terça-feira, 30 de junho de 2009

Futebol pode fixar novo horário do NBB

Máquina do Esporte

Para fugir da concorrência do futebol e garantir um espaço privilegiado na grade da Rede Globo de Televisão, a grande final do Novo Basquete Brasil (NBB) aconteceu na manhã do último domingo. O horário, incomum para o esporte, pode virar regra no segundo ano do torneio, já que agradou os organizadores.

"Eu estou muito satisfeito, e nós vamos olhar muito esse lado nas futuras programações. Se eu fiz isso no primeiro ano e consegui colocar na TV aberta, é fantástico", disse Kouros Monadjemi, presidente da Liga Nacional de Basquete.

A transmissão do título do Flamengo não foi completa. Após a Maratona Caixa do Rio de Janeiro, o programa Esporte Espetacular exibiu parte dos dois últimos períodos do confronto. Naquele momento, o basquete venceu uma disputa interna na emissora, que deixou de exibir o fim do segundo tempo de Espanha e África do Sul, na disputa pelo terceiro lugar da Copa das Confederações.

O espaço na TV aberta, no entanto, não seria o principal responsável pela mudança do horário da partida, que naturalmente aconteceria no fim da tarde ou à noite. Monadjemi alega que a rodada do Campeonato Brasileiro, que previa um clássico entre Flamengo x Fluminense, terminado em 0 x 0 e a final da Copa das Confederações, entre Brasil x Estados Unidos, com vitória brasileira por 3 x 2 fizeram a diferença.

"Esses pontos é que temos de analisar. Aqueles que acham que às 10h não tem público viram que tinham quase 16 mil pessoas na Barra da Tijuca [HSBC Arena]. É lógico que a mídia ajuda, mas se você tem um produto que desperta interesse, tem de facilitar para que ele não seja canibalizado", disse Monadjemi.

Luto Olímpico! Morre centenário atleta britânico que ganhou ouro em Berlim - 1936

O mais veterano dos atletas olímpicos britânicos, Godfrey Rampling, ganhador com sua equipe de revezamentos de uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Berlim em 1936, morreu aos 100 anos de idade, conforme foi anunciado nesta segunda-feira.

O atleta, que comemorou no mês passado seu centenário em companhia de parentes e amigos, morreu em 20 de junho enquanto dormia no asilo de idosos de Bushey (Hertfordshire-ING), informaram fontes do centro.

Rampling já tinha competido nos Jogos Olímpicos de Los Angeles - 1932, nos quais ganhou uma medalha de prata na equipe de revezamentos de 4 por 400 metros, em uma competição vencida pelos atletas americanos.

Quatro anos mais tarde, em Berlim, a equipe de Rampling conseguiu se impor seus rivais norte-americanos e fez-se com o ouro olímpico.

Rampling, que serviu 29 anos na Artilharia Real, onde conseguiu a categoria de coronel, era o último atleta ganhador de uma medalha de ouro sobrevivente daqueles Jogos, nos quais o lendário afro-americano Jesse Owens conseguiu quatro ouros.

Série A: A moda pegou? Torcedor põe goleiro à venda na internet

Redação

Primeiro foi a torcida do Corinthians que colocou o atacante Souza à venda na internet, dessa vez foi a torcida do Fluminense que "disponibilizou" no mercado o goleiro Fernando Henrique.

O arqueiro, que costuma benzer durante o jogo, após cada defesa, não está nada bem com a torcida.

Os torcedores tricolores perderam a cabeça com o camisa 1 e o colocaram à venda no site de vendas virtuais Mercado Livre. Com direito a três fotos dele, sem preço adicional pelo frete, a oferta ainda oferece um brinde e é bem chamativa.

Na descrição para vender o goleiro aparecem às seguintes recomendações: "Defende até de olhos fechados, ótima relação com torcidas organizadas, não gosta de festas, não ingere bebida alcoólica.

Comprando por este anúncio, você ainda ganha de brinde, totalmente grátis, sem nenhum custo adicional: Um despachante, com porte de arma, que também pode trabalhar de segurança, garantindo a harmonia no treinamento e a integridade física do goleiro e dos outros atletas no local de trabalho."

E aí? Interessou?

NBA: Fratura no pé ameaça carreira de Yao Ming

Terra
Foto: AP

A grande demora para calcificação da fratura no pé sofrida há dois meses pelo pivô Yao Ming (foto) já começa a ameaçar não só a sua participação na próxima temporada da NBA como também a sua carreira. O departamento médico do Houston Rockets, time do chinês de 2,26m, não esconde a preocupação quanto à chance de o jogador não poder mais atuar em alto nível.

"No ponto que chegamos, a fratura tem o potencial de deixá-lo de fora da próxima temporada e até ameaçar sua carreira", afirmou Tom Clanton, médico dos Rockets.

Ele e o restante do departamento ainda discute quais medidas serão tomadas: "Nós estamos trabalhando para ter certeza de que todas as opções sejam analisadas e utilizadas para tratar a lesão, sem que haja a necessidade de cirurgia".

A colocação de um pino já passa a ser especulada pelos médicos. Apesar da mazela, o jogador não sente dores no local e não apresenta inchaço no local da fratura - Yao Ming está há dois meses com o pé imobilizado. É sua terceira fratura em quatro anos - o chinês tem contrato com os Rockets até 2011.

FIFA confirma morte de jornalista em acidente de carro na África do Sul

Das agências internacionais em Johanesburgo, AFS

A FIFA confirmou nesta segunda-feira a morte de um dos quatro jornalistas alemães feridos em um acidente de carro na África do Sul. Na última quarta-feira, eles estavam indo para Bloemfontein cobrir a semifinal da Copa das Confederações entre Estados Unidos e Espanha.

O jornalista freelance Wolfgang Jost não resistiu aos ferimentos. Segundo a polícia, o carro perdeu o controle e nenhum outro automóvel esteve envolvido no acidente.

O presidente da FIFA, Joseph Blatter, lamentou o ocorrido. "É uma situação muito triste, mas não somos os mestres dos nossos destinos", comentou o dirigente, que anunciou a morte do jornalista na coletiva de imprensa após a final em que o Brasil venceu os Estados Unidos.

Futebol Internacional: Absurdo! Técnico pede demissão após ameaça de morte

O técnico uruguaio Rubén Israel foi anunciado como novo técnico do Independiente Santa Fé - COL, porém pediu demissão antes mesmo de assumir o comando do clube. Após acertar todo o seu contrato, o treinador recebeu um telefonema o ameaçando de morte caso aceitasse a proposta para dirigir o Independiente.

"Em uma reunião, ele confirmou que não continuaria. Tentamos convencê-lo a ficar, mas ele apresentou sua renuncia definitiva do trabalho com o Santa Fé, negando-se a treinar qualquer time da Colômbia, por sua tranquilidade", explicou o presidente do clube, Armando Farfán.

Questionado sobre o futuro de Rubén Israel, o dirigente se limitou a dizer que "ele estava muito assustado e não queria decidir nada". O uruguaio fora contratado para comandar o clube no Torneo Finalización 2009, que tem início no dia 22 de julho.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Resultados da 10ª Rodada do Campeonato Pernambucano 2009 - Série A2

Grupo A
Dom, 28/06
15:15 Afogadense 2 x 1 Belo Jardim - Est. Valdemar Viana de Araújo - Afogados da Ingazeira
15:15 Araripina 0 x 1 Pesqueira - Est. Chapadão do Araripe - Araripina
15:15 Flamengo 0 x 1 1º de Maio - Est. Áureo Brádley - Arcoverde

O Grupo B terá suas partidas finais dessa 1ª fase na próxima quarta-feira, 01/07, às 15:15, o único resultado do grupo já definido é a derrota do Surubim por 1 x 0 para o América, o jogo seria em Surubim, se o time não tivesse sido eliminado da competição.

No Grupo A, se classificaram Pesqueira, Araripina, 1º de Maio e Belo Jardim.

Resultados da 8ª Rodada do Campeonato Brasileiro 2009 - Série A

Sáb, 27/06/2009
16:10 Barueri 4x2 Atlético-MG
16:10 Atlético-PR 1x0 Corinthians
16:10 São Paulo 2x0 Náutico
18:30 Cruzeiro 1x0 Avaí
18:30 Botafogo 1x4 Goiás

Dom, 28/06/2009
18:30 Vitória 4x1 Santo André
18:30 Palmeiras 1x1 Santos
18:30 Internacional 3x0 Coritiba
18:30 Sport 3x1 Grêmio
18:30 Fluminense 0x0 Flamengo


Se o campeonato acabasse hoje...


Campeão: Atlético-MG;
Vice: Internacional (O Inter tem os mesmos 17 pontos do Galo, perde no saldo de gols, 8 x 4);
Libertadores: Vitória e Barueri;

Sulamericana: Palmeiras, Corinthians, Flamengo, Goiás, Cruzeiro, Santos, São Paulo e Santo André;

Rebaixados: Atlético-PR, Coritiba, Avaí e Botafogo.

Artilheiros: Diego Tardelli (Atlético-MG), Felipe (Goiás) e Pedrão (Barueri)- 6 gols.

Pareceu filme americano, e no final deu Brasil Campeão!

Redação e agências nacionais


Sabe aqueles filmes da Disney de basquete, beisebol, futebol americano, ou o que quer que seja, onde sempre têm o final manjado, o time que começa perdendo acaba ganhando e com um ponto no final, com um gordinho pulando na arquibancada e tudo mais? Pois é, só faltou a atriz pra dar o beijo em Lúcio e todo mundo aplaudir.

Após um começo assustador, a Seleção Brasileira está coroado 2009 como o melhor ano da "Era Dunga" com uma reação realmente inacreditável, um show de Luís Fabiano, O Fabuloso, e um gol do zagueiro Lúcio, o Brasil venceu os Estados Unidos por 3 x 2, após estar perdendo por 2 x 0 ainda no primeiro tempo como se diz, "não há mais bobos no futebol" ). Com o resultado, os brasileiros sacramentaram a campanha perfeita, com cinco jogos e cinco vitórias.

Esta, sem dúvida, foi a final mais emocionante das ganhas pelo Brasil na competição, também pudera, em 1997, uma goleada por 6 x 0 sobre a Austrália (três de Ronaldo e três de Romário) garantiu a primeira taça, já oito anos depois, nova goleada, desta vez sobre a rival Argentina, por 4 x 1. Os gols foram de Adriano (duas vezes), Kaká e Ronaldinho Gaúcho, na época, o melhor jogador do mundo.


