segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Resultados da 7ª Rodada do Campeonato Pernambucano Série A1 2011

30/01, Dom
16h Náutico 3 x 1 Santa Cruz
16h Porto 2 x 3 Central
16h América 0 x 2 Salgueiro
16h Petrolina 2 x 1 Ypiranga
16h Araripina 3 x 2 Cabense

31/01, Seg
20h Sport 2 x 1 Ac. Vitória

Se a primeira fase acabasse hoje...


Semifinais
Central x Náutico
Santa Cruz x Porto

Semifinais do Interior
Petrolina x Cabense
Salgueiro x Araripina

Mantidos na Elite Estadual: Sport e Ac. Vitória

Rebaixados: Ypiranga e América

Escala de arbtitragem para o jogo Náutico x Ypiranga (Juniores e Profissional)

Redação

Juniores
Jogo: Náutico X Ypiranga
Dia: 02/02/2011 - Horário: 18h45
Estádio: Aflitos
Cidade: Recife
Árbitro: Enéias Leite
Assistente N.º 1: Wlademir Lins
Assistente N.º 2: Ivan Narciso
4º ÁRBITRO: Sérgio Claudino


Profissional
Jogo: Náutico X Ypiranga
Dia: 02/02/2011 - Horário: 21h
Estádio: Aflitos
Cidade: Recife
Árbitro: Carlos Costa
Assistente N.º 1: Erich Bandeira
Assistente N.º 2: Marcelo Neves
4º Árbitro: Robson Chastel

domingo, 30 de janeiro de 2011

Ypiranga perde no sertão

Redação

Mais uma vez o Ypiranga perdeu, atacou muito, tentou muito, mas perdeu.

A partida em Petrolina foi marcada pelas tentativas de Bruno Maranhão, Robertinho e Nêgo Pai, o jogo foi fora de casa distante, mas o Ypiranga viajou na sexta-feira, teve um dia de descanso.

Os resultados negativos acabaram solicitando urgentemente um choque de gestão, já que o próximo jogo será nos Aflitos, contra o Náutico.

Falam muito em dispensas, contratações, a torcida quer até mesmo a queda da diretoria, mas só o tempo dirá o que acontecerá.

O jogo
Ypiranga começa querendo jogo

A partida entre Fera Sertaneja e Máquina começou com boas chances do Ypiranga, chegadas de Cristiano e Souza.

Petrolina chega nas bolas paradas

Em cobranças de falta a Fera Sertaneja chegava ao ataque na partida, exigindo da defesa.

Cristiano fora

No jogo do último domingo, contra a Ac. Vitória o atacante Cristiano saiu expulso, no jogo diante da Fera Sertaneja saiu contundido, no seu lugar entrou Gil.

Chegadas perigosas

Tanto Petrolina como Ypiranga estavam se expondo muito e atacando de forma aguda.

É da Máquina!
Gil, aos 18' do primeiro tempo recebeu bola de Novito, entrou na área e tocou por cima de Romero abrindo o placar, 0 x 1 Ypiranga.

Alberto Salva!

Em chute perigoso de Robertinho, Alberto livra a Máquina do empate aos 27', um gol pronto que o arqueiro do Ypiranga defendeu, além de muitos outros chutes.

Bruno Maranhão se destaca

O volante do Petrolina era a principal arma do time, chutando bolas para Alberto, cruzando com muito perigo, cobrando faltas, pintando o sete mesmo com a camisa 8.

Pênalti para o Petrolina

Aos 18', em cobrança de pênalti, Robertinho empata para o Petrolina, 1 x 1, gol que com os resultados de momento deixariam o Ypiranga na 9ª colocação.

Nêgo Pai entra assustando

O atacante que voltava ao Petrolina depois de contusão, entrou no lugar de Bruno Maranhão e seguiu dando o sufoco que o jogador que estava em campo dava na defensiva Azul e Branca.

Após rebote, Nêgo Pai vira
Aos 40', Nêgo Pai pega rebote de Robertinho que acertou a trave e marca o segundo gol, Petrolina 2 x 1.

Próximos jogos

Agora, o Petrolina joga mais uma vez em casa, recebe a Cabense, no Paulo Coelho. Já o Ypiranga atravessa o estado para encarar o Náutico, nos Aflitos, em Recife. O jogo do Petrolina é na quarta-feira às 20h, o do Ypiranga às 21h.


Ficha do Jogo

Petrolina 2 x 1 Ypiranga
Estádio Paulo Coelho, em Petrolina-PE
Horário: 16h

Árbitro: Anderson Freitas-FPF
Auxiliares: Paulo Steffanello-FPF e Wlademir Lins-FPF
4º Árbitro: Sebastião Rufino Filho-FPF

Gols:
Petrolina: Robertinho, de pênalti, aos 18' do 2Tº, Nêgo Pai, aos 40' do 2ºT
Ypiranga: Gil, aos 18'

Cartões amarelos
Petrolina: Lau
Ypiranga: Nino Guerreiro, Ailton, Felipe Espada

Petrolina (4-4-2): Romero; Tiaguinho, Lau, Wilton e Jeferson (Abuda); Juninho, Fábio, Bruno Maranhão (Nêgo Pai) e Robertinho; Alemão (Jackson) e Fernando
Técnico: Neco

Ypiranga (4-3-3): Alberto; Novito, Sidney, Everton e Ailton; Mácio, Souza, Felipe Espada e Renato (Miller); Cristiano (Gil) e Nino Guerreiro
Técnico: Roberto de Jesus

Público total: 4347
Renda: R$ 3.420,00

Preliminar: Campeonato Pernambucano de Juniores - Petrolina 3 x 1 Ypiranga

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Escala de arbitragem para o jogo Petrolina x Ypiranga

Redação

Juniores
Jogo: Petrolina X Ypiranga
Data: 30/01/2011 - Horário: 13h45
Estádio: Paulo Coelho
Cidade: Petrolina
Árbitro: Antônio Justino Júnior
Assistente N.º 1: Wlademir Lins
Assistente N.º 2: Paulo Steffanello
4º Árbitro: Sebastião Rufino Filho

Profissional
Jogo: Petrolina X Ypiranga
Data: 30/01/2011 - Horário: 16h
Estádio: Paulo Coelho
Cidade: Petrolina
Árbitro: Anderson Freitas
Assistente N.º 1: Paulo Steffanello
Assistente N.º 2: Wlademir Lins
4º Árbitro: Sebastião Rufino Filho

Resultados da 6ª Rodada do Campeonato Pernambucano Série A1 2011

Qua, 26/01
21h Salgueiro 0 x 0 Sport

Qui, 27/01
20h Central 2 x 0 Araripina
20h Cabense 1 x 1 América
20h Ac. Vitória 0 x 1 Náutico
20h Ypiranga 1 x 2 Porto
20h Santa Cruz 2 x 1 Petrolina

Se a primeira fase acabasse hoje...

Semifinais:
Santa Cruz x Náutico
Central x Porto

Semifinais do Interior
Petrolina x Araripina
Salgueiro x Cabense

Mantidos na Série A1: Sport e Ac. Vitória

Rebaixados: Ypiranga e América

Ypiranga perde Clássico da Sulanca para o Porto

Redação

Ontem, mais uma vez neste Campeonato Pernambucano, a determinação e obediência tática do Ypiranga, que foi até mais ousada do que o esperado, de nada adiantaram, Mondragon "fechou o gol" do Porto, o ataque não produziu o necessário e a Máquina mais uma vez saiu de campo com um resultado negativo.

Depois da metade do segundo tempo, precisando do placar, o técnico Roberto de Jesus promoveu o esquema mais ofensivo do qual se tem notícia que a Máquina tenha utilizado: 4-1-5, e nem assim o time conseguiu fazer mais de um gol no excelente goleiro vitoriense, ex-Ypiranga, que agora defende o Clube Atlético do Porto.

Agora, entre Máquina e Gavião, são 27 jogos, 10 vitórias Alviazulinas, 9 empates e 8 vitórias Tricolores, a o Ypiranga tem 39 gols marcados, o Porto, 36.

O jogo

Início morno
Os times começaram a partida se estudando muito, com jogadas firmes no meio campo e poucas oportunidades, muita marcação e pouca criatividade.

Sandro Miguel marca para o Porto

Aos 14', Alberto na tentativa de recolocar a bola em jogo o mais rápido possível tentou acionar Alemão, que estava olhando para ele e se virou para o jogo, o volante da Máquina se atrapalhou e tentou recuperar a bola com um carrinho, a arbitragem deu a falta. Na cobrança, aos 15', Sandro Miguel, ex-Ypiranga soltou a bota, a bola passou pela barreira e enganou Alberto, 0 x 1 Porto.

Bate-cabeça e 2 x 0

Aos 24', com o Ypiranga visivelmente atordoado ainda pelo primeiro gol, a defesa se atrapalhou em um levantamento de bola, Alemão e Sidney não chegaram na bola, Kyros dominou, desceu pela esquerda e bateu cruzado, para marcar o segundo gol do Porto.

