificuldades de equilíbro por causa dos danos causados pela explosão em seu ouvido.

Ele atuava no dia 24-08-2008 quando uma bomba atingiu a sua cabeça, com ferimentos na orelha e ouvido esquerdos, foi retirado de maca e levado imediatamente a um hospital. Desde então, Georg ficou afastado do futebol, tentou se recuperar e voltar aos gramados, mas desistiu.
"Esperei o máximo que pude para tentar voltar a jogar, mas não faz mais sentido", disse o goleiro de 37 anos.

"Dois idiotas são os responsáveis pela minha retirada do esporte. Eu não quero ganhar dinheiro com essa história, mas esses atos não devem acontecer e as pessoas devem assumir as consequências", afirmou o alemão, dando a entender que vai colocar os responsáveis na justiça.

Depois de semanas de recuperação, Koch teve seu contrato rescindido com o Rapid Viena e retornou para casa, perto de Düsseldorf-ALE.

Georg Koch iniciou sua carreira em 1991 e fez 263 jogos pelo Campeonato Alemão no Kaiserslautern e Duisburg, além de ter sido campeão croata em 2007-2008 com o Dínamo de Zagreb.

Técnico faz jogador treinar com vestido rosa

Futebol Interior

Uma atitude do técnico Roberto Fernandes no Figueirense-SC ainda vai dar o que falar e causar muita polêmica no mundo da bola, ainda mais se a moda pegar. O comandante obrigou um jogador a treinar de vestido rosinha.

Há pouco tempo em Santa Catarina, o treinador determinou que quem não treinasse bem iria pagar uma prenda e esta seria treinar de vestido rosa. A primeira vítima foi o meia Jairo, que foi obrigado a colocar o mimo.

O vestidinho rosa, com babados e uma menininha de estampa foi o assunto do treino. Jairo, além de desconfortável no vestido, ainda teve que ouvir muitas gracinhas dos companheiros.

Ypiranga é operado sem anestesia, sendo obrigado a perder para o Santa Cruz

Redação

Ontem à noite, o Ypiranga recebeu o Santa Cruz, em partida válida pela 5ª Rodada do 2º Turno do Pernambucano 2009.

O jogo começou em alta tensão, um típico "lá e cá", boas chances dos dois lados, o Ypiranga ameaçando mais, impondo o seu ritmo à partida, quando contra-atacava o Santa era perigoso, mas sempre esbarrava em Geday, que ontem fez uma grande partida, defendendo pelo menos quatro gols certos do Tricolor.

A marcação da defesa em Marcelo Ramos era implacável, o atacante que é um dos artilheiros do campeonato pouco fez na partida, teve poucas oportunidades e as desperdiçou.

Do lado da Máquina, Fagner fez uma boa partida, às vezes não se entendendo com Valdo Bahia, errando passes com o lateral, mas com agressividade, um dos poucos defeitos do meia, era o de não saber a hora de passar a bola e de bater em gol, sempre fazendo o papel trocado e não convertendo os tentos.

Júlio Cesar fez um primeiro tempo abaixo do apresentado por ele nos treinos, o que lhe rendeu a titularidade, Pio foi no setor de médio-defesa o destaque do time de Santa Cruz do Capibairbe, desarmando com qualidade e abastecendo o médio-ataque com bons passes.

Assis novamente foi um destaque negativo, apagado e perdido na partida, ele chegou a muitas vezes atrapalhar o desempenho do ataque, quando a bola chegava aos seus pés, a jogada era quebrada e originava o contra-ataque.

No Santa Cruz, Vágner jogou muito bem, Leandro Gobatto, esperança de boas jogadas, impôs o "falso futebol", tocando a bola de lado, usando o calcanhar, para encantar a torcida mas com uma qualidade muito inferior ao esperado.

Outro detalhe do Santa é a indisciplina dos seus jogadores, batendo mais que coração de ladrão nos atletas de branco e em 85% das vezes passando despercebido pelo senhor Wilson Souza, árbitro ex-FIFA, merecidamente ex.

Wilson Souza aplicou a regra com um rigor muito grande, revertendo laterais, mandando Marcone tirar o short térmico (que realmente era de uma cor diferente do calção e teria que ser trocado), e ainda dando cartão amarelo para o jogador, o excesso de rigidez, só foi visto para o lado do Ypiranga, o Santa Cruz mandou e desmandou na partida e Wilson nada fez para impedir.


No segundo tempo a estratégia do time visitante foi ousar, começando logo com a mudança de um zagueiro por um atacante, entou Márcio Barros no lugar do vovô Sandro, que pediu para sair, pois estava cansado e ainda sofrendo da coluna devido a um brible aplicado por Bibi em 2005 aqui mesmo na Capital da Sulanca.

João Paulo também entrou no jogo, no lugar de Júlio Cesar para dar mais fôlego ao time, ele conseguiu, o jovem revelado nas categorias de base do Azulão jogou muito bem.

O Ypiranga ainda teve DOIS gols anulados, quando jogava melhor, com Serjão que entrou no lugar de Assis, que nada queria com o jogo e Júnior Xuxa.

A dupla de zaga do Azulão se apresentou muito bem, de maneira impecável durante todo o jogo, exceto no momento em que Wilson Souza resolveu o jogo para o Santa, em uma escapada do ataque, o babaca Márcio Barros fez o gol do jogo e foi até a torcida do Ypiranga comemorar, torcida que infelizmente, mas educadamente não atirou nenhum objeto ou líquido nesse moleque que nunca chegará a vestir a camisa da Seleção Brasileira em uma Copa do Mundo e já se acha um Bebeto, um Careca, um Renato Gaúcho.

Se despedindo ontem do futebol pernambucano, o auxiliar nº1 Júlio César Bezerra se apresentou muito bem, errando muito pouco e deixando esse encargo de errar até onde a vista alcança para Jossemmar Diniz, que assim como Marcelo Neves contra a Cabense, prejudicou o Ypiranga.

Com DOIS gols já anulados, o Ypiranga começou a jogar mal, com medo de talvez ter mais gols anulados, a bola começou a queimar nos pés dos jogadores da Máquina, que pouco fizeram até o final da partida, com uma participação indispensável de Wilson Souza e Jossemmar Diniz, Ypiranga 0 x 1 Santa Cruz.


Ficha do Jogo:

Ypiranga: Geday; Bruno, Marcone, Valnei e Valdo Bahia; Júlio Cesar (João Paulo), Pio, Wilson Surubim e Júnior Xuxa (Ila); Assis (Serjão) e Fagner.
Téc. : Rubens Monteiro

Santa Cruz: André Zuba; Parral (Marcos Tamandaré), Sandro (Márcio Barros), Tiago Mathias e Adilson; Bilica, Daniel Horst, Vágner e Leandro Gobatto; Marcelo Ramos e Roger (Marcelo Oliveira).
Téc.: Márcio Bittencourt.


Árbitro: Wilson Souza
Auxiliares: Júlio César Bezerra e Jossemmar Diniz
4º Árbitro: Neilson Santos

Gol: Márcio Barros para o Santa Cruz aos 31' do segundo tempo

Cartões amarelos:
Ypiranga: Marcone, Júlio Cesar e Wilson Surubim
Santa Cruz: Adilson


Público total: 4114
Renda: R$ 3.040,00


Preliminar: Campeonato Pernambucano de Juniores - Ypiranga 3 x 2 Santa Cruz.