Diferente da calmaria das finais anteriores, neste domingo, tudo foi diferente. Ainda no primeiro tempo, o Brasil chegou a ir para o intervalo com uma bela desvantagem de dois gols, Dempsey e Donovan colocaram os americanos na frente do placar. Na etapa final, brilhou a estrela de Luís Fabiano, que marcou dois gols de oportunismo e cada vez mais ele se mostra como provável camisa 9 da Seleção na Copa de 2010. O zagueiro, capitão e gigante em campo, Lúcio completou o marcador, de cabeça, no final do segundo tempo.


Com o tricampeonato, o Brasil sagrou-se o maior campeão da história da Copa das Confederações, a frente da França, que venceu o torneio em 2001 e 2003. Os outros campeões são: Argentina (1992), Dinamarca (1995) e México (1999).

Pode se dizer que o Brasil fez "barba, cabelo e bigode" na competição, pois aliás de conquistar o tricampeonato na Copa das Confederações, a Seleção Brasileira dominou a entrega dos prêmios individuais da competição. Entre os seis troféus entregues após a partida, os brasileiros conseguiram quatro.


O meia Kaká ganhou a Bola de Ouro, prêmio para o melhor jogador do torneio, Kaká também foi eleito o melhor jogador da final. O prêmio de melhor da competição é dado desde 1997, quando ficou com o também brasileiro Denílson, depois dele, na Canarinho vieram Ronaldinho Gaúcho (1999) e Adriano (2005). Outros ganhadores do prêmio são os franceses Thierry Henry (2003) e Robert Pires (2001).

A Bola de Prata ficou com o atacante Luís Fabiano, que recebeu também a Chuteira de Ouro, dada ao artilheiro da competição (cinco gols em cinco jogos). O norte-americano Dempsey ficou com a Bola de Bronze.

Lúcio, recebeu o Troféu Fair Play, pelo fato de a equipe brasileira ter sido a mais disciplinada da competição.

O goleiro norte-americano Howard ficou com a luva de ouro, como o melhor da posição no torneio.

"Dói muito deixar uma chance como essas passar. Está derrota é realmente dolorosa. Mas espero que tenhamos mostrado para o mundo que temos uma boa equipe, com grandes jogadores", disse o treinador norte-americano Bob Bradley, que mais parece um robô em campo, atuando muito diferentemente dos técnicos latinos, por exemplo (se comparado a Hélio dos Anjos ou Rubens Monteiro, por exemplo...).

Após a derrota, Bradley fez questão de enaltecer a evolução do futebol norte-americano nas últimas temporadas, sobretudo desde a criação da Major League Soccer, uma especie de "Série A" do futebol dos EUA.

"Isso não é algo que aconteceu apenas nos últimos dias. É o resultado de esforços de muitas pessoas, e tem sido muito importante em nossa caminhada rumo ao topo do futebol", afirmou o técnico.

Ficha do jogo:

Estados Unidos 2 x 3 Brasil

Local: Estádio Ellis Park, Johanesburgo - AFS.
Árbitro: Martin Hansson - SUE

Cartões Amarelos: Bocanegra (Estados Unidos); Felipe Melo, André Santos e Lúcio (Brasil)

Gols: Dempsey aos 9’/1T, Donovan aos 27’/1T (Estados Unidos); Luís Fabiano a 1’/2T e aos 28’/2T e Lúcio aos 38’/2T (Brasil)

Estados Unidos

Howard; Spector, Onyewu, Bocanegra e Demerit; Dempsey, Feilhaber (Kljestan), Clark (Casey) e Donovan; Davies e Altidore (Bornstein).
Técnico: Bob Bradley.

Brasil
Júlio César; Maicon, Lúcio, Luisão e André Santos (Daniel Alves); Gilberto Silva, Felipe Melo, Ramires (Elano) e Kaká; Robinho e Luís Fabiano.
Técnico: Dunga.

domingo, 28 de junho de 2009

NBB: Flamengo é campeão, Universo/Brasília fica com o vice

Redação e agências nacionais

O Flamengo fez história e se sagrou o primeiro campeão do Novo Basquete Brasil (NBB). Mais de 15 mil torcedores transformaram a Arena Multiuso em um caldeirão e empurraram o Rubro-Negro para a vitória apertada por 76 x 68 sobre o Universo/Brasília no quinto e decisivo jogo da primeira edição do torneio, disputado na manhã deste domingo.

Campeão da última temporada justamente sobre a equipe do Distrito Federal, o Flamengo se iguala ao Vasco e contabiliza dois títulos nacionais após vencer um confronto conturbado, marcado pelas seguidas faltas e discussões entre os atletas dos dois rivais.

O duelo, um clássico do basquete nacional, foi nervoso desde o começo. A oito minutos do final do primeiro quarto, explodiu uma confusão dentro do garrafão do Brasília após uma bandeja de Marcelinho. Depois de alguns minutos de paralisação, Márcio Cipriano e Baby terminaram expulsos.

O Flamengo liderou o placar desde o começo e venceu o primeiro quarto por 19 a 17. O time comandado pelo técnico Paulo Chupeta se manteve à frente na segunda parcial e foi para o intervalo com seis pontos de vantagem.

Após o empate no terceiro quarto, o Flamengo entrou no último período com a mesma diferença. Com frieza nos momentos decisivos e empurrado pelos seus milhares de torcedores, a equipe carioca deslanchou no quarto decisivo e ampliou sua vantagem.

Jogando na base do desespero, o Brasília ainda perdeu no final Diego e Alex, eliminados com cinco faltas enquanto o banco rubro-negro já comemorava, o primeiro campeão do NBB é carioca, é Rubro-Negro, é o Mengão!

O Flamengo teve uma campanha quase impecável na competição nacional. Com apenas duas derrotas da primeira fase, a equipe carioca também não teve muitos problemas nos playoffs até chegar à final. Fechou as quartas de final e semifinal em séries melhor de cinco por 3 x 0 contra Pinheiros e Joinville, respectivamente.

Confira a lista de campeões do antigo Nacional, organizado pela CBB, os times ainda não decidiram se contabilizarão esses títulos também:

2008 - Flamengo/Petrobras (RJ) – Técnico: Paulo Teixeira Sampaio
2007 - Universo/BRB (DF) - Técnico: José Carlos Vidal
2005 - Telemar (RJ) - Técnico: Miguel Ângelo da Luz
2004 - Unitri/Uberlândia (MG) - Técnico: Hélio Rubens
2003 - COC/Ribeirão Preto (SP) - Técnico: Aluísio Ferreira (Lula)
2002 - Tilibra/Copimax/Bauru (SP) - Técnico: Jorge Guerra
2001 - C.R. Vasco da Gama (RJ) - Técnico: Hélio Rubens Garcia
2000 - C.R. Vasco da Gama (RJ) - Técnico: Hélio Rubens Garcia
1999 - Franca/Marathon (SP) - Técnico: Hélio Rubens Garcia
1998 - Franca/Marathon (SP) - Técnico: Hélio Rubens Garcia
1997 - Franca/Cougar (SP) - Técnico: Hélio Rubens Garcia
1996 - Corinthians/Amway (SP) - Técnico: Flor Melendez
1995 - Rio Claro (SP) - Técnico: Cláudio Mortari
1994 - Pitt/Corinthians (RS) - Técnico: Ary Vidal
1993 - Sabesp/Franca (SP) - Técnico: Hélio Rubens Garcia
1992 - Rio Claro (SP) - Técnico: João Bosco Colleta
1991 - Ravelli/Franca (SP) - Técnico: Hélio Rubens Garcia
1990 - Ravelli/Franca (SP) - Técnico: Hélio Rubens Garcia

Copa das Confederações: Espanha fica com o terceiro lugar

Redação e agências nacionais

A vitória só veio na prorrogação, o jogo foi emocionante e a Espanha ficou com o terceiro lugar, a anfitriã, África do Sul fica na quarta colocação da Copa das Confederações.

Após muitas reviravoltas, os espanhóis bateram a África do Sul, por 3 x 2, no Estádio Royal Bafokeng, em Rustemburgo, com um gol de Xabi Alonso, de falta, na prorrogação.

Mphela , 2 vezes e Güiza também duas vezes, fizeram os outros gols do jogo.

O resultado ameniza, pelo menos um pouco, a trágica eliminação espanhola nas semifinais contra os Estados Unidos. Os sul-africanos, apesar da tristeza pela derrota, saem fortalecidos da competição, uma vez que o técnico Joel Santana parece ter conseguido dar um padrão ao limitado elenco Bafana Bafana.

Agora, tanto os europeus quando os anfitriões ficarão de camarote para assistir a grande decisão da Copa das Confederações logo mais, entre Brasil x Estados Unidos. Depois, será um ano de muito trabalho até a chegada da Copa do Mundo de 2010, ainda se tem muito o que fazer, mas vamos confiar na África do Sul, que tem a honra de receber o primeiro mundial no continente africano.

sábado, 27 de junho de 2009

NBA: Shaq usará a 33 no Cavaliers

Redação

Novo reforço do Cleveland Cavaliers, o pivô Shaquille O'Neal vestirá a camisa número 33 na sua nova equipe.

Segundo o Cavs, o jogador optou pelo número que usava antes se profissionalizar, ele usou a 33 no basquete universitário, quando defendia a Luisiana State University (LSU).

Em suas passagens por Orlando Magic, Miami Heat e Phoenix Suns, O'Neal usou a camisa 32. Já no Los Angeles Lakers, o pivô adotou o 34, já que o 32 e o 33 tinham sido aposentados em homenagem a Magic Johnson e Kareem Abdul-Jabbar.

No Cavs, O'Neal terá a companhia do brasileiro Ânderson Varejão e de LeBron James, eleito jogador mais valioso da última temporada da NBA.

O técnico Mike Brown não acredita que possa haver algum problema entre Shaq e LeBron.

"Ambos são boas pessoas. Têm uma boa amizade, e tenho certeza que estão felizes por poder jogar juntos, sobretudo porque todos na equipe têm exatamente o mesmo objetivo, que é ganhar o campeonato".

Copa no frio é melhor? Atacante da Seleção está gripado, mas garante que jogará a final

Redação e agências nacionais

O presidente da FIFA, Joseph Blatter afirmou nos últimos dias, que "é melhor a Copa do Mundo no frio do que no calor", mas Luís Fabiano não deve concordar no momento com Blatter.