Tentativa de reação para no ataque

Depois de estar em desvantagem no placar, o Ypiranga esboçou uma reação, criando jogadas no meio e tentando articular o ataque para fazer o primeiro gol, mas os últimos toques já na frente esbarravam na forte defesa, na falta de criação.

Ila se destaca

Com a ausência de Cristiano, expulso no último jogo, o jovem Ila mostrou muita vontade e movimentação, sempre tentando criar boas oportunidades, principalmente com Novito pelo lado direto, por opção de Roberto de Jesus, ele foi sacado no intervalo.

Agressão e expulsão

Ainda no primeiro tempo, Kyros, autor do segundo gol do Porto agrediu Ailton com uma cotovelada e não teve perdão, vermelho direto, expulsão que deixou o Gavião em desvantagem numérica, exposto à pressão da Máquina.

Segundo tempo todo da Máquina

Como já dissemos no início da matéria, o Ypiranga no segundo tempo foi todo ataque, todas as opções possíveis de tentar o gol foram feitas por Roberto de Jesus, mas a bola insistia em não entrar, o segundo tempo marcou cerca de 10 oportunidades de gol não aproveitadas, aqui acolá o Porto chegava em um contra ataque, inclusive em uma nova cobrança de falta com Sandro Miguel, que acertou a trave.

Finalmente a bola entra
Aos 45' do segundo tempo, aproveitando um rebote de cobrança de falta e muita indecisão dentro da área, Felipe Espada marca para o Ypiranga, mas foi o único da Máquina no jogo, Ypiranga 1 x 2.

A trave se abaixou

Após o gol, em nova jogada ofensiva, Nino Guerreiro cabeceou como manda a cartilha, de olhos abertos, para baixo, mas a bola caprichosamente tocou a parte frontal do travessão, voltando para Mondragon, depois disso a pressão seguiu, mas não deu em nada.

Próximos jogos
Depois de mais uma derrota, no próximo domingo, o Ypiranga vai ao sertão pernambucano, encarar o Petrolina, no estádio Paulo Coelho. O time do Porto no próximo domingo jogará o Clássico Matuto, diante do Central, em Caruaru, no Lacerdão. Ambas as partidas serão às 16h


Ficha do Jogo

Ypiranga 1 x 2 Porto
Estádio Otávio Limeira Alves, em Santa Cruz do Capibaribe-PE
Horário: 20h

Árbitro: Nielson Nogueira Dias-FPF
Auxiliares: Aldir Pereira-FPF e Marcelino Castro-FPF
4º Árbitro: Matheus Costa-FPF

Gols:
Ypiranga: Felipe Espada, aos 45 do 2ºT
Porto: Sandro Miguel (de falta), aos 15' e Kyros, aos 24'

Cartões amarelos
Ypiranga: Everton
Porto: Marivaldo

Cartão vermelho
Porto: Kyros

Ypiranga (4-3-3): Alberto; Novito, Sidney, Everton e Ailton; Alemão (Felipe Espada), Mácio (Miller), Souza e Renato; Ila (Gil) e Nino Guerreiro
Técnico: Roberto de Jesus

Porto (4-4-2): Mondragon; Bahiano, Marivaldo, Sandro Miguel e Altemar; Cosme (Alemão), Vagner Rosa, Helder e Douglas (Evandro); Paulista (Diogo) e Kyros
Téc: Laelson Lima

Público total: 4346
Renda: R$ 5.620,00

Preliminar: Campeonato Pernambucano de Juniores - Ypiranga 0 x 2 Porto

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

É Hoje!

Redação

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Entrevista com o técnico do Ypiranga, Roberto de Jesus

Redação

Confira abaixo a entrevista do novo técnico do Ypiranga, Roberto de Jesus, com o repórter Walter Miro.

Na entrevista, Roberto fala do desafio de assumir o Ypiranga, a estrutura do clube, como encara a relação time-torcida, e muito mais.

Palmeiras-SP contrata cachorro por R$ 3 mil mensais para cuidar de troféus

Globo Esporte

Um cachorro vem sendo motivo de discussão no Palmeiras. Segundo informações do jornal Folha de São Paulo desta quarta-feira, a diretoria do Verdão contratou um cão de guarda para cuidar dos troféus que estão sendo armazenados fora do clube, no bairro da Vila Madalena, enquanto o Palestra Itália, no bairro da Pompéia, é reformado. O principal motivo da polêmica é o valor gasto com os serviços do animal: R$ 3 mil por mês.

O assunto esteve em pauta na última reunião do Conselho de Orientação Fiscal (COF), principalmente pelo mal-estar que causou entre funcionários que ganham menos do que o clube gasta com o cachorro. Conselheiros querem saber como o cão atinge tanta despesa.

A previsão de entrega do estádio, que está sendo chamado de Arena Palestra, é para abril de 2013. Até lá, as taças devem continuar guardadas fora da sala de troféus.

Marta acerta com time dos EUA e técnico comemora "oportunidade incrível"

Das agências internacionais em Nova York, Estados Unidos

Eleita cinco vezes seguidas como a melhor jogadora do mundo, Marta tem um novo clube. A brasileira foi anunciada nesta quinta-feira como reforço do Western New York Flash, que disputa a liga de futebol feminino dos Estados Unidos. Aaran Lines, treinador da equipe, não economizou elogios à brasileira.

“Estamos emocionados pela chegada de Marta. Trata-se de uma oportunidade incrível para a comunidade e as jogadoras jovens receber uma das melhores jogadoras de todos os tempos em sua cidade”, comentou Lines.

O técnico fez questão de destacar as qualidades de Marta. “Ela tem incríveis atributos físicos, combinados com habilidades técnicas fenomenais. Marta é uma jogadora extremamente empolgante de se ver e é importante para o futebol feminino. Estamos empolgados com a chegada dela”, completou.

Em 2010, Marta levou o FC Gold Pride ao título da Women’s Professional Soccer (WPS) e foi a artilheira do torneio. Em novembro de 2010, o clube encerrou suas atividades e a jogadora assinou um contrato de curta duração com o Santos-SP.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

FIFA cogita chance de realizar Copa no Qatar no começo ou final de 2022

Das agências internacionais em Lausanne, Suíça

A polêmica Copa do Mundo no Qatar, marcada para 2022, segue sendo assunto para Sepp Blatter, presidente da FIFA. Nesta terça-feira, o dirigente admitiu mudar o tradicional mês de disputa do Mundial [entre junho e julho] e afirmou que o torneio poderá acontecer no início ou no final do ano.

Personalidades importantes do futebol alertaram sobre as dificuldades que os jogadores irão enfrentar com a alta temperatura no país do Oriente Médio durante a Copa. A mudança no calendário seria uma saída para evitar o verão no Qatar.

“Para a FIFA, se houver vontade de mudar o calendário internacional por um ano, será possível fazer. Porque se há vontade, há solução”, comentou Blatter, que disse ainda ser cedo para chegar em uma definição sobre o tema.

“Agora, ainda há os prós e contras. É prematuro tomar alguma decisão ou pensar no que pode acontecer. Mas quero dizer que o inverno [no Qatar] não é somente em janeiro ou fevereiro, mas também no final do ano”, destacou o presidente da FIFA.

Mano anuncia convocados para amistoso contra França

Lancepress!

O técnico Mano Menezes anunciou nesta terça-feira a lista de convocados para o amistoso da Seleção contra a França, no dia 9 de fevereiro, no Stade de France, em Saint-Denis. As novidades foram o retorno do goleiro Júlio Cesar, titular no Mundial de 2010, e as estreias dos meias Jadson e Renato Augusto, pela primeira vez chamados.

Mano optou por não convocar jogadores que atuam no futebol brasileiro, em virtude do início da disputa da Copa Libertadores a partir desta semana.

"Estamos saindo de uma pré-temporada. Nossa pré-temporada é muito curta. Certamente, os jogadores ainda vão sofrer nos próximos jogos. E, no amistoso, você vai enfrentar jogadores que estão num outro estágio. É importante ter jogadores na mesma condição. E ainda há a Libertadores. Podemos pensar nisso com toda sensibilidade sem abrir mão da Seleção", justificou Mano.

Este será o primeiro amistoso da Seleção em 2011. O time de Mano fechou a temporada passada com revés: 1 x 0 para a Argentina, em amistoso disputado em Doha, no Qatar.