Artilheiro da Seleção Brasileira na Copa das Confederações, o atacante Luís Fabiano contraiu uma forte gripe em Johannesburgo, mas mesmo assim, garantiu que entrará em campo neste domingo para enfrentar os Estados Unidos na decisão do torneio.

"Não é a gripe suína, isso é o que posso garantir", brincou o atacante, autor de três gols na competição. Luís Fabiano revelou neste sábado que teve febre e tosse após a partida contra a África do Sul, na quinta-feira, pelas semifinais.

Apesar dos fortes sintomas de gripe, o atacante disse que já está quase recuperado. "Me sinto muito melhor. Estou quase recuperado e espero estar 100% para amanhã", assegurou.

Luís Fabiano atribuiu a gripe ao frio que impera na África do Sul nesta época do ano. "Parece que esse frio é pior do que o da Europa", afirmou o jogador, que atua no Sevilla-ESP.

No jogo deste domingo, o atacante tentará balançar as redes para superar os espanhóis Fernando Torres e David Villa na briga pela artilharia. Os três jogadores têm três gols. A Espanha ainda vai enfrentar a África do Sul no domingo na decisão do terceiro lugar da Copa das Confederações.

Resultados da 5ª Rodada do Campeonato Brasileiro 2009 - Série C

Grupo A
Sáb, 27/06
19:00 Rio Branco-AC 3 x 1 Sampaio Corrêa-MA
19:30 Luverdense-MT 3 x 2 Paysandu-PA

Grupo B
Sáb, 27/06
16:10 ASA-AL 5 x 2 Confiança-SE
16:10 CRB-AL 1 x 2 Icasa-CE

Grupo C
Sáb, 27/06
15:00 Guaratinguetá-SP 5 x 2 Gama-DF
18:00 Mixto-MT 0 x 1 América-MG

Grupo D
Sáb, 27/06
18:30 Brasil-RS 2 x 1 Marcílio Dias-SC
18:30 Marília-SP 2 x 0 Caxias-RS

Se a primeira fase acabasse hoje...
Classificados: Águia-PA, Paysandu-PA, ASA-AL, Icasa-CE, América-MG, Guaratinguetá-SP, Caxias-RS e Marília-SP;

Rebaixados: Luverdense-MT, CRB-AL, Mixto-MT e Criciúma-SC.

Resultados da 8ª Rodada do Campeonato Brasileiro 2009 - Série B

Ter, 23/06/2009
21:00 Ipatinga 0x1 Fortaleza
21:00 América-RN 1x2 Ponte Preta

Sex, 26/06/2009
21:00 Guarani 1x0 São Caetano
21:00 Juventude 1x1 Vila Nova

Sáb, 27/06/2009
16:10 Duque de Caxias 0x0 Bahia
16:10 Bragantino 1x2 Portuguesa
16:10 Figueirense 1x1 Vasco
21:00 Atlético-GO 2x0 ABC
21:00 Ceará 2x0 Campinense
21:00 Paraná 0x2 Brasiliense


Se o campeonato acabasse hoje...

Campeão: Guarani;
Vice: Brasiliense;
Também subiriam: Atlético-GO e Ponte Preta;

Rebaixados: Paraná, ABC, São Caetano e Campinense.

Artilheiros: Edivaldo (Duque de Caxias) - 8 gols, Bill (Bragantino) e Rafael Coelho (Figueirense) - 7 gols.

FIFA fala em mudar divisão das vagas para a Copa de 2014

Folhapress

A classificação final da Copa de 2010 pode fazer a FIFA modificar os critérios de definição de vagas por continente para o Mundial de 2014, no Brasil, declarou nesta sexta-feira o presidente da entidade, Joseph Blatter.

"Neste momento não podemos nos comprometer com decisões político-esportivas, mas vou defender com força os continentes que tenham bom desempenho no Mundial do próximo ano", afirmou Blatter.

Ao ser questionado se a África poderia ter mais representantes na Copa do Mundo, o cartola lembrou que já no ano que vem o continente terá inéditos seis países no torneio, cinco pela regra atual mais a África do Sul, equipe anfitriã.

"Junto à pergunta se a África terá mais equipes, também teria que ser feita outra, sobre quando um país africano será campeão. Não é fácil, porque no futebol funciona a lei dos grandes números, e, por isso, a Europa está presente na competição com 13 seleções."

Para Blatter, a realização da Copa na África colocará as seleções do continente em vantagem para terem um bom desempenho e garantirem mais vagas no Mundial seguinte.

Na entrevista coletiva concedida nesta sexta, na África do Sul, o presidente da FIFA voltou a defender medidas para evitar o 'êxodo' de jogadores de futebol menores de idade.

"É preciso proteger os mais jovens. Estive com o presidente Lula no Brasil para falar da Copa de 2014 e ele me pediu, por favor, que fizesse algo a respeito", disse Blatter, que defendeu a criação de um registro mundial de jogadores de futebol a partir dos oito anos de idade.

Blatter também comentou sobre a Copa das Confederações. Disse estar 'globalmente' satisfeito com a organização do torneio, mas reconheceu a necessidade de melhorias para a Copa do ano que vem.

"Devemos melhorar certos setores, sabemos disso, especialmente o transporte", falou.

O cartola defendeu a realização do Mundial no inverno. "Acho que é muito melhor jogar com frio do que com calor, como em 2002 e 2006."

Série A: Vanderlei Luxemburgo confirma "via blog e Twitter" que não é mais técnico do Palmeiras

Redação e agências nacionais

No mesmo dia em que havia demonstrado muita irritação com a possível saída do atacante Keirrison, que tinha proposta do Barcelona-ESP, o técnico Vanderlei Luxemburgo anunciou sua saída do comando do Palmeiras. O próprio treinador confirmou a informação em mensagem publicada em seu blog no início da madrugada deste sábado.

"Acabei de sair de uma reunião onde fui demitido do cargo de técnico da Sociedade Esportiva Palmeiras. O motivo alegado pela diretoria foi por eu ter quebrado a hierarquia do clube. Foi quando eu declarei que por falta de profissionalismo e de respeito a mim e ao elenco por parte do atleta Keirrison, que ele, comigo como técnico, não jogaria mais no Palmeiras", diz a mensagem.

"Quero registrar meu agradecimento pela oportunidade que tive em dirigir mais uma vez o clube, e em breve, farei no meu blog, uma análise da minha trajetória no SEP", completou.

Nesta sexta-feira, o treinador havia afastado o atacante Keirrison do grupo palmeirense após saber da proposta do Barcelona. Além disso, havia "encerrado" a passagem do camisa 9 pela equipe. "Ele não veio falar comigo e não me ligou. Eu segurei a onda dele, e faltou respeito comigo e com seus companheiros. Quero deixar bem claro, caso essa negociação não se concretize, que ele não joga comigo até o fim do ano", disse.

Mas em seguida, diversos diretores do clube já haviam demonstrado insatisfação com a posição tomada pelo treinador. "Na verdade, ele não está negociado ainda. O Barcelona acompanha o Keirrison faz tempo e nesta manhã fez uma proposta significativa, mas não está fechado. Por isso, resolvemos afastá-lo por bem. Porém, temos como linha de trabalho sempre respeitar o treinador. Se ele não for vendido, vai se reapresentar e vamos ver o que faremos", disse o gerente de futebol, Toninho Cecílio.

Pra "encurtar a conversa", como o Twitter só abriga mensagens de 140 caracteres, Luxemburgo escreveu na rede de relacionamentos: "Não sou mais técnico do Palmeiras. Fui demitido por descordar das atitudes do Keirrison. Vejam texto em meu blog:(http://luxemburgo.blog.uol....)"

Resultados da 9ª Rodada do Campeonato Pernambucano 2009 - Série A2

Grupo A
Qui, 25/06
15:15 Pesqueira 5 x 2 Afogadense - Est. Joaquim de Brito - Pesqueira
15:15 Belo Jardim 1 x 2 Flamengo - Est. Mendonção/SESC - Belo Jardim
20:30 1º de Maio 1 x 1 Araripina - Est. Paulo Coelho - Petrolina


Grupo B
Sáb, 20/06
15:15 Atlético 1 x 0 Vera Cruz - Est. Municipal de Água Preta - Água Preta
20:00 Ferroviário do Cabo 0 x 1 América - Est. Gileno de Carli - Cabo de Santo Agostinho
Surubim 0 x 1 Centro Limoeirense (Surubim eliminado, "perde até pra a cega Maria" por 1 x 0, dentro ou fora sem jogar)


Se a primeira fase do "quiprocó" da segundona acabasse hoje...

Classificados:
Grupo A: Pesqueira, Araripina, 1º de Maio e Belo Jardim;
Grupo B: Atlético, Vera Cruz, Centro Limoeirense e Ferroviário do Cabo.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

NBA: Michael Jordan estaria prestes a comprar franquia

Redação e agências nacionais

Um dos maiores astros da história do basquete, Michael Jordan pode ser a solução dos problemas financeiros do Charlotte Bobcats, um dos caçulas da NBA, a liga americana de basquete profissional. Atual diretor da franquia, o ex-jogador cogita se tornar o sócio majoritário.

Assim como outras equipes da NBA, o Charlotte sofre com as consequências da crise econômica mundial e viu a venda de ingresso cair vertiginosamente na temporada passada. O dono da franquia, Bob Johnson, teria a colocado à venda por US$ 300 milhões, valor acima do que a revista Forbes avaliou o Bobcats (US$ 284 milhões).

"Gostaria de me colocar à frente do time", afirmou Jordan na noite desta quinta-feira, em Nova York (EUA), durante o draft da NBA, em que o Bobcats selecionou Gerald Henderson, da Universidade de Duke.

No último campeonato, o Charlotte Bobcats, sob o comando do técnico Larry Brown, fez a melhor de suas cinco temporadas na NBA, com 35 vitórias e 47 derrotas.

Rebatendo o tal DVD, Corinthians prepara "Dossiê Inter"

O técnico Mano Menezes respondeu duramente quando sobre o DVD que o Internacional prometeu apresentar à imprensa, com uma compilação de possíveis erros de arbitragem a favor do Corinthians na Copa do Brasil. Bastante irritado com a iniciativa do vice-presidente de futebol do time gaúcho, Fernando Carvalho, o técnico acusou o adversário de tentar intimidar o árbitro escalado para apitar a final.

Assim como o treinador, torcedores do Corinthians reagiram imediatamente ao gesto de Fernando Carvalho. Eles ressucitaram (e ampliaram) um "dossiê" com erros que teriam favorecido o Internacional na campanha do Campeonato Brasileiro de 2005 (onde o Corinthians foi campeão e o Internacional ficou com o vice) e na Libertadores de 2006 e enviaram o protesto a diversos veículos de imprensa. "Não é a primeira vez que esse tipo de coisa acontece em uma final. Faz até parte do folclore do futebol brasileiro. Mas estamos bem mais evoluídos, prestes a organizar uma Copa do Mundo. Não podemos ultrapassar os limites da intimidação", afirmou Mano Menezes.

"Não deviam dar espaço na imprensa nem atenção para isso. Estão querendo chamar atenção para algo que não merece", disse Mano.

"Precisamos tomar cuidado para não pressionar, influenciar e prejudicar a arbitragem. Erros e acertos acontecem para todos os lados. Temos condições de montar um DVD assim sobre qualquer equipe", comentou.

O técnico evitou criticar diretamente Fernando Carvalho, mas considerou a ideia do vice-presidente de futebol do Inter como um retrocesso no esporte. "O futebol está apresentando pessoas novas, com boas intenções. É uma pena que, às vezes, elas voltem para coisas antigas", disse Mano Menezes, desejando sorte ao árbitro responsável pela decisão da Copa do Brasil.

"Espero que tenhamos uma grande arbitragem", finalizou Mano.

Cuma? EUA têm medo de Maicon

Redação e agências nacionais

O Brasil sempre foi conhecido por suas estrelas no setor ofensivo. Somente nesta Seleção que disputará a final da Copa das Confederações, no domingo, é possível citar Kaká, Luis Fabiano, Robinho e Alexandre Pato como jogadores mundialmente reconhecidos.

No entanto, para o capitão da Seleção Norte-americana Carlos Bocanegra, um dos principais perigos vem de trás. Mais precisamente, da lateral-direita.

"Maicon é definitivamente um dos jogadores mais importantes que chegam ao ataque, mas eles têm alguns jogadores que também precisamos prestar muita atenção", assegurou o capitão do time do Tio Sam.

Segurar o lateral brasileiro será um passo importante para os EUA conquistar um feito inédito: seu primeiro título em competições FIFA. "O time está bem e tem a oportunidade de vencer seu primeiro campeonato. Disputar a final já é subir um importante degrau, ainda mais por jogar contra um time como o Brasil", afirmou o técnico Bob Bradley.

No jogo entre Brasil x África do Sul, o treinador esteve atento para analisar melhor seu próximo adversário. E, observando a África do Sul jogar, pode ter encontrado a solução de como marcar a Seleção Canarinho, na primeira fase da competição, os EUA perderam de 3 x 0 para o Brasil.

"Acho que a África do Sul fez um grande trabalho ao neutralizar o Brasil. Eles encurtaram a distância entre o meio e a defesa, então Robinho e Kaká precisavam atravessar todo o campo para procurar a bola", explicou.

Vai pedir esmola pra dois? Flamengo compra time no Rio de Janeiro

Dessa vez, o sonho de todo torcedor do Mengão está perto de se realizar. Zico à frente do futebol do clube. Em cerimônia na tarde desta sexta-feira, na Gávea, foi assinado um protocolo de intenção de compra por parte do Flamengo do CFZ, clube fundado pelo ídolo máximo da enorme nação rubro-negra, como forma de transformar o craque no homem forte do futebol flamenguista a partir do ano que vem.

Márcio Braga, presidente do Fla, entregou um uniforme com o nome de Zico e o número 2010 às costas. "O ano que vem será o ano do Zico no Flamengo. Queremos tê-lo de volta à nossa casa. Ele será o presidente do nosso futebol", disse Braga.

O "Galinho de Quintino" admitiu o desejo de contribuir com os rumos do clube, mas deixou claro que não abrirá mão de sua carreira de treinador para assumir em tempo integral o papel de dirigente.

"Admito contribuir para a profissionalização do futebol do Flamengo. Mas não abro mão do meu contrato como técnico do CSKA (que vai até 2011). Meu objetivo é ser treinador até os 60 anos (atualmente tem 56) e procurar espaço em grandes centros da Europa", disse.

Por outro lado, no entanto, deu a entender que as saudades da família o aproximam do projeto.

"Voltar a morar na minha cidade, ver meu neto crescer, ficar mais perto da minha família. Isso tudo pesa muito", admitiu.

A união se dará através da aquisição por parte do Flamengo do Centro de Futebol Zico, clube fundado pelo craque em 12/06/1996. Os valores não foram divulgados. Um dos motivos para o negócio é o fato de o CFZ já ser uma empresa e possuir dois centros de treinamento, no Rio.

Outro fator é que o futebol do Flamengo passaria a ser gerido como um clube-empresa.

Chororô antecipado? Internacional apresentará DVD para mostrar que Corinthians é beneficiado na Copa do Brasil

Finalistas da Copa do Brasil 2009, Internacional e Corinthians farão a grande decisão na próxima quarta-feira, dia 01/07.

Porém, ma próxima segunda-feira, em uma entrevista coletiva programada para as 14h30, no Estádio Beira-Rio, os dirigentes do futebol do Internacional apresentarão à imprensa um DVD com imagens através das quais querem mostrar que o Corinthians vem sendo beneficiado pelas arbitragens na Copa do Brasil.

Ao antecipar o encontro da segunda-feira, o vice-presidente de futebol do Inter, Fernando Carvalho, comentou que "não fossem esses erros que o beneficiaram, não acredito que o Corinthians estivesse nessa situação que está", ou seja, finalista da Copa do Brasil, e ainda com a vantagem adquirida no primeiro jogo da decisão, quando fez 2 x 0 sobre o Colorado.

O Inter reclama muito da escolha, no sorteio do árbitro Héber Roberto Lopes, que comandou o jogo de São Paulo, especialmente por ter permitido uma cobrança de falta com bola rolando, que acabou resultando no segundo gol do time paulista, marcado pelo atacante Ronaldo.

Fernando Carvalho adiantou ainda que o DVD será distribuído aos jornalistas, e mostrará compactos apontando erros favoráveis ao Corinthians também nos jogos contra Atlético-PR, nas oitavas de final, e contra o Vasco, pelas semifinais.

Seria esse DVD uma forma de se desculpar à torcida pela não conquista do título, ou uma forma de valorizar a conquista da competição nacional, caso ela aconteça?

Cabeça erguida! Presidente da África do Sul elogia Joel Santana e sua Seleção

Redação e agências nacionais

Apesar da derrota para a Seleção Brasileira, os Bafana Bafana encheram o povo sul-africano de orgulho. Jacob Zuma, presidente da nação, que assistiu a partida dentro do estádio Ellis Park, ao lado do presidente da FIFA, Joseph Blatter, cumprimentou o técnico Joel Santana e foi só elogios ao esforço do time.

"Muito bem, nós estamos orgulhosos de vocês. Nosso time jogou muito bem, mas infelizmente esta não foi nossa noite"
, disse o presidente.

Neste domingo, em Rustemburgo, a África do Sul volta aos gramados pela Copa das Confederações. Desta vez, a disputa será pelo terceiro lugar da competição, contra a Espanha, que perdeu a vaga para a final ao ser derrotada para a seleção norte-americana.

Os jornais da África do Sul também estamparam em suas manchetes o orgulho da Seleção anfitriã da Copa das Confederações.

"Nos encheram de orgulho", publicou o periódico de Soweto em um título que fazia referência a Joel. "Tão perto Bafana: roubam o sonho de chegar à final dos heróis de Santana", destacou o diário, recorrendo ao apelido da seleção da África do Sul: Bafana-Bafana.

A manchete do jornal The Citizen aprovou o desempenho da seleção da África do Sul. "Os valentes Bafana ficam fora após dura partida que perdeu por 1 a 0", assinalou o diário. "Com toda a honestidade, somente com talentos individuais, a África do Sul não tinha a mínima oportunidade contra o Brasil, mas eles mostraram coragem e lutaram contra os adversários. E tiveram a má sorte de perder o jogo".

O The Star mostrou empatia com a equipe nacional e colocou no título que o "coração dos Bafana foi rompido". O diário ressalta o excelente primeiro tempo da África do Sul contra a seleção brasileira. "Contra todas as expectativas, a seleção foi para o intervalo com a cabeça alta e sendo a primeira equipe sem levar gol do Brasil na primeira etapa", lembrou.

NBA: Shaquille O'Neal jogará ao lado de LeBron James na próxima temporada

Redação e agências nacionais


O pivô Shaquille O'Neal, trocará o Phoenix Suns pelo Cleveland Cavaliers.

Vendo sua aposentadoria cada vez mais próxima, o veterano chamou a atenção de todos os amantes do esporte da bola laranja. Shaq tem 37 anos, sendo 17 deles como jogador profissional.

Em troca do jogador, os Cavs cederão o ala-armador Sasha Pavlovic e o pivô Bem Wallace.

"É uma oportunidade única e rara de contratar um jogador do calibre do Shaq. Estamos muito empolgados para ver como será sua presença no time, ainda mais com a experiência que ele vai trazer. Tenho certeza que vai provocar um impacto positivo e imediato na equipe", afirmou Danny Ferry, gerente geral dos Cavaliers.

De bagagem, O'Neal leva para Cleveland quatro títulos da NBA (três pelo Los Angeles Lakers e um pelo Miami Heat), 15 indicações para o All-Star Game, um prêmio de MVP da temporada regular, três de MVP das finais e mais três de MVP de All-Star Game, além do prêmio de melhor jogador do Mundial de 1994.

No Cleveland Cavaliers, Shaq atuará ao lado do brasileiro Anderson Varejão.

"Essa contratação está alinhada com o que nossos diretores e jogadores quereriam, incluindo LeBron James, para ganharmos o campeonato nesse ano. Não queremos mais ser pacientes e esperar outra temporada", completou o cartola do time de Cleveland.

Agora, nessa reta final de carreira, Shaq - em uma equipe muito competitiva e que conta com o atual MVP LeBron James - terá a chance de praticar suas últimas 'vinganças' antes de abandonar a bola laranja. A principal delas viria com a conquista de um quinto título da liga, deixando para trás um de seus maiores desafetos.