Confira a relação de convocados para o amistoso contra a França:

GOLEIROS:
Neto (Fiorentina-ITA)
Gomes (Tottenham-ING)
Julio Cesar (Internazionale-ITA)

LATERAIS:
Daniel Alves (Barcelona-ESP)
Rafael (Manchester United-ING)
André Santos (Fenerbahçe-TUR)
Marcelo (Real Madrid-ESP)

ZAGUEIROS:
Thiago Silva (Milan-ITA)
David Luiz (Benfica-POR)
Breno (Bayern-ALE)
Luisão (Benfica-POR)

VOLANTES:
Lucas (Liverpool-ING)
Sandro (Tottenham-ING)
Elias (Atlético de Madrid-ESP)
Ramires (Chelsea-ING)
Anderson (Manchester United-ING)

MEIAS:
Hernanes (Lazio-ITA)
Jadson (Shakhtar Donetsk-UCR)
Renato Augusto (Leverkusen-ALE)

ATACANTES:
Robinho (Milan-ITA)
Alexandre Pato (Milan-ITA)
André (Dínamo de Kiev-UCR)
Hulk (Porto-POR)

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Escala de arbitragem para o jogo Ypiranga x Porto (Juniores e Profissional)

Redação

Juniores
Ypiranga X Porto
Data: 27/01/2011 - Horário: 17h45
Estádio: Otávio Limeira Alves
Cidade: Santa Cruz do Capibaribe
Árbitro: Anderson Freitas
Assistente N.º 1: Marcelino Castro
Assistente N.º 2: Aldir Pereira
4º Árbitro: Matheus Costa

Profissional
Ypiranga X Porto
Data: 27/01/2011 - Horário: 20h
Estádio: Otávio Limeira Alves
Cidade: Santa Cruz do Capibaribe
Árbitro: Nielson Nogueira Dias
Assistente N.º 1: Aldir Pereira
Assistente N.º 2: Marcelino Castro
4º Árbitro: Matheus Costa

Resultados da 5ª Rodada do Campeonato Pernambucano Série A1 2011

Dom, 23/01
16h Petrolina 1 x 0 América
16h Ac. Vitória 3 x 1 Ypiranga
16h Araripina 2 x 0 Sport

Seg, 24/01
20h Salgueiro 0 x 1 Santa Cruz
20h Central 1 x 0 Cabense
20h Náutico 4 x 1 Porto

Se a primeira fase acabasse hoje...

Semifinais:
Santa Cruz x Náutico
Central x Porto

Semifinais do Interior
Petrolina x Araripina
Salgueiro x Cabense

Mantidos na Elite: Sport e Ac. Vitória

Rebaixados: Ypiranga e América

Roberto de Jesus assume o Ypiranga

Walter Miro

Depois que Adelmo Soares colocou o cargo à disposição após a derrota para a Acadêmica Vitória, a diretoria do Ypiranga contratou um novo técnico para a vaga, Roberto de Jesus, que ironicamente assumiu o Taboquito após uma derrota no Carneirão para o Ypiranga.

A partida de ontem foi de fato, uma daquelas que "cheira" queda de técnico, já que no intervalo, em entrevista, o atacante Cristiano, expulso em um lance duvidoso alegou que havia jogadores "...fazendo corpo mole, assim não tem como vencer adversário nenhum.".

Alguns navegantes afirmaram que diretores disseram estar procurando reforços em entrevista a uma emissora local, mas como é isso? Sem perguntar ao técnico que está no comando? Pois bem.

A declaração de Adelmo depois da derrota de ontem, também foi algo a se ver com atenção: "...Estou colocando o cargo à disposição, para alguns que gostariam que eu o fizesse..." A carapuça serve para alguém? Não para mim, pois sempre apoiei o trabalho dele, e lembro quando Reginaldo Souza dizia em 2008 "Técnico não faz milagre, tem muito pardal à solta, os canários estão presos", conseguir bons jogadores desempregados quase no mês de fevereiro é complicado.

Mas não vou desejar que Roberto de Jesus, que chega amanhã ao Limeirão comece a trabalhar com mau agouro da minha parte, boa sorte ao novo técnico, bom trabalho, e que o Ypiranga daqui em diante tenha dias melhores.

domingo, 23 de janeiro de 2011

Ypiranga perde mais uma no campeonato

Blogueiros Associados

O Ypiranga foi na tarde deste domingo até Vitória de Santo Antão, tentar a reabilitação diante da Ac. Vitória, mas não teve vida fácil, em um jogo muito disputado acabou perdendo por 3 x 1, o atacante Cristiano acabou sendo expulso, e ao término da partida os ânimos esquentaram, Adelmo Soares disse que colocaria o cargo à disposição da diretoria após conversar com o presidente Edmilson Soares, segundo o técnico "para muitos que gostariam que eu dissesse isto...". O Taboquito que não tinha nada a ver com isso foi pra cima e conquistou a vitória em casa.

O jogo

Ac. Vitória começa pressionando
Bola na trave, escanteios consecutivos, dessa forma a Ac. Vitória começou a partida, indo com tudo pra cima do Ypiranga, e a defesa batendo cabeça.

Máquina na defensiva
Depois de ver que o Taboquito não estava pra brincadeira, o Ypiranga se retrancou, com os onze homens atrás do meio campo, tentando os contra ataques.

Falta vira o sentido do jogo
Por volta dos 10 minutos do primeiro tempo o Ypiranga tomou conta das ações do jogo, após falta perigosa cobrada por Novito, o time partiu pra cima do escrete vitoriense, determinado a jogar.

Cristiano quase marca!
Em rebote de cobrança de falta de Novito, Cristiano bate firme e a bola passa muito perto da trave do goleiro Jailson!

É lá e cá!
Se de um lado o Ypiranga explora as bolas paradas com Novito, do outro o Vitória tem muitos escanteios.

Marcelo marca para o Taboquito
Aos 32', Marcelo, de cabeça escorou para o gol de Alberto, abrindo o placar. Ac. Vitória 1 x 0.

Final de primeiro tempo pegado
Com as duas equipes querendo conquistar seus objetivos, o jogo ficou bastante pegado no meio de campo, com muito contato físico e poucas chances de gol.

Assim como no primeiro tempo...

O Ypiranga começou o jogo em desvantagem, com o Vitória pra cima com tudo, atacando e mostrando que quer reagir no Campeonato.

Alberto brilha

O goleiro da Máquina vai se virando como pode, mostrando que é um excelente arqueiro em boas defesas.

Para o chuveiro mais cedo!

O Ypiranga perde Cristiano no início do segundo tempo, expulso por cometer uma falta em Marcelo, vermelho direto.

Desgraça pouca é bobagem
Logo após ficar em desvantagem numérica em campo o Ypiranga sofreu o segundo gol, o próprio Marcelo que provocou a expulsão de Cristiano cobrou a falta e John escorou, Taboquito 2 x 0.

Felipe Espada diminui!

Com o Ypiranga pressionando, aos 25' Gil chegou na área e Felipe Espada diminuiu para o Ypiranga, 2 x 1.

Sentindo a tabela apertada
Os dois times chegaram aos 30' do segundo tempo em bom nível, depois sentiram a maratona de jogos.

Grande jogo de Novito

Ele que começou o campeonato no banco de reservas aos poucos, em cada jogo, vai mostrando seu valor, e brilhando com a camisa do Ypiranga.

Diretoria toma a frente?

Segundo informações de navegantes da Mala Esportiva, a diretoria não estaria satisfeita com o time, e iria contratar jogadores para o Ypiranga, até já teriam declarado em uma emissora de rádio santacruzense.

Jogo disputado

O Ypiranga sem querer perder mais uma, a Ac. Vitória querendo mostrar serviço, dois times indo pra cima com tudo e se expondo em contra ataques no final de jogo.

Pá de cal
Aos 48', Gustavo marca o terceiro gol do Taboquito após cobrança de escanteio, decretando mais uma derrota do Ypiranga no Campeonato Pernambucano.

Próximos jogos
Depois desta vitória, a Ac. Vitória agora recebe o Náutico em casa, no Carneirão, em Vitória de Santo Antão na próxima quarta-feira, dia 26 às 20h, o Ypiranga depois de mais esta derrota agora joga em casa, diante do Porto, no Limeirão, em Santa Cruz do Capibaribe, quinta-feira, dia 27 às 20h.


Ficha do Jogo


Ac. Vitória 3 x 1 Ypiranga
Estádio Severino Cândido Carneiro, em Vitória de Santo Antão-PE
Horário: 16h

Árbitro: Eduardo Alcântara-FPF
Auxiliares: Wilton Lins-FPF e Wlademir Lins-FPF
4º Árbitro: Enrique Rocha-FPF

Gols:
Ac. Vitória: Marcelo (de cabeça), aos 32', John aos do 10' 2ºT e Gustavo, aos 48' do 2ºT
Ypiranga: Felipe Espada, aos 25 do 2ºT

Cartões amarelos
Av. Vitória: Diego Fiuza e John
Ypiranga: Diguinho

Cartão vermelho
Ypiranga: Cristiano

Ac. Vitória (4-4-2): Jailson; Diego, Joel, Cleiton e Guarrilha; Da Silva, Davi, Paulo Vitor e John; Welinton (Gustavo) e Filipi Feitosa
Técnico: Pêu Santos

Ypiranga (4-4-2): Alberto; Novito, Sidney, Anderson Lima e Ila (Gil); Alemão, Mácio, Diguinho e Miller; Cristiano e Nino Guerreiro (Felipe Espada)
Técnico: Adelmo Soares

Público e Renda: Não divulgados

É Hoje!