Na última temporada, Kobe Bryant finalmente conseguiu um título da NBA sem O'Neal em seu time e empatou com Shaq no número de conquistas. Apesar de os dois terem negado que sigam brigados, principalmente depois de terem dividido o prêmio de MVP do último All-Star Game, a temporada 2009/10 deve ser o tira-teima final entre os dois.

Quem também terá de enfrentar toda a vontade de um renovado Shaq é o Orlando Magic, que esse ano deixou para trás o próprio Cleveland na final do Leste e decidiu a NBA com os Lakers. O superpivô, que começou a carreira na franquia da Flórida, atacou Stan Van Gundy, atual técnico, e o pivô Dwight Howard, The Superman, principal estrela do time no momento.

"Estou ciente do fato que ele é o mestre do pânico. Quando ele está com um time nos playoffs e precisa fazer as coisas certas, ele sempre falha por causa do seu pânico", disse sobre Van Gundy.

Já Howard ele ironizou pelo personagem Superman assumido por ele. "Ele é um bom jogador, mas tudo o que ele fez, eu inventei. Então, não estou impressionado. É normal para uma criança tentar imitar seu ídolo, mas você sabe que ele nunca será assim tão bom."

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Daniel Alves cala as Vuvuzelas

Redação e agências nacionais

Foi sofrido, a vitória só veio aos 42' da etapa final, mas o Brasil venceu a anfitriã África do Sul e está na final da Copa das Confederações 2009.

No Ellis Park, o Brasil espantou a zebra verde e amarela com um golaço de Daniel Alves. O lateral tinha entrado aos 36' da etapa final no lugar de André Santos, alteração que surpreendeu a todos, pois Santos é lateral-esquerdo e quando Dunga chamou Daniel, todos esperavam que Maicon, lateral-direito fosse o escolhido para deixar a partida.

Após o apito final, a torcida local reconheceu o esforço dos Bafana Bafana e apladiu os jogadores de pé, e claro, após o aplauso, uma verdadeira sinfonia de Vuvuzelas emocionou a todos presentes no estádio.

A decisão da Copa das Confederações será disputada entre Brasil x Estados Unidos, às 15h30 do próximo domingo, mais uma vez no Ellis Park Stadium, em Johanesburgo.

Será a quarta decisão de Copa das Confederações do Brasil em seis edições da competição FIFA. O retrospecto é positivo. Os pentacampeões levaram o título em 1997, contra a Austrália e em 2005, contra a Argentina, e perderam a final em 1999, contra o México.

O prêmio de consolação para os sul-africanos, foi a escolha do meia Pienaar, eleito pela FIFA como o melhor jogador em campo, ele disse que a derrota para o Brasil na semifinal da Copa das Confederações foi injusta.

"Às vezes o futebol é injusto. Desejo o melhor para eles na final", disse Pienaar com cara de poucos amigos.

Fagner e Assis no Futebol Argentino (de novo essa conversa, será que agora vai?)

Redação

Cogitados após o Campeonato Pernambucano 2009 para defenderem o Huracán-ARG, Fagner e Assis, depois de idas e vindas, partidas no futebol amador de Santa Cruz do Capibaribe, uma ida frustrada de Assis para o CSA-AL por empréstimo e o nome de Fagner cogitado no Central-PE parecem que realmente vão figurar no Futebol Argentino.

Fontes na cidade afirmam que os jogadores, em companhia do presidente do Ypiranga, Flávio Pontes, embarcaram hoje rumo à Buenos Aires, com escala em São Paulo, onde os dois jogadores seriam negociados com o San Lorenzo-ARG, atual 13º colocado na tabela de classificação, o Huracán é líder, com 38 pontos, o San Lorenzo tem 21.

Os próximos jogos de Huracán e San Lorenzo, serão contra, respectivamente, Vélez Sarsfield e Argentinos Juniors.

Walter Miro:
Se a negociação dará certo ou não, só o tempo dirá, mas não será a primeira vez que o Ypiranga "exporta" jogadores (em meados da década de 1990, o atacante Gaúcho foi negociado com o futebol português) e não será a última, para aqueles que não veem a possibilidade de que a Máquina do Interior negocie seus atletas com grandes clubes da cena futebolística, vale lembrar que em 2006, o volante Tony, foi do Ypiranga direto para o Atlético-MG e participou da campanha do Galo Mineiro em sua volta à Série A do futebol nacional.

Libertadores: Cruzeiro vence a primeira batalha rumo à final

O Cruzeiro deu um importante passo para voltar a uma final de Copa Santander Libertadores depois de 12 anos. Nesta quarta-feira, o time mineiro derrotou o Grêmio, por 3 x 1, no Mineirão, em Belo Horizonte, pelo jogo de ida das semifinais da competição sul-americana. Wellington Paulista, Wágner e Fabinho marcaram para a Raposa, enquanto Souza descontou para os gaúchos, de falta.

Com este resultado, o Cruzeiro abriu uma boa vantagem para o jogo da volta, na próxima quinta-feira, em Porto Alegre. O clube se classifica para a final até mesmo com uma derrota por um gol de diferença. Se perder por dois gols de diferença, mas marcar ao menos dois, também avança. O Grêmio, por sua vez, precisa de uma vitória por 2 x 0, e se ganhar por 3 x 1 a disputa vai para os pênaltis.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Zebra? Estados Unidos elimina Espanha e avança para a final da Copa das Confederações

Redação e agências nacionais

A Seleção que era apontada por todos como favorita ao título da Copa das Confederações ficou pelo caminho. O time do Tio Sam avançou e fará a final contra Brasil ou África do Sul.

Mesmo com a superioridade de elencos apontada por todas como mais cotada campeã da Copa das Confederações, a Fúria Espanhola derrapou feio nesta quarta-feira, perdeu para os EUA, por 2 x 0, e está fora da final.

Com gols de Altidore e Dempsey, os desacreditados norte-americanos cavaram uma vaga na final e vão brigar pelo primeiro título.

Com a derrota "evitamos" que a Espanha se tornasse a Seleção com a maior invencibilidade da história. A Fúria “apenas” igualou o recorde de invencibilidade, que pertence à Seleção Brasileira, com 35 partidas sem derrotas, marca conquistada entre 1993 e 1996.

Sem falar que a Seleção Espanhola, atual campeã europeia, não conseguiu aumentar o maior número de vitórias seguidas na história. Até esta derrota, a Espanha ostentava 15 vitórias seguidas, marca igual à conquistada pelas Seleções Francesa e Brasileira.

Antes de chegar à final, os EUA não tiveram vida fácil. A Seleção Norte-americana perdeu na estréia para a Itália, por 3 x 2, depois apanhou do Brasil, por 3 x 0. Mas na última rodada enfiou 3 x 0 no Egito e se classificou graças ao saldo de gols. Agora vai disputar a final.

Se serve de consolo para o outro finalista, Bradley foi expulso e não jogará a final.

45 minutos, US$ 17 mil, e Denilson deixa o futebol do Vietnã

O jogador Denilson que participou do Pentacampeonato com a Seleção Brasileira em 2002, estreou no último domingo no Haiphong Cement, do Vietnã, e marcou um gol de falta nos 45 minutos em que esteve no gramado. E foi tudo o que o brasileiro fez na sua aventura na Ásia. Alegando problemas físicos, o jogador abandonou o time e vai deixar o país.

Denílson chegou ao Vietnã no início do mês e causou furor na torcida local, que chegou a lotar o estádio do time com 30 mil pessoas no dia previsto para a sua estreia. Mas o brasileiro, alegando problemas no joelho e não ficou nem no banco, decepcionando a todos.

O jogador ficou fora de outra partida antes de estrear no domingo. Em seu primeiro jogo, Denílson marcou um gol em menos de 2 minutos em campo, mas saiu do jogo no intervalo devido a uma lesão na perna direita. Mesmo assim, seu time venceu o Hoang Anh Gia por 3 x 1 e interrompeu uma série de resultados negativos.

Em seguida, a Federação Vietnamita de Futebol informou que o brasileiro deixou o time e vai sair do país. "Mais uma vez, os torcedores ficaram tão chocados quanto com a sua surpreendente chegada há alguns dias", informou um comunicado da federação local.

O jogador de 31 anos foi para o Vietnã depois de uma rápida passagem pelo Itumbiara, de Goiás, no início deste ano. Em seu acordo com o time vietnamita, o brasileiro era pago por jogo. Ele recebeu US$ 12 mil por partida, mais um bônus de US$ 5 mil por gol marcado.

Em 1998, Denílson foi protagonista da transferência mais cara do futebol mundial até então, quando saiu do São Paulo e foi para o Bétis, da Espanha, por US$ 35 milhões.

FIA e escuderias decidem não montar campeonato paralelo

Redação e agências nacionais

Depois de muito barulho, chegando a montar um calendário para a nova categoria, a FIA e a FOTA chegaram hoje a um acordo para que não haja uma competição paralela ao próximo Mundial da categoria.

"Não haverá separação, mas sim um único Mundial em 2010. Chegamos a um acordo sobre a redução de custos", declarou o presidente da FIA, Max Mosley, ao fim de uma reunião com os construtores em Paris.

O acordo prevê que o Mundial do ano que vem seja disputado com as regras de 2009.

Além disso, Mosley não vai disputar a reeleição para seu cargo. Seu mandato termina em outubro.

Brasil fora do calendário do Mundial da FOTA

Redação e agências nacionais

O Brasil não terá nenhuma prova da categoria a ser criada pela Associação de Escuderias da Fórmula 1 (FOTA, em inglês) caso realmente rompa com a Federação Internacional de Fórmula 1 (FIA).

O projeto do calendário da competição saiu na edição de hoje do jornal britânico The Guardian e inclui 17 provas, entre elas dez que recebem atualmente a F-1 e outras nas quais o inglês Bernie Ecclestone, detentor dos direitos comerciais da categoria, perdeu o interesse.

A abertura seria em Buenos Aires, que recebeu pela última vez a F-1 em 1998. Já as duas provas finais seriam em Suzuka, no Japão, e nas pistas australianas de Melbourne ou Surfer's Paradise.

Na noite da última sexta, após reunião, as oito equipes que formam a FOTA - Ferrari, McLaren, Renault, BMW, Toyota, Brawn, Red Bull e Toro Rosso -, anunciaram a ruptura e a intenção de criar um novo campeonato.

FIA e FOTA estão em confronto pela intenção da primeira de introduzir um limite orçamentário voluntário de 46 milhões de euros a partir da próxima temporada.