Redação

sábado, 22 de janeiro de 2011

Resultados da 4ª Rodada do Campeonato Pernambucano Série A1 2011

Qui, 20/01
20h Petrolina 1 x 0 Ac. Vitória
20h Araripina 0 x 1 Santa Cruz
20h América 0 x 2 Central
20h Sport 1 x 0 Ypiranga

Sex, 21/01
21h Porto 1 x 0 Salgueiro
21h Náutico 1 x 1 Cabense

Se a primeira fase do estadual acabasse hoje...

Semifinais:
Santa Cruz x Sport
Porto x Central

Semifinais do Interior:
Salgueiro x Ypiranga
Cabense x Petrolina

Apenas mantidos na A1: Náutico e Araripina

Rebaixados: Ac. Vitória e América

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Jogador da Anapolina-GO é morto a golpes de canivete

Lancepress!

Uma notícia triste para o futebol de Goiânia. O jogador da Anapolina Rafael Silva, de apenas 18 anos, foi morto a golpes de canivete na noite de quinta-feira, na Vila Esperança, em Anápolis. A informação é da Rádio CBN.

De acordo com a polícia, Rafael estava andando de skate quando começou uma discussão com Wesley dos Santos, de 20 anos, que o atacou. Os policiais disseram ainda que o jogador vinha sendo ameaçado por Wesley há algum tempo.

Rafael foi levado para o Hospital de Urgências de Anápolis, mas acabou não resistindo aos ferimentos. O agressor foi preso ainda na noite de quinta.

De luto, a Anapolina divulgou nota oficial em seu site, tentando reconfortar a família do jogador. O enterro aconteceu ontem no Cemitério Parque.

Escala de arbitragem para o jogo Ac. Vitória x Ypiranga (Juniores e Profissional)

Redação

Juniores
Jogo: Ac. Vitória x Ypiranga
Dia: 23/01/2011 - Horário: 13h45
Estádio: Severino Cândido Carneiro
Cidade: Vitória de Santo Antão
Árbitro: Robson Chastel
Assistente N.º 1: Wlademir Lins
Assistente N.º 2: Wilton Lins
4º Árbitro: Enrique Rocha

Profissional
Jogo: Ac. Vitória x Ypiranga
Dia: 23/01/2011 - Horário: 16h
Estádio: Severino Cândido Carneiro
Cidade: Vitória de Santo Antão
Árbitro: Eduardo Alcântara
Assistente N.º 1: Wilton Lins
Assistente N.º 2: Wlademir Lins
4º Árbitro: Enrique Rocha

"Mala Esportiva no Ar !" - Edição Nº18

Uma comemoração simples assim como nossa primeira postagem, Mala Esportiva - 3 anos no ar!

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Ypiranga joga bem, mas perde mais uma no Pernambucano 2011

Redação

Na noite de hoje o Ypiranga foi até a Ilha do Retiro, fez uma grande partida (até o momento não houve um jogo que a Máquina jogasse mal), mas infelizmente não conseguiu a vitória.

O Sport, que acanhado, parecia jogar fora de casa, achou um gol após um desvio de chute, um bate-cabeça dentro da área e depois do tento se segurou na sorte, na falta de pontaria e assim fez mais três pontos.

Para o jogo que se esperava uma vitória do Sport fácil, deu pra ver que o Leão suou sangue para vencer a partida, resta agora ao Ypiranga tentar a reabilitação diante da Acadêmica Vitória no próximo domingo.

O jogo


Começo na defensiva

A Máquina começou o jogo de forma um pouco retrancada, esperando ver qual seria a postura do Sport.

Sistema defensivo determinado
A defesa do Ypiranga como sempre começou o jogo se comportando muito bem, marcando as descidas de Ciro e Renato pelo lado do Sport.

Germano marca
Aos 13', a bola chegou à área do Ypiranga, a defesa cortou mal, Daniel Paulista fez o corta luz e Germano bateu, a bola ainda desviou em Diguinho antes de entrar, para azar de Alberto, estreante da noite, Sport 1 x 0.

Ypiranga cresce no jogo
A determinação da Máquina é tamanha, que mesmo quando está perdendo o jogo, se comporta bem em campo, inclusive no começo do segundo tempo, quando Adelmo Soares ousou colocando Cristiano e promovendo a estreia de Renato, saindo do 3-6-1 para o
4-4-2.

Boa descida
Aos 9' do segundo tempo, Cristiano que acabara de entrar troca passes com o lateral direito Novito pela esquerda, o lateral chuta forte e a bola desvia em Germano. Magrão ainda se estica todo para defender.

Everton fora do próximo jogo
Everton, zagueiro da Máquina, toma o terceiro cartão amarelo em apenas quatro rodadas, sendo assim, está fora do jogo de domingo contra a Acadêmica Vitória.

Só falta o gol!
Por volta dos 20' do segundo tempo, o Ypiranga estava muito melhor em campo, atacando o Sport a todo momento, mesmo com Carlinhos Bala do lado leonino.

Cristiano quase!
O velocista Cristiano em ótima jogada aos 25' passa por dois defensores e bate, mas a bola toca a rede apenas pelo lado de fora.

Diguinho salva
No momento em que o Ypiranga é muito melhor no jogo, o Sport escapa em um belo contra ataque. A sorte da Máquina foi Diguinho em cima da linha depois que Alberto, batido foi surpreendido pelo chute cruzado de Alessandro.

De tanto apanhar...
Cristiano, que entrou no início do segundo tempo, apanhou assim como ontem, contra o Araripina, mas não aguentou, saiu com dores lombares dando lugar a Alemão.

Pressão não adiantou
Mesmo dominando a partida em quase todo o segundo tempo, o Ypiranga não fez o principal, um golzinho para vencer sua partida. Sendo assim, fim de papo, mais uma derrota.

Próximos jogos
Depois desta vitória, o Sport agora vai até o sertão, encarar o Araripina no Chapadão do Araripe, já o Ypiranga tenta a reabilitação no domingo, contra a Acadêmica Vitória lá no Carneirão. Ambos jogos serão às 16h.


Ficha do Jogo


Sport 1 x 0 Ypiranga
Estádio Adelmar Costa Carvalho, em Recife-PE
Horário: 20h

Árbitro: Gleydson Leite-FPF
Auxiliares: Pedro Wanderley-FPF e Alcides Lira-FPF
4º Árbitro: Alcides Lira-FPF

Gols:
Sport: Germano aos 13'

Cartões Amarelos
Sport: Wellington Saci, Germano e Daniel
Ypiranga: Everton, Candinho, Diguinho, Ila

Sport (4-4-2): Magrão; Joedson (Renato), Astorga, Igor e Wellington Saci; Daniel Paulista, Germano, Fabrício e Renato Oliveira (Carlinhos Bala); Alessandro e Ciro (Élton)
Técnico: Candinho

Ypiranga (3-6-1): Alberto; Sidney, Everton e Diguinho; Novito, Jair (Renato), Souza, Ila, Candinho (Cristiano) (Alemão) e Ailton; Nino Guerreiro
Técnico: Adelmo Soares

Público e Renda: Não divulgados

Preliminar: Campeonato Pernambucano de Juniores - Sport 2 x 0 Ypiranga

Resultados da 3ª Rodada do Campeonato Pernambucano Série A1 2011

Ter, 18/01
20h Ac. Vitória 0 x 2 Porto
20h Central 3 x 3 Petrolina
20h Santa Cruz 3 x 1 América
20h Cabense 1 x 0 Sport
20h Ypiranga 2 x 0 Araripina

Qua, 19/01
21h Salgueiro 1 x 0 Náutico

Se a primeira fase desta bagaça acabasse hoje...


Semifinais:
Santa Cruz x Salgueiro
Porto x Central

Apenas mantidos na elite estadual: Náutico e Sport

Semifinais do Interior:
Cabense x Araripina
Ypiranga x Petrolina

Rebaixados: Ac. Vitória e América.

Mais informações sobre Alberto

RedaçãoOntem antes do embarque da Delegação Alviazulina ao Recife, onde logo mais o Ypiranga enfrenta o Sport, às 20h na Ilha do Retiro, o novo goleiro do Ypiranga, Alberto, conversou de maneira informal com Walter Miro, onde disse ter 30 anos, é um goleiro bastante experiente.

Alberto já jogou no Nacional de Patos-PB, Treze-PB, Botafogo-PB, além de passagens pelo futebol catarinense, Vila Aurora-MT e outras equipes.

O novo goleiro da Máquina disse que está pronto para encarar o desafio de jogar o Campeonato Pernambucano, está confiante no seu trabalho para defender o Ypiranga e ajudar o time a conquistar seus objetivos.