Além disso, haveria dois regulamentos: uma para as que aceitarem tal limitação, com uma grande quantidade de vantagens técnicas, e outra para as que não adotarem a medida, sem esses recursos.

Este seria o calendário do Mundial da FOTA:
07/03 Buenos Aires (ARG) (última corrida em 1998).
21/03 México (MEX) (1992).
11/04 Jerez (ESP) (1997).
25/04 Portimão (POR) (inédito).
02/05 Ímola (ITA) (2006).
23/05 Monte Carlo (MCO).
06/06 Montreal (CAN) (2008).
13/06 Indianapolis (EUA) (2007).
11/07 Silverstone (ING).
25/07 Magny-Cours (FRA) (2008).
15/08 Laustizring (ALE) (inédito).
29/08 Helsinque (FIN) (inédito).
12/09 Monza (ITA).
26/06 Abu Dhabi (EAU).
10/10 Cingapura (CIN).
24/10 Suzuka (JAP) (2006).
07/11 Adelaide (AUS) (1995) ou Surfers' Paradise (AUS) (inédito).

Time de beisebol dos EUA terá centro de formação no Brasil

Reuters

Os brasileiros podem um dia se juntar a outros latino-americanos na principal liga de beisebol dos Estados Unidos, se uma academia dos Tampa Bay Rays, a ser montada em Marília, interior de São Paulo, tiver êxito.

"O nosso sentimento é que o Brasil pode ser um grande celeiro de talentos de beisebol", disse Gerry Hunsicker, vice-presidente dos Rays, numa entrevista para anunciar que o time será o primeiro da chamada Major League de beisebol a ter um centro de treinamento no Brasil.

Andres Reiner, assistente do Rays, afirmou que não há razão para o Brasil não produzir craques do beisebol, já que o país tem atletas de ponta em futebol, basquete, tênis, vôlei e automobilismo.

"Estou convencido de que há um tremendo potencial. Precisamos ensinar os jovens porque eles não conhecem o jogo", declarou Reiner.

Nunca um brasileiro jogou na liga principal norte-americana, mas alguns disputaram torneios de menor importância.

Os Rays recentemente contrataram o brasileiro Leonardo Reginatto, de 19 anos, que jogava na Venezuela, um dos centros do esporte na América Latina.

No Brasil, o beisebol é popular entre a comunidade japonesa.

A academia de Marília será parecida às áreas de treinamento que os Rays e outros times têm na República Dominicana e na Venezuela.

Orçada em US$ 750 mil (cerca de R$ 1,5 milhão), a academia terá quatro campos de beisebol e dormitório para 40 jogadores. Dois dos campos serão exclusivos para o treinamento de crianças e adolescentes entre 6 e 13 anos.

O prefeito de Marília, Mário Bulgarelli, se disse contente de ter a academia na cidade a 400 km de São Paulo. "Marília pode ser um centro para desenvolver o beisebol", afirmou o prefeito.

Copa América 2011 é lançada oficialmente na Argentina

Redação e agências nacionais

A próxima Copa América de Futebol será realizada na Argentina 2011, e foi apresentada oficialmente nesta terça-feira pelo governo argentino e a Associação Argentina de Futebol (AFA), em Buenos Aires. O maior rival do Brasil no futebol não realiza a competição desde 1987.

A novidade desta edição é que a sede principal não será o estádio Monumental de Nuñez, mas sim o Ciudad de La Plata, que também fica em Buenos Aires. As outras sedes serão na cidade de Santa Fé, Salta e Jujuy além de Mendoza e San Juan.

"Hoje é o início oficial da Copa América 2011, o primeiro passo obrigatório da Confederação Sul-Americana de Futebol (CSF) é ter o apoio dos governos. Por isso nos juntamos, para concretizar este acontecimento", ressaltou o presidente da AFA, Julio Grondona.

De acordo com o dirigente, a Argentina tem condições para realizar uma boa competição, pois contará com o apoio do Executivo e das instituições do país.

"O Governo apoiará esta iniciativa porque é muito importante para o país. Queremos chegar bem, por isso faremos obras de infraestrutura, e contaremos com boas condições de segurança", afirmou o chefe de Gabinete argentino, Sergio Massa.

Na edição anterior, disputada na Venezuela, em 2007, a Seleção Brasileira, já com o técnico Dunga no comando, enfrentou Argentina na decisão e se sagrou campeã com uma vitória por 3 x 0.

terça-feira, 23 de junho de 2009

Edema na coxa esquerda tira Juan da Copa das Confederações

Redação e agências nacionais

A Copa das Confederações acabou anteceipadamente para o zagueiro Juan.

O jogador, que teve lesões na temporada, mesmo assim estava servindo a Seleção, saiu machucado na partida contra a Itália com a suspeita de lesão muscular.

Nesta terça-feira, a CBF anunciou oficialmente que o problema não é tão grave: trata-se de apenas um edema, mas que lhe obrigará a ficar sete dias descansando.

"O Juan está fora da Copa das Confederações, mas continua com o grupo fazendo trabalho fisioterápico"
, afirmou José Luis Runco, médico da Seleção.

Como opções de banco na Seleção, Luisão, que entrou ao decorrer da partida contra a Azurra. Dunga tem, ainda, a opção de utilizar Miranda.

Copa das Confederações: Egípcios negam envolvimento de jogadores com prostitutas

Redação e agências nacionais

A delegação egípcia na Copa das Confederações negou que os jogadores de sua equipe tenham convidado prostitutas a seu hotel. A imprensa local informou no fim de semana passado que cinco jogadores egípcios tinham contratado prostitutas após a vitória por 1 x 0 sobre a Itália na quinta-feira, e que elas tinham furtado 1.700 euros dos atletas.

Segundo a edição desta terça do The Star, o responsável da delegação egípcia, Mahmoud Taher, afirmou que seus jogadores são de "um país muito religioso, eles mesmos são muito religiosos e formam uma equipe muito disciplinada".

Também assinalou que por causa da segurança local, ninguém poderia ter acesso aos quartos, exceto o pessoal do próprio hotel.

"A Polícia tem as fitas de vídeo e temos certeza de que nenhuma menina entrou nos quartos", continuou Thaber, que afirmou que serão adotadas medidas legais contra os jornais que divulgaram esta notícia.

A seleção do Egito foi considerada a grande surpresa da Copa das Confederações na fase de grupos.

Na estreia pelo Grupo B, os egípcios venderam caro a derrota para o Brasil por 4 x 3, conquistada somente com um gol de Kaká, de pênalti, nos acréscimos.Na segunda rodada, o Egito venceu a poderosa Itália por 1 x 0, e ficou muito perto da classificação às semifinais.

Com a vitória do Brasil por 3 x 0 sobre a Itália na última rodada, os egípcios podiam até perder por dois gols de diferença na última rodada para os Estados Unidos que garantiriam a classificação. No entanto, o Egito foi derrotado por 3 x 0 pelos americanos, que acabaram ficando com a vaga.

Alguns jogadores chegaram a alegar que a acusação de que teriam dado a tal festa depois de vencer a Itália foi um fator muito prejudicial, que ajudou na eliminação.

A bronca é tanta, que o comitê parlamentar da Juventude e Esportes foi convocado para debater a eliminação da Seleção Egípcia da Copa das Confederações.

Fontes parlamentares asseguraram que o presidente da Câmara, Ahmed Fathi Surur, ficou encarregado de convocar a reunião após a derrota para os EUA, que causou a eliminação do país do torneio.

A goleada para a seleção americana foi considerada no país como uma humilhação.

Esta notícia, que ocupa as primeiras páginas dos jornais do país, será um dos temas discutidos pela comissão parlamentar.

Perdemos um! Amauri se oferece a Seleção da Itália

Redação e agências nacionais

Decepcionado por não ter uma oportunidade com a Seleção Canarinho, o atacante brasileiro Amauri voltou a se oferecer para a Seleção Italiana. Depois de ver a campeã mundial de 2006 eliminada na primeira fase da Copa das Confederações, o jogador da Juventus-ITA colocou-se à disposição do técnico Marcelo Lippi.

"No dia primeiro de setembro eu terei meu passaporte italiano e isso para mim é uma honra, porque eu já vivo feliz aqui há dez anos", disse o jogador ao diário esportivo La Gazzetta dello Sport.

"Como disse o técnico, assim que eu tiver a cidadania italiana ele vai passar a me considerar. Já disse antes que vestir a camisa da Azzurra seria uma forma de pagar tudo o que este país já me deu", afirmou o atacante de 29 anos.

O atacante deixou o Brasil ainda jovem e sem jogar como profissional. Na Itália, passou por Napoli, Bellinzona, Piacenza, Messina, Chievo e Palermo, até chegar à Juventus. Ele chegou a ser convocado pelo técnico Dunga para a seleção brasileira, mas não teve a liberação do clube de Turim.

Agora, com o ataque do Brasil funcionando bem - além das muitas opções que Dunga passou a ter -, Amauri deixou de ser comentado como possível jogador de seleção. A Itália, por outro lado, ainda procura uma formação ideal no setor.

Mala Esportiva no Ar! Edição Nº 7

Redação

Atenção amigo navegante da Mala, você que aprecia o nosso podcast, "Mala Esportiva no Ar!", a Edição Nº 7 já está disponível, clique aí, no canto direito, no alto e ouça!

Nesta edição: JV Lideral, Campeão Maranhense de 2009! Daniel Dias vence o Laureus, Universitário do Peru é assaltado, e muito mais.

MALA ESPORTIVA - LEVANDO O MELHOR DO ESPORTE ATÉ VOCÊ!

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Opinião Edgard Soares: SUPREMA BESTEIRA!

Mala Esportiva: "A coluna está originalmente em http://futebolinterior.com.br/news.php?id_news=86234 , como o momento é oportuno, optamos por publicá-la, não somos contra as pessoas que implantaram a comunicação em lugar nenhum, mas jornalismo é coisa séria"

SUPREMA BESTEIRA!

Os amigos me pedem insistentemente e a direção de redação do FI também. O assunto é a desobrigatoriedade de diploma para se exercer a profissão de jornalista.

Assim, "espontaneamente", vou me manifestar:


Em primeiro lugar quero registrar: está tudo errado neste país.

Na cidade de São Paulo, o Forum do Jabaquara, fica na Vila Mariana. O de Pinheiros, na Vila Madalena. O de Santana, no Bairro do Limão.