Lituâno bate recorde de arremessos de três pontos: 124. Mas acerta só 24

Uol
Foto: Divulgação


Na liga amadora de basquete da Lituânia, um jogador bateu o recorde de arremessos de três pontos em uma única partida ao chutar 124 vezes do perímetro. Apesar da marca história e dos 73 pontos no jogo, Rolandas Dovydaitis deveria estar envergonhado. O jogador acertou apenas 24 dessas tentativas, um aproveitamento inferior a 20%.

“Minha meta era acertar 20 de cem arremessos. Mas o importante é que eu quebrei o recorde”, comentou o jogador sem qualquer sinal de ressentimento. De acordo com a notícia de um site especializado no basquete lituano, Dovydaitis errou os seus primeiros 19 arremessos. Motivo mais que suficiente para qualquer treinador tirá-lo de quadra, mas o atleta mostrou a teimosia de um recordista e seguiu chutando.

É evidente que havia um acordo entre seus companheiros para que Dovydaitis estabelecesse a marca. Além disso, vale citar o esforço de seus colegas que pegaram 108 rebotes na partida, fato que permitiu ao nosso heroi dar tantos arremessos.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

LUTO! Ypiranga perde um ilustre torcedor

Com informações do Diário da Sulanca

Um dos mais fiéis torcedores do Ypiranga faleceu na madrugada desta quarta-feira após sofrer parada cardíaca. José Roberto Beserra Neves, residente em Capital Grande, veio para a Capital da Sulanca torcer mais uma vez pelo seu time de coração.

Roberto era um dos mais apaixonados amantes da Máquina de Costura e faleceu após acompanhar a primeira vitória do Ypiranga no Pernambucano 2011.

José Roberto acompanhava quase todas as partidas do Ypiranga no Limeirão, dando especial apoio à equipe de Juniores. No ano passado, Walter Miro e José Roberto acompanharam juntos a partida de Juniores entre Ypiranga x Porto, vieram de Campina Grande na manhã daquele dia e voltaram no decorrer do segundo tempo.

É uma perca sentida, haja vista que ontem, em sua homenagem, durante a escalação do Ypiranga, na São Domingos FM, o repórter mantenedor da Mala Esportiva, Walter Miro, pediu que sua música em homenagem à Máquina "Glorioso Ypiranga" fosse executada.

O sepultamento acontecerá amanhã às 08 horas em Campina Grande.

Escala de arbitragem para o jogo Sport x Ypiranga (Juniores e Profissional)

Redação

Juniores
Sport x Ypiranga
Dia: 20/01/2011 - Horário: 17h45
Estádio: Ilha do Retiro
Cidade: Recife
Árbitro: Erique Rocha
Assistente N.º 1: Roberto José
Assistente N.º 2: Clóvis Amaral
4º Árbitro: Bruno César

Profissional
Sport x Ypiranga
Dia: 20/01/2011 - Horário: 20h
Estádio: Ilha do Retiro
Cidade: Recife
Árbitro: Gleydson Leite
Assistente N.º 1: Pedro Wanderley
Assistente N.º 2: Alcides Lira
4º Árbitro: Ana Karina

Na raça! Ypiranga vence o Araripina já pensando no Sport

Redação

Antes de qualquer pensamento maldoso, não estamos declarando que os jogadores se pouparam no jogo de ontem, muito pelo contrário, o pensamento já na próxima rodada se deve ao curto, inexistente espaço de preparação entre uma rodada e outra neste início de Campeonato Pernambucano.

O Ypiranga ainda não apresentou o futebol encantador (de jogadores "de nome") que a torcida espera, mas foi merecedor da vitória além de contar com a sorte ao seu lado, fato que não aconteceu nas duas rodadas anteriores.

A raça de Cristiano, o futebol técnico de Diguinho, a inteligência de Souza, e as orientações de Adelmo Soares culminaram na primeira vitória da Máquina do Interior no Campeonato Pernambucano 2011, a vítima foi a equipe do Araripina, que não suportou a pressão e acabou perdendo por 2 x 0.O jogo

Blitz Alviazulina logo no começo
Logo aos 2 minutos o Ypiranga demonstrou que estava com muita fome de gols, e que o Araripina poderia se preparar para muita pressão, e em jogada trabalhada, Nino Guerreiro já acertou o travessão.

Garra semelhante, apoio da torcida

Nos jogos anteriores (as derrotas para Central e Santa Cruz), o Ypiranga jogou como se fosse a última partida da história do futebol, com uma determinação impressionante, mas ontem, estava tudo dando certo, e mesmo com erros de arbitragem a bola chegava ao ataque facilmente.

A marca do artilheiro!

Aos 16', em cobrança de falta de Novito, Nino Guerreiro se atirou na bola para abrir o placar, os jogadores do Araripina reclamaram de toque de mão do camisa 9 da Máquina, mas a arbitragem validou o gol de cabeça, Ypiranga 1 x 0.

Cristiano apanha mais do que a cota

Não dá pra provar que houve um rodízio de faltas em cima do atacante Alviazulino, mas o que Cristiano apanhou não está no gibi. É bem verdade que ele cai bastante quando recebe as cargas faltosas, mas eu não queria estar no lugar dele para ver o quanto doeu...

Primeiro tempo estável

Com poucas oportunidades, porém perigosas, o Araripina foi para o intervalo em desvantagem, mas prometendo voltar com todo gás, do mesmo jeito disseram os jogadores do Ypiranga, que voltariam determinados, com mais ímpeto do que na etapa inicial, para sair de casa com a vitória.

Pressão do Bode!
No começo do segundo tempo, o Araripina voltou mais ofensivo, trocando passes na frente da defesa do Ypiranga, que contou com Diguinho para segurar o time, garantir a estabilidade e sair jogando com calma.

Pênalti perdido, trave Azul e Branca

Aos 4' do segundo tempo, Ailton cometeu pênalti para o Araripina, mas na cobrança, Marcelinho acertou o travessão, o goleiro Cleiton caiu no lado errado, mas a bola subiu demais e a trave estava lá para garantir a vantagem da Máquina.

Arbitragem confusa

Depois do quarto árbitro passar o primeiro tempo todo procuranndo trabalho, colocando jogador para sentar no banco, mandando a comissão técnica do Ypiranga se conter nas comemorações, etc. e tal, no segundo tempo, quando o trabalho realmente apareceu, Gilberto Castro Júnior não estava pronto para a bronca, e se perdeu em campo, sem coragem para expulsar um dos jogadores do Araripina para acalmar a partida, depois que expulsou Anderson Lima e alguns jogadores dos dois lados perderam a cabeça, lamentável.

Pra fechar a conta!

Golaço, jogada genial, depois de algumas bolas escapadas e desperdiçadas, o Ypiranga encontrou o gol da vitória nos pés de Souza, que aos 41' recebeu de um lançamento de 20 metros, arrancou pra cima da defesa do Araripina, driblou Gideon com a perna direita e mandou com a perna esquerda a bola no lado oposto ao goleiro Adson, que caía na direita do gol, uma pintura, para selar a primeira vitória da Máquina, Ypiranga 2 x 0 Araripina.

Próximos jogos

Na próxima rodada, os dois times que se enfrentaram ontem na Capital da Sulanca, encaram times da Capital Pernambucana, o Araripina em casa, no Chapadão do Araripe vai tentar a sorte diante do Santa Cruz, que ontem venceu o América por 3 x 1, já o Ypiranga vai até o Recife, encara o Sport, que perdeu ontem fora de casa para a Cabense, por 1 x 0, o jogo será na Ilha do Retiro. Ambas as partidas começam às 20h.


Ficha do Jogo

Ypiranga 2 x 0 Araripina
Estádio Otávio Limeira Alves, em Santa Cruz do Capibaribe-PE
Horário: 20h

Árbitro: Gilberto Castro Júnior-FPF
Auxiliares: Aldir Pereira-FPF e Marcelo Neves-FPF
4º Árbitro: Enrique Costa-FPF

Gols:
Ypiranga: Nino Guerreiro (de cabeça), aos 16' e Souza, aos 41' do 2ºT

Cartões Amarelos
Ypiranga: Everton, Anderson Lima, Diguinho e Cristiano
Araripina: Oliveira e Saulo

Cartão Vermelho
Ypiranga: Anderson Lima

Ypiranga (3-5-2): Cleiton; Anderson Lima, Everton e Diguinho; Evanilson, Mácio, Souza, Miller (Gil) e Ailton; Cristiano (Evanilson) e Nino Guerreiro (Alemão)
Técnico: Adelmo Soares

Araripina (4-4-2): Adson; Oliveira, Romário (Alcimar), Gideon e Saulo; Janilson, Marcos Mendes (Odilon), Cristóvão e Mizael; João Paulo e Marcelinho
Técnico: Júnior Caruaru

Público total: 4462
Renda: R$ 7.030,00

Preliminar: Campeonato Pernambucano de Juniores - Ypiranga 2 x 2 Araripina

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Classificação atualizada do Campeonato Pernambucano de Juniores 2011

Redação

Atendendo a pedidos do nosso navegante Raimundo, que está sempre interagindo com a Mala Esportiva, segue a classificação atualizada do Pernambucano de Juniores 2011. (Clique na imagem para ampliá-la)

Ypiranga contrata novo goleiro

Redação

Já esteve presente hoje em Santa Cruz do Capibaribe, onde chegou até a treinar o novo goleiro do Ypiranga, que vem para suprir a carência na vaga após a saída (por motivos pessoais e de força maior) de Igor e da fratura no dedo mínimo esquerdo de Geday.

O nome do novo goleiro é Alberto, que neste exato momento está indo a Caruaru realizar exames médicos de rotina para ser efetivado na vaga.

Mais informações sobre o novo goleiro da Máquina você confere à noite, durante a transmissão da partida entre Ypiranga x Araripina, à partir das 19h20 na Rádio Comunitária São Domingos FM - 104,9 Mhz ou www.saodomingosfm.com.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Escala de arbitragem para o jogo Ypiranga x Araripina (Juniores e Profissional)

Redação

Juniores
Ypiranga X Araripina
Dia: 18/01/2011 - Horário: 17h45
Estádio: Otávio Limeira Alves
Árbitro: Matheus Costa
Assistente N.º 1: Marcelo Neves
Assistente N.º 2: Aldir Pereira
4º Árbitro: Erique Rocha

Profissional
Ypiranga X Araripina
Dia: 18/01/2011 - Horário: 20h
Estádio: Otávio Limeira Alves
Árbitro: Gilberto Castro Júnior
Assistente N.º 1: Aldir Pereira
Assistente N.º 2: Marcelo Neves
4º Árbitro: Erique Rocha

domingo, 16 de janeiro de 2011

Resultados da 2ª Rodada do Campeonato Pernambucano Série A1 2011

Redação

Dom, 16/01

16h Araripina 1 x 1 Náutico
16h América 0 x 1 Porto
16h Petrolina 1 x 1 Sport
16h Cabense 0 x 0 Ac. Vitória
16h Central 1 x 0 Salgueiro
16h Santa Cruz 2 x 1 Ypiranga

Sabemos que é cedo até demais, mas se o campeonato acabasse hoje...
Semifinais
Santa Cruz x Náutico
Central x Porto

Semifinais do Interior
Salgueiro x Petrolina
Araripina x Cabense

Apenas mantidos na elite: Sport e Ac. Vitória

Rebaixados: Ypiranga e América

Santa vence Ypiranga de virada e lidera o Pernambucano

Antes da matéria, eu, Walter Miro venho a público dizer que problemas na transmissão da partida através da emissora na qual estou atuando, a Rádio Comunitária São Domingos FM, impossibilitaram a produção da matéria da partida e por isso estou reproduzindo do Superesportes um texto rico e explicativo sobre o jogo.

Superesportes

Foi de virada, com muito suor, mas o Santa Cruz conseguiu bater o Ypiranga por 2 x 1, neste domingo, no Arruda. Os dois gols corais aconteceram na etapa final da partida. O primeiro foi marcado pelo atacante Thiago Cunha e o segundo pelo zagueiro Thiago Matias.

Com o resultado, a equipe coral chega aos seis pontos, mantêm 100% de aproveitamento e termina a segunda rodada do Campeonato Pernambucano como líder da competição. O Ypiranga segue sem somar pontos no Estadual. Na estreia o time também perdeu para o Central, em Santa Cruz do Capibaribe.

Na próxima terça-feira, o Santa Cruz volta a entrar no gramado do Arruda, desta vez, para enfrentar o América pela terceira rodada do Campeonato Pernambucano.

O jogo - Nos primeiros dez minutos de bola rolando ficou nítido que o Santa Cruz teria muita dificuldade na partida. É que o Ypiranga fazia uma marcação muito forte. Atuando com um falso 3-5-2, a Máquina de Costura anulava a principal jogada da equipe coral: as investidas com Landu pelo lado direito. A partida ficou concentrada no meio-campo com o domínio tricolor, mas sem conseguir furar o bloqueio adversário.

Apesar do maior volume de jogo e da posse de bola exagerada, o Santa Cruz não colocava velocidade no jogo. O time parecia amarrado e preso na marcação adversária. O time roubava a bola, mas saia muito lento do meio-campo para o ataque. As poucas chances criadas viam em bolas alçadas na área. Foi assim aos 9, 17 e 24 minutos do primeiro tempo. Nas duas primeiras, a conclusão do atacante Laécio foi fraca. Na terceira, Alexandre dominou a bola no peito dentro da grande área, mas chutou cruzado para fora.

A melhor chance do Santa Cruz no primeiro tempo veio aos 39 minutos. Mário Lúcio cobrou uma falta, com muita categoria, no travessão. Sem alardes, o Ypiranga foi chegando. Nos minutos finais levou alguns perigos a meta de Thiago Matias. Até que, aos 43 minutos, em uma falha geral do setor defensivo tricolor, a Máquina de Costura abriu o placar. Ailton enfiou bola para Nino Guerreiro, que invadiu a área e chutou forte, rasteiro, no canto direito. Ypiranga 1 x 0.

Virada - No retorno para o segundo tempo, o técnico Zé Teodoro mudou a equipe. Sacou, de uma vez só, o lateral Bruno Leite e o atacante Landu. Jackson e Thiago Cunha, respectivamente, entraram em campo. E o time passou a fazer tudo que não fez na primeira etapa. Logo aos 6 minutos, em jogada individual de Wesley, o meio-campista lançou Thiago Cunha. O atacante invadiu a área e chutou, cruzado, na saída do goleiro para empatar a partida. 1 x 1.

O gol tricolor aumentou a temperatura dentro de campo. O Santa Cruz foi para cima do adversário e a virada seria uma questão de tempo. E ela chegou aos 19 minutos. Novamente o meia Wesley cruzou na área, a zaga do Ypiranga falhou e Thiago Matias, livre de marcação, chutou forte para fazer Santa 2 x 1.

Ficha Técnica
SANTA CRUZ
Thiago Cardoso; Bruno Leite (Jackson), Thiago Matias, Leandro Souza e Alexandre; Jeovânio, Memo, Wesley e Mário Lúcio (Renatinho); Landu (Thiago Cunha) e Laécio. Técnico: Zé Teodoro.

YPIRANGA
Cleyton; Evanilson (Diguinho), Sidney, Everton e Ailton; Gil (Felipe Espada), Souza, Mácio, Miller; Cristiano e Nino Guerreiro (Ila). Técnico: Adelmo Soares.

Local: Estádio do Arruda.
Árbitro: Nielson Nogueira. Assistentes: Ubirajara Ferraz e Alcides Lira.

Gols: Thiago Cunha e Thiago Matias (SC); Nino Guerreiro (Y).

Cartões amarelos: Márcio, Evanilson, Souza, Ailton e Felipe Espada(Y)

Público: 22.442 Total.
Renda: R$ 223.060,00.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Árbitro reinicia partida e Salgueiro vence por W.O.

PE360graus.com

Contrariando a determinação da Federação Pernambucana de Futebol, a Cabense não compareceu ao estádio Cornélio de Barros, na tarde desta sexta-feira (14), para o novo confronto com o Salgueiro. Com isso, o árbitro Gilberto Costa Júnior deu inicio a partida apenas com a equipe da casa em campo. Ele esperou os 30 minutos de tolerância e logo após encerrou o jogo, dando a vitória ao Carcará por W.O., que equivale ao placar de 1 x 0.

A confusão na partida de quinta-feira (13) teve início aos 29 minutos do primeiro tempo, quando houve uma queda de energia no estádio. A Cabense vencia a partida por 1 x 0. Como o tempo de espera ultrapassou o limite determinado no regulamento, o árbitro decidiu suspender a partida.

Baseada no artigo 24 do regulamento do Campeonato Pernambucano, a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) remarcou a disputa para esta sexta com o placar de 0 x 0. O artigo diz que a partida “será, obrigatoriamente, jogada integralmente no dia seguinte se houverem cessado os motivos que adiaram a partida, desde que nenhuma das associações [times] haja dado causam ao adiamento”.

A diretoria da Cabense não concordou e decidiu voltar, alegando referência ao artigo 28 para basear a decisão do seu departamento jurídico. Diz o texto do regulamento: “Sendo a partida suspensa por falta de iluminação adequada ou por conflitos ou distúrbios graves no campo ou no estádio, a Associação detentora do mando de campo nesse estádio será responsabilizada pela suspensão. A Associação que for responsabilizada terá o estádio interditado por, no mínimo, trinta (30) dias, perda do mando de campo de uma ou duas partidas por decisão da FPF, independentemente de seu indiciamento e julgamento pelo TJD”. Ou seja: é preciso que haja julgamento antes de marcar a nova partida.

Em nota à imprensa, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) informou que o problema foi restrito ao estádio. "A falta de energia localizada foi provocada por uma falha nas instalações interna do clube. Técnicos da concessionária inspecionaram o local e constataram o rompimento de um cabo na saída do disjuntor do estádio. Não há, portanto, qualquer relação da ocorrência com a rede de distribuição de energia da Celpe", diz o documento.