Já as imagens e decisões do Supremo Tribunal Federal que agora nos chegam em casa e no computador, graças à moderna tecnologia, me fazem afirmar: nunca imaginei que o nível fosse tão baixo naquela Corte, como seus integrantes gostam que se diga.

Bastaria a recordação da paupérrima discussão entre os Ministros Gilmar Mendes e Joaquim Barbosa para se ter uma idéia do que ali ocorre.

Para começar, a dificuldade de expressão de ambos me faz lembrar a dos ex-jogadores de futebol que se metem a comentaristas, para ficarmos num campo em que conhecemos, você e eu, de perto. É incrível: eles não conseguem articular dois parágrados sem gaguejar. O vocabulário é pobre.

Isso para não falar do conteúdo: "O senhor não está falando com seus capangas de Mato Grosso...", sapeca um dali. E o outro retruca: "O senhor não tem condição de dar lição de moral a mim, nem a ninguém".

Meus Deus do céu! É do Supremo, a mais alta instância jurídica do país que estamos falando. Releia, por favor, o parágrafo acima. Ele está reproduzido "ipsis litteris". Não dá pra acreditar.

Uma frase é do Presidente do Supremo. A outra de um Ministro, considerado dos melhores da casa. Imagine-se os demais.

Pois bem, são senhores como estes, capazes de produzir este constrangedor diálogo que agora dizem por quase unanimidade (a exceção foi o juiz Marco Aurélio Mello): não há mais necessidade de se obter diploma universitário específico para se tornar jornalista profissional.

Antes de entrar no mérito, reparem na qualidade do argumento do Presidente do Supremo, Gilmar Mendes, para justificar seu voto: O jornalista "é como um excelente chefe de cozinha, que não precisa ter curso superior em culinária".

Está decretado o auto-didatismo não só em jornalismo, mas em todas as áreas!

Se você comprar bons livros sobre legislação, lê-los com atenção, poderá reclamar seus direitos de atuar como advogado. E utilizar a seu favor a mesma teoria do Supremo: estarão lhe tirando a liberdade garantida na Constituição de se expressar e de trabalhar, se o impedirem de fazê-lo.

Leia livros de psicologia, e se torne um Psicólogo.

Sinceramente: quero me mudar pra Paris.

De uma só penada, o Supremo informou aos milhares de estudantes das Faculdades de Jornalismo do país: você são todos uns trouxas. O dinheiro que seus pais ou vocês mesmos pagaram até aqui para as Faculdades foi jogado no lixo.

A argumentação, que também ouvi destes doutores, de que as Faculdades de Jornalismo são fracas e não formam necessariamente jornalistas de verdade é de um desatino e de uma incoerência constrangedores.

Ora, há 40 anos existem Faculdades de Jornalismo no Brasil. Se o Supremo tem informação de que algumas delas não cumprem sua função ou se, pior, todas não cumprem sua função, por que até agora estes guardiões da lei não fizeram nada a respeito?

Mais: depois desta decisão do Supremo, por que não interditam legalmente estas Faculdades de Jornalismo?

Creio que os senhores do STF ficaram na obrigação de tomar tal atitude.

Você, caro leitor, que me acompanha há anos, pode me perguntar:

"Mas então você acha absolutamente necessário a Faculdade específica para se formar um bom jornalista? E os exemplos de excelentes jornalistas que não foram à Faculdade de Jornalismo?"

Foi bom você perguntar.

Primeiro, que os "excelentes" jornalistas da nova geração, com menos de 35 anos e até de 40 anos, foram TODOS à Faculdade de Jornalismo.

Os que não foram possuem mais de 60 anos e não foram porque, principalmente, as Faculdades de Jornalismo não existiam quando eles eram jovens.

Ou seja, a Faculdade não diminuiu a qualidade dos jornalistas em atividade. Na minha opinião, inclusive, melhorou, na média.

Há casos antológicos de "jornalistas" analfabetos do passado, como o de Ibrahin Sued. Na verdade, todos do meio sabem, Élio Gaspari, hoje na Folha [de São Paulo] e Ricardo Boechat, hoje na TV Bandeirantes, é que escreviam para ele.

Na Folha da Tarde, em São Paulo, a história se repetia. O colunista Luís Álvaro Assumpção, o Meninão, não sabia escrever. Ele contava as notícias para Casemiro Xavier de Mendonça, que depois foi editor da Veja, e era quem de, fato, escrevia a coluna.

Mas Ibrahin e Meninão assinavam as matérias na maior cara de pau.

Será que estava certo? É assim que deve voltar a ser?

Outra coisa que confundem é o fato de existirem colunistas, articulistas, que não são jornalistas. Estes sempre existiram e continuarão a existir. São opiniões expressas com identificação de seus autores.

Não são jornalistas na acepção exata do termo. Não cobrem o cotidiano, não fazem entrevistas ou amplas reportagens às quais é necessário se dedicar, às vezes, por vários dias.

O que acontece é que para um país ser minimamente respeitado, ele precisa ter normas, princípios e que os mesmos sejam respeitados. Não podemos eternamente ser considerados "um país que não é sério", como disse certa vez o Presidente francês Charlles De Gaulle.

Estava cursando a Faculdade de Direito quando entrei no jornalismo. Obtive meu registro, anos depois, porque atuava profissionalmente na área, aliás no maior jornal do país, com carteira assinada e quase não havia cursos oficiais de jornalismo. Eram estas as regras. Mas havia uma data limite para tal, para se obter este registro, caso você cumprisse as exigências da legislação.

Se você buscar na história, verá que o alferes Joaquim José da Silva Xavier, mais conhecido como Tiradentes, tinha este apelido porque era um prático que cuidava da boca das pessoas.

Não havia Faculdade de Odontologia no Brasil nos tempos da Inconfidência Mineira (1792), então um prático poderia exercer estas funções, pois alguém tinha que exercê-las.

Quando as Faculdades de Odontologia foram criadas no país mais de cem anos depois (somente em dezembro de 1.900, assim mesmo anexa à Faculdade de Medicina), os práticos, naturalmente, não mais puderam atender as pessoas. O que, de resto, foi uma atitude lógica, natural.

Os cursos de jornalismo também surgiram para regular o setor. Todo jornalista sério da velha guarda considerou um fato normal e auspicioso quando isso ocorreu. O mundo anda para a frente.

É claro que um jornalista recém-saído da Faculdade não terá nunca experiência de redação que ele, afinal, nunca frequentou. Mas isso é tão óbvio, que chega a ser ridículo como argumento. Um médico faz anos de residência e de aprendizado prático antes de abrir seu próprio consultório. Um arquiteto, um engenheiro, em qualquer profissão é assim.

Além disso, quando não existia Faculdade de Jornalismo, existiam igualmente focas, que não sabiam nada e entravam de curiosos nas redações. A verdade é que a grande maioria não dava em coisa alguma e ia para outra profissão. Mas sei de muito malandro que sem ter a menor inclinação para o jornalismo, conseguiu o emprego apenas para plantar informação que interessava a um determinado grupo.

Certamente os focas de ontem demoravam mais que um formando em jornalismo demora para aprender os macetes da profissão. Uma profissão da qual eles não tinham a menor informação.

Além disso, hoje, para se obter diploma, as Faculdades de Jornalismo exigem estágios dos alunos. É uma forma de prepará-los para o mercado.

Quando fui convidado por Armando Santana para dar aula na Faculdade de Comunicações Anhembi, na Rua Casa do Ator, Brooklin, onde Armando ocupava o cargo de diretor, o Curso tinha uma singularidade: os dois primeiros anos eram Básicos. Os quatro últimos semestres eram específicos: Jornalismno, Publicidade ou Relações Públicas. O aluno optava.

O mesmo aconteceu quando fui convidado para dar aula na Escola Superior de Propaganda, que ficava então na Rua Rui Barbosa, na Bela Vista e cujo diretor era Francisco Gracioso.

Em ambas as Faculdades eram sempre profissionais da ativa os professores.

Como possuía experiência comprovada na área, como tinha já meu registro de jornalista profissional e ainda como era diretor da Norton Publicidade, então a maior agência de publicidade brasileira, recebi após a feitura de um requerimento, o título, conferido pelo MEC - Ministério da Educação e Cultura, de Notório Saber, que me permitia dar aula.

Mas não fiquei satisfeito. Cursei à noite na Faculdade Santana, pertencente a José Storópoli, hoje UniSantana, um curso de Licenciatura Plena, embora já possuísse um diploma de Magistratura do Instituto de Educação Manoel de Nóbrega, onde estudei quatro anos.

Por que fiz isso? Porque como a maioria das pessoas que pensam, acredito na educação formal como forma de preparar os indivíduos para uma profissão.

Aliás, pensam assim, eu e o Governo e a população do Japão, da Alemanha e da Coréia do Sul que estão dando certo porque deram uma ênfase especial à Educação.

Se você quer mesmo trabalhar numa área, por que não se preparar técnica e pedagogicamente para fazê-lo?

Se você, por acaso, formou-se em Letras, mas descobriu mais tarde que gosta de jornalismo, por que não fazer um curso específico para atuar na profissão que considera a de sua vocação? No que isso vai lhe atrapalhar?

Nestes casos, quando a pessoa já possui uma formação superior, portanto, supõe-se que possui um razoável embasamento cultural, tudo bem que se apresse o processo. Vamos ganhar tempo. Diminui-se a duração de um curso específico de jornalismo para estas pessoas. Eliminam-se as matérias que já foram estudadas em outro curso superior. Ficam apenas as específicas e realmente necessárias para a área escolhida.

Afirmar que o jornalismo, com todo o respeito aos chefes de cozinha e designers de moda, como numa manifestação infeliz o fez o Ministro Gilmar Mendes, é algo que só depende de talento nato, é ofender à nossa inteligência. E de todos os educadores.

E ir contra tudo o que civilização aprendeu nos últimos séculos.

Aliás, pergunte-se a um Alexandre Herchcovitch, nosso maior estilista, se ele é contra a Faculdade de Moda? Indague-se a Alex Atala, esse badalado chef, se ele considera perda de tempo uma Faculdade de Culinária?

Só pra você saber: embora estrelas no seu metier, eles consideram a escola a única saída para se ordenar e elevar o nível de suas profissões.