Com a decisão de manter a partida, a Cabense afirmou que deve levar a questão ao Tribunal de Justiça Desportiva.

Escala de arbitragem para o jogo Santa Cruz x Ypiranga (Juniores e Profissional)

Redação

Juniores
Santa Cruz X Ypiranga
Data: 16/01/2011 Horário: 13h45
Estádio: Arruda
Cidade: Recife
Árbitra: Ana Karina
Assistente N.º 1: Wlademir Lins
Assistente N.º 2: Ricardo Chianca
4º Árbitro: Erique Rocha

Profissional
Santa Cruz X Ypiranga
Data: 16/01/2011 Horário: 16h
Estádio: Arruda
Cidade: Recife
Árbitro: Nielson Nogueira Dias
Assistente N.º 1: Ubirajara Ferraz
Assistente N.º 2: Alcides Lira
4º Árbitro: Eduardo Alcântara

Cabense decide não repetir jogo parasalido e pode levar W.O.

PE360graus.com

Diferente do que ficou acertado após a interrupção da partida da última quinta-feira, contra o Salgueiro, a equipe da Cabense deixou o Município de Salgueiro, voltou para o Grande Recife e não vai disputar o jogo marcado para a tarde desta sexta, às 16h (local, 17h de Brasília). A decisão foi confirmada pelo presidente do clube, Paulo Lima.

A partida estava acontecendo no estádio Cornélio de Barros e foi interrompida por falta de energia, quando o Salgueiro perdia para o Cabense por 1 x 0, ainda aos 29 minutos do primeiro tempo.

Sem o retorno da luz, o árbitro Gilberto Costa Júnior decidiu suspender o jogo. Baseada no artigo 24 do regulamento do Campeonato Pernambucano, a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) remarcou a disputa para esta sexta. O artigo diz que a partida “será, obrigatoriamente, jogada integralmente no dia seguinte se houverem cessado os motivos que adiaram a partida, desde que nenhuma das associações (times) haja dado causam ao adiamento”.

A diretoria do Cabense, por sua vez, faz referência ao artigo 28 para basear a decisão do seu departamento jurídico. Diz o texto do regulamento: “Sendo a partida suspensa por falta de iluminação adequada ou por conflitos ou distúrbios graves no campo ou no estádio, a Associação detentora do mando de campo nesse estádio será responsabilizada pela suspensão. A Associação que for responsabilizada terá o estádio interditado por, no mínimo, trinta (30) dias, perda do mando de campo de uma ou duas partidas por decisão da FPF, independentemente de seu indiciamento e julgamento pelo TJD”.

Em nota à imprensa, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) informou que o problema foi restrito ao estádio. "A falta de energia localizada foi provocada por uma falha nas instalações internas do clube. Técnicos da concessionária inspecionaram o local e constataram o rompimento de um cabo na saída do disjuntor do estádio. Não há, portanto, qualquer relação da ocorrência com a rede de distribuição de energia da Celpe", diz o documento.

A Federação decidiu manter a partida desta tarde. Sem comparecer, o Cabense perde o jogo por W.O., mas deve levar a questão ao Tribunal de Justiça Desportiva.

Resultados da 1ª Rodada do Campeonato Pernambucano Série A1 2011

Qui, 13/01
19h30 Sport 1 x 0 América
20h Ypiranga 0 x 1 Central
20h Porto 1 x 0 Araripina
20h Ac. Vitória 0 x 3 Santa Cruz
20h Salgueiro x Cabense (suspenso por falta de energia elétrica)
21h30 Náutico 3 x 0 Petrolina

É apenas a primeira rodada, mas se se esta bagaça acabasse hoje...
Semifinais:
Náutico x Porto
Santa Cruz x Central

Semifinais do Interior
Cabense x Araripina
Salgueiro x América

Apenas mantidos na elite: Sport e Ypiranga

Rebaixados: Petrolina e Ac. Vitória

Ypiranga tropeça em falha de Cleiton e estreia com derrota no Estadual 2011

Redação

O jogo que abriu o Campeonato Pernambucano 2011 entre Ypiranga x Central, foi digno de um clássico, considerado um dos maiores (se não o maior) do interior do estado.

Na partida repleta de movimentação, correria em busca do resultado, quem acabou levando a melhor foi o time caruaruense, que contou com uma falha grotesca do jovem goleiro Cleiton para construir o resultado que lhe rendeu os primeiros três pontos no certame.

Agora, o tabu de vitórias da Máquina sobre a Patativa se extende até pelo menos o segundo turno do estadual. A última vitória do Ypiranga sobre o adversário caruaruense foi no dia 11 de fevereiro de 2007, de acordo com informações do Diário de Pernambuco.

No número de confrontos agora são 20, com 5 vitórias do Ypiranga, 9 do Central e 6 empates, o time da Capital da Sulanca marcou 25 gols e sofreu 35 em todos os confrontos até hoje em jogos válidos por torneios profissionais.

O jogo


Começo de jogo no comando das ações

O Ypiranga começou o jogo com todo o gás, promovendo boas descidas ao ataque, principalmente com o incansável Cristiano, que tentou de todas as formas, batendo bolas a gol, alçando bolas ao ataque e chegando com perigo.

Do meio não passa

Quando se acalmou e tentou jogar, o Central tentou chegar ao ataque com o bom lateral esquerdo Vanderson e com Vassoura, mas era sempre contido por Evanilson, Márcio (que fez uma ótima partida)e um dos destaques do time, Souza.

Ypiranga sente a falta de Alemão

O volante que foi uma das peças mais importantes da pré-temporada fez muita falta ao desenho tático da Máquina, não que Jair tenha comprometido o time, mas as boas descidas de Souza foram raras na partida de ontem, já que nas poucas vezes em que se lançou ao ataque, cedeu alguns contra golpes que precisaram de Sidney para por a casa em ordem.


Fantasma assombra o Limeirão
Além do gato preto que atravessou o gramado, como alguns torcedores perceberam e o fotógrafo Billu captou com suas lentes, outro sinal de má sorte esteve ontem no jogo, o fantasma de 2008, quando o Ypiranga na última rodada, diante do Central, esteve com a vaga para a Copa do Brasil nas mãos, mas jogou para o alto na falta de experiência do goleiro Augusto, ontem, Cleiton que fazia seu primeiro jogo como profissional não inspirou tranquilidade ao sistema defensivo e ao torcedor da Máquina.

Deu-se a desgraça
Aos 28 minutos, em uma das poucas oportunidades criadas de forma consciente pelo Central, Danilo Pitbull bateu da entrada da área, o goleiro Cleiton bateu roupa e a bola sobrou nos pés de Harley, que sem ter culpa de nada fez seu trabalho, marcando o único gol do jogo, o da vitória centralina, Ypiranga 0 x 1 Central.

Wilson Surubim cava a expulsão

O volante ex-Ypiranga fez de tudo para ser expulso, deu ponta-pés, puxou camisa, bateu mais que o possível e o desejável, mas no fim das contas apenas tomou um cartão amarelo.


"Cabeça no lugar, bola no chão"

Em entrevista o repórter Walter Miro, no intervalo do jogo, os jogadores Nino Guerreiro e Miller diziam que o time deveria se comportar com mais calma, a afobação da estreia já tinha passado, e realmente, o time voltou mais concentrado, com jogadas mais precisas e impondo um ritmo de jogo empolgante, fazendo o goleiro Sérvulo se esforçar para garantir o placar.


Alterações mudam a cara do time
no segundo tempo os técnicos promoveram alterações no seus times para tentarem cada um, chegar ao seu objetivo. Com mudanças mais ousadas, Adelmo Soares fez o Ypiranga se lançar ao ataque de todas as formas, mas a bola insistiu em não entrar.

Felipe Espada dá uma de Ronaldinho
O lance que levantou a torcida foi promovido por Felipe Espada, que entrou com muita vontade, e na ponta esquerda, com um bom domínio de bola deu dribles desconcertantes, inclusive três "banhos de cuia" na defesa do Central em seguida, pena que lances plásticos não valem pontos na tabela de classificação.

Sai o Mago

Com a costela doendo de um drible que o deixou caído no primeiro tempo e o joelho que não está nada bem, Rosembrik deixou o jogo sob vaias do torcedor do Ypiranga e aplausos contidos, já que não fez uma partida brilhante.

Não adianta, quando ela não quer...

Tentativas com Jair, Cristiano, Candinho Felipe Espada, Nino Guerreiro de nada adiantaram, o Ypiranga mais uma vez não conseguiu bater o Central, e agora tem que lutar para conseguir sua primeira vitória no Estadual 2011.