Só sei que o Supremo perdeu uma ótima oportunidade de ficar quieto. Começo sinceramente a questionar os critérios para a escolha destes Ministros. Você sabia, caro leitor, que a escolha dos mesmos é meramente política? Que eles não fazem qualquer espécie de teste ou concurso para se instalarem vitaliciamente no Tribunal?

Que é sempre o presidente - hoje é o Lula - quem os escolhe, com critérios, digamos, absolutamente pessoais?

Que o Ministro do Supremo não precisa ter escrito um livro, ter defendido uma tese?

Que o Ministro da Defesa, Nelson Jobim, que recentemente demonstrou toda a sua sensibilidade ao país ao tratar da catástrofe do avião da Air France, já foi juiz do Supremo?
Aliás, foi seu Presidente?

Que a graciosa Ministra Ellen Gracie, foi reprovada internacionalmente recentemente a dois postos que almejava no exterior, após ser sabatinada em questões técnicas?

Pois é.

Para encerrar, por questão de lógica, se o Supremo não considera indispensável o diploma universitário de jornalismo para se exercer a profissão, que se fechem as Faculdades desta área.

Não o fazendo, os alunos estarão sendo, simplesmente, ludibriados.

Que este país é este?

Futebol Internacional: Universitário do Peru é furtado poucas horas antes de partida

Tá ficando perigoso jogar futebol ou manter um escrete em segurança. Depois de Egito (embora depois tenhamos descoberto o verdadeiro "assalto") e Brasil, na Copa das Confederações, foi a vez do Universitário do Peru ser roubado, literalmente.

O Universitário do Peru sofreu um furto de seu uniforme algumas horas antes de disputar uma partida decisiva no campeonato do país, contra o Deportivo San Martín, informou nesta segunda-feira a imprensa local.

Os assaltantes não identificados entraram na madrugada desta segunda-feira no Estádio Monumental, em Lima, e levaram sapatos, chuteiras, camisetas e casacos esportivos, declarou o funcionário do clube Armando Aguirre.

Aguirre, que foi o primeiro a entrar no vestiário da equipe e descobrir o furto, disse que os ladrões levaram "uma boa quantidade de coisas". A notícia gerou um grande desconforto para o dirigente do Universitário Germán Leguía, que falou que não foi a primeira vez que o time sofre um roubo deste tipo. Ele também se queixou da pouca segurança no estádio, que está a cargo de uma empresa privada.

"Acho que este roubo é muito suspeito, porque a noite não se viu nada. Para entrar no Monumental de noite tem que conhecer muito bem suas instalações. Definitivamente temos que encontrar a pessoa que nos roubou", destacou Leguía.

A hora da verdade! Egípcios serão interrogados sobre furto em hotel

Redação e agências nacionais

A polícia da África do Sul interrogará alguns jogadores da seleção egípcia que teriam tido dinheiro furtado no hotel em que estavam hospedados durante a vitória por 1 x 0 sobre a Itália, ainda pela primeira fase da Copa das Confederações.

As primeiras investigações apontam que não houve arrombamento em nenhum quarto do hotel, em Johanesburgo. Além disso, todos os cofres dos quartos estavam conectados a um computador central e não houve sinal de dano.

Uma suspeita aponta que o grupo teria sido enganado por algumas mulheres convidadas por eles ao hotel para "comemorar" o resultado diante dos italianos. Foram roubados aproximadamente US$ 1.700 em dinheiro.

No entanto, a Polícia adiou para hoje os interrogatórios porque os egípcios ainda disputavam a classificação à semifinal da Copa das Confederações - contudo, perderam para os Estados Unidos e ficaram de fora.

"A Polícia não queria interrogar a equipe antes da partida para que os jogadores não tivessem desculpas se não fossem bem", disseram fontes do comitê organizador local ao jornal The Star.

A imprensa sul-africana falou com membros da segurança do hotel, e oficiais da Polícia insinuam que as mulheres poderiam ser prostitutas.

Segundo o City Press, policiais disseram ter visto imagens com mulheres vestindo "pouca roupa" que entravam e saíam dos quartos durante o que parecia uma festa.

Já o Sunday Independent ressaltou que um policial, que não quis revelar sua identidade, disse que é possível "que os jogadores tenham inventado a história do roubo para evitar que o caso fosse descoberto e ter de dar explicações às mulheres ou namoradas no Egito".

Agora vai ser pior para eles, se explicarem duas vezes primeiro esse vexame, e segundo a eliminação na Copa das Confederações.

Jogadores de Hong Kong pegam gripe suína

Reuters

Os jogadores de futebol da seleção de Hong Kong tornaram-se a segunda equipe dos Jogos da Juventude da Ásia, em Cingapura, a serem colocados em quarentena, após três integrantes terem contraído o vírus H1N1, informou o ministro da Saúde de Cingapura nesta segunda-feira.

O ministro Khaw Boon Wan disse a jornalistas que o time de Hong Kong ficou no hotel e apresentou-se voluntariamente para realizar exames após dois colegas de equipe terem confirmado a contaminação do novo vírus.

Um jovem jogador de futebol filipino também contraiu o vírus durante a competição, na semana passada, forçando seus colegas à quarentena e adiando as partidas contra a seleção das Filipinas.

As Filipinas sofreram a primeira morte na Ásia causada pelo vírus H1N1, disseram as autoridades da saúde em Manila nesta segunda-feira.

Os Jogos da Juventude da Ásia, que envolvem cerca de 1.400 jovens que competem em nove modalidades esportivas, são um preparativo para os Jogos Olímpicos da Juventude, que Cingapura irá hospedar em 2010.

Colômbia relembra 15 anos da morte do zagueiro Escobar

Terra
Foto: Getty Images


Na Copa do Mundo de 1994, nos Estados Unidos, a dona da casa enfrentou a Colômbia e o zagueiro Pablo Escobar (foto) teve a má-sorte de fazer um gol contra, que selou a vitória estadunidense por 2 a 1 e a consequente eliminação colombiana ainda na primeira fase da competição. Contudo, esse seria o menor dos problemas de Escobar.

Dias mais tarde, de férias em Medellín, o jogador foi morto com doze tiros à queima-roupa. Humberto Muñoz Castro, o assassino, fez os disparos dentro de uma discoteca, depois de discutir com Escobar sobre o ocorrido. Mesmo querendo a todo custo evitar o confronto, o atleta não conseguiu evitar a ira de Munõz e não conseguiu chegar vivo ao hospital. Nesta segunda-feira, faz exatamente 15 anos que o triste fato ocorreu.

Muñoz foi condenado a 43 de prisão, mas cumpriu apenas onze. Em 2005, sua pena foi reduzida para 23 anos e ele ganhou liberdade condicional por boa conduta. O fato causou uma comoção popular, porém a decisão não foi revogada.

Para Rincón, um dos astros daquela seleção, a morte de Escobar foi "reflexo de uma época", como declarou ao diário espanhol Marca. O ex-volante refere-se ao fato da alta expectativa que a torcida tinha em relação ao time que foi para os EUA, com René Higuita, Valderrama, Asprilla, Freddy Rincón e Valencia.

Muitos creditaram a autoria do assassinato às mafias de apostas colombianas, mas nada foi comprovado. Mais de 100 mil pessoas compareceram ao seu funeral. Em julho de 2002, a cidade de Medellín levantou um moumento em homenagem ao zagueiro assassinado. Um monumento pela paz e contra a intolerância no esporte.

É mole? África do Sul defende cornetas e prevê "Copa do barulho"

Redação e agências nacionais

Os sul-africanos não parecem preocupados com as reclamações por causa do barulho nos estádios durante a Copa das Confederações. As Vuvuzelas, tradicionais cornetas utilizadas por torcedores do país, estão incomodando muita gente que acompanha o torneio.

Além das redes de televisão e de turistas estrangeiros que não estão acostumados com tanto ruído, os jogadores também começaram a reclamar e pediram mudanças para a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.

Mas nada deve ser alteradas. Em entrevista concedida nesta segunda-feira, Danny Jordaan, integrante do Comitê Organizador do Mundial, defendeu os hábitos do torcedor sul-africano.

"Essa pode ser a Copa mais barulhenta de todas. Alguns gostam, outros não. Os sons fazem parte da África. Nada se compara ao sentimento de estar no estádio com aquele barulho todo", afirmou Jordaan, projetando uma decisão no Estádio Soccer City com 94 mil Vuvuzelas! (Tá bom pra você?)

O ministro da Polícia sul-africana, Nathi Mthethwa, também defendeu o barulho. "As vuvuzelas são o som da África. Queremos pedir para a FIFA que elas fiquem conosco para sempre. Da África do Sul as pessoas esperam música".

Após a vitória por 3 x 0 da Seleção Brasileira sobre a Itália no último domingo, o goleiro Júlio César reclamou muito das cornetas e chegou a cogitar que elas fossem proibidas durante a Copa do Mundo de 2010.

Sorteio para a Copa de 2010 confirmado no dia 04/12/2009

Redação e agências nacionais

O sorteio dos grupos da próxima edição da Copa do Mundo, na África do Sul, acontecerá dia 4 de dezembro, na Cidade do Cabo.

Todos os 32 participantes serão conhecidos até novembro deste ano. A Copa ocorrerá entre 11 de junho e 11 de julho de 2010.

Blatter se comprometeu a estudar a proposta de colocar os cabeças-de-chave de cada grupo em uma sede fixa, como era feito até a edição de 1990, na Itália.

"Para a Copa de 1994, nos Estados Unidos, tentamos fazer com que cada equipe jogasse em outras sedes para dar mais facilidades aos torcedores. Porém, diante do modelo de transporte na África do Sul, podemos estudar a possibilidade", admitiu.

A opção será discutida sexta-feira, em uma reunião entre representantes da FIFA e do Comitê Organizador da Copa, em Johanesburgo.

Jerome Valcke, secretário-geral da FIFA, afirmou que os campeonatos nacionais da próxima temporada deverão terminar em 16 de maio. Nos países que não seguem o chamado calendário europeu, os jogadores convocados terão de ser dispensados a partir desta data.

"A exceção será apenas para os dois clubes europeus que disputarem a final da Liga dos Campeões. Eles manterão os elencos até sábado, dia 22 de maio, data da final", ressaltou.

"Além disso, está previsto que os jogadores estejam à disposição de suas seleções 15 dias antes do início da competição, ou seja, em 27 de maio", prosseguiu Valcke.

O regulamento da FIFA prevê que as seleções participantes cheguem à África do Sul pelo menos cinco dias antes da estreia na competição.