Trombetas do Apocalipse
Atenção Diretoria do Ypiranga, o sistema de som do Estádio Otávio Limeira Alves está alto demais! Impossível de se trabalhar com aquela joça ligada, nem mesmo a comunicação entre técnicos e jogadores é possível quando o som é ligado! Um bom narrador e vinhetas não adiantam, incomoda demais até quem não entende de comunicação! Fica a dica, diminuam o volume para o possível de ouvir e não, para o capaz de enlouquecer.

Próximos jogos

Na segunda rodada o Ypiranga tenta a sorte diante do Santa Cruz, no Arruda, próximo domingo às 16h, no Recife. Já o Central recebe o Salgueiro em Caruaru, no Lacerdão, às 16h.

Ficha do jogo

Ypiranga 0 x 1 Central
Estádio Otávio Limeira Alves, em Santa Cruz do Capibaribe-PE
Horário: 20h

Árbitro: Gleidson Leite-FPF
Auxiliares: Albert Júnior-FPF e Paulo Steffanello-FPF
4º Árbitro: Anderson Freitas-FPF

Gols:
Central: Harley, aos 28'

Cartões Amarelos
Ypiranga: Márcio, Sidney, Everton e Jair
Central: Valnei, Wilson Surubim, Jalnir, Fernando Pires, Vassoura e Rosembrik

Ypiranga: Cleiton; Evanilson, Sidney, Everton e Ailton (Gil); Jair, Mácio, Souza e Miller; Cristiano (Candinho) e Nino Guerreiro (Felipe Espada)
Técnico: Adelmo Soares

Central: Sérvulo; Gustavo (Romero), Emerson, Valnei e Vanderson; Wilson Surubim (Jalnir), Fernando Pires, Vassoura e Rosembrik (Marcinho); Harley e Danilo Pitbull
Técnico: Maurício Simões

Público total: 5000
Renda: R$ 18.000,00

Preliminar: Campeonato Pernambucano de Juniores - Ypiranga 1 x 0 Central

Holandês é preso por traficar maconha em buquês de flores

Lancepress!

O jogador Ketsier, do Feyenoord-HOL, foi preso por vender maconha para vários pontos da Europa. O holandês, que utilizava buquês de flores para enviar a droga aos clientes, foi preso no município de Tirajana, na Espanha, onde realizava pré-temporada com o clube. A polícia chegou ao local com uma ordem de busca europeia.

Ketsier é acusado de participar de mais de 55 envios de maconha escondida nos buquês. A polícia holandesa interceptou três envios, com uma quantidade total de 495kg da droga. Policiais do Reino Unido encontraram um outro pacote, com 140kg. Os britânicos estavam à procura do jogador desde 2008, quando os casos foram descobertos.

Entre janeiro e outubro de 2004, o jogador de 24 anos contou com a ajuda de quatro amigos na distribuição das drogas.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Emocionado, Washington confirma aposentadoria do futebol

Terra

O atacante Washington, do Fluminense-RJ, confirmou em entrevista na tarde desta quinta-feira que está deixando o futebol. O jogador, que chorou bastante durante o pronunciamento, fez questão de esclarecer que a decisão não foi tomada exclusivamente por motivos de saúde.

Sem contrato com o Fluminense desde o dia 31 de dezembro, Washington, 35 anos, deixou a concentração do clube recentemente e desde então gerou uma série de especulações, como a de que voltou a sofrer com problemas cardiovasculares (ele também é diabético).

Washington, que jogou futebol por 17 anos, negou e alegou que quer ter mais tempo para passar com a família e as filhas. O atacante tinha vontade de jogar a Libertadores de 2011 pelo Fluminense, mas, em conversa com parentes, amigos e médicos, decidiu parar.

"Foi difícil. Estava me preparando para jogar mais esse ano, mas conversamos nesses últimos dois dias, repensamos e decidi realmente parar. É um momento difícil demais, é uma coisa que mexe com a gente, mas um dia ia parar. Um dia a profissão acaba e é importante ter hombridade e humildade para saber que nada vai apagar o que dei ao futebol e o que o futebol deu para mim", disse.

Presentes na entrevista ao lado do atacante em Mangaratiba (RJ), o vice-presidente de futebol do Fluminense, Alcides Antunes, e o presidente da patrocinadora Unimed, Celso Barros, também se emocionaram bastante e anunciaram o atleta como "embaixador" do clube na Libertadores.

"Abri mão de um ano de carreira para continuar a vida com a minha família. De uma forma ou de outra, vou estar na Libertadores", disse, antes de se emocionar novamente. "Realizei o sonho de ser jogador de futebol. Dentro deste sonho conquistei título, amigos... É duro dizer alguma coisa neste momento. Desculpem a emoção, é até meio chato, mas não aguento".

Durante a coletiva, os jogadores do Fluminense ainda fizeram uma surpresa e foram abraçar o atacante enquanto ele discursava em sua despedida. "Washington é um grande cara, um grande centroavante e um grande amigo. Fará falta a todos nós", disse o atacante Fred, arrancando mais lágrimas do agora ex-companheiro, que também teve o apoio dos familiares na entrevista.

Natural de Brasília (DF), Washington iniciou a carreira profissional no Caxias-RS, em 1993, e ganhou notoriedade com a camisa da Ponte Preta-SP, clube pelo qual teve duas passagens (em 1998 e entre 2000 e 2002). As boas atuações renderam sua convocação para a Seleção Brasileira - o atacante fez parte do grupo que disputou a Copa das Confederações em 2001.

O atacante deixou Campinas e, após rápida passagem pelo Fenerbahce-TUR, acertou com o Atlético-PR. Pouco depois de assinar contrato, o jogador teve problemas cardiovasculares e quase encerrou a carreira. Mas ele conseguiu a recuperação, ganhou o apelido de "Coração Valente" e brilhou intensamente no Campeonato Brasileiro de 2004, quando bateu o recorde de gols de uma só edição do torneio (34 tentos).

Washington seguiu para o futebol japonês no ano seguinte e retornou ao País em 2008, para a sua primeira passagem pelo Fluminense. Foi artilheiro do clube na temporada e um dos destaques da campanha do vice-campeonato na Libertadores, tendo inclusive marcado um gol decisivo contra o São Paulo-SP, no último minuto do duelo das quartas de final.

Foi justamente para o clube do Morumbi que o jogador seguiu em 2009. Washington seguiu marcando gols, mas nunca foi unanimidade na equipe, voltando ao Fluminense no ano seguinte para conquistar o Campeonato Brasileiro, título mais importante de sua carreira que agora chega ao fim.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Escala de arbitragem para o jogo Ypiranga x Central (Juniores e Profissional)

Redação

Categoria Juniores
Ypiranga x Central
Data: 13/01/2011 - Horário: 17h45
Árbitro: Ricardo Jorge
Assistente N.º 1: Paulo Steffanello
Assistente N.º 2: Albert Júnior
4º Árbitro: Anderson Freitas

Categoria Profissional
Ypiranga x Central
Data: 13/01/2011 - Horário: 20h
Árbitro: Gleydson Leite
ASSISTENTE N.º 1: Albert Júnior
ASSISTENTE N.º 2: Paulo Steffanello
4º Árbitro: Anderson Freitas

Ypiranga pronto para estreia no Estadual 2011

Redação

Ontem o técnico Adelmo Soares fez o último treinamento visando a estreia no Campeonato Pernambucano 2011, diante do Central. O jogo será em Santa Cruz do Capibaribe, às 20h, no Estádio Otávio Limeira Alves.


No treinamento de ontem, o Ypiranga aprimorou fundamentos como finalização, toques rápidos e chegadas pela lateral esquerda de campo. Adelmo cobrou muito dos jogadores, lembrando sempre que não existem privilegiados dentro do grupo, titulares absolutos são aqueles que se destacam no treinamento.

Hoje pela manhã, em um treinamento específico, o ataque foi colocado à prova, recebendo bolas para bater de longa distância, de fora da área, e bolas sem ângulo. Um dos que mais trabalhou foi o atacante Cristiano, autor de dois gols na pré-temporada e muito cobrado no quesito finalização, já que é um grande velocista.

Ouça amanhã as emoções de Ypiranga x Central, a partir das 19h30m em 104,9 Mhz ou www.saodomingosfm.com

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Marta vence melhor do mundo pela 5ª vez em eleição criticada por rival alemã

Uol

Marta é praticamente “sócia” da FIFA. Quando vai à Suíça ao fim de uma temporada volta premiada. Foi assim nos últimos quatro anos, foi assim nesta segunda-feira. A brasileira foi eleita pela quinta vez consecutiva a melhor jogadora do mundo. Seguiu mais uma vez um ritual que já se tornou rotineiro para ela, mas que neste ano teve um fato novo: a alemã Birgit Prinz, novamente derrotada, quebrou o protocolo e criticou o modelo de votação.

O protesto de Prinz aconteceu horas antes da premiação, quando as finalistas concedem uma entrevista coletiva. “A votação é feita de maneira errada. Eu, como jogadora, não tenho como acompanhar outras jogadoras porque o calendário é muito extenso. Acho que podemos trazer novos elementos para melhorar todo o sistema e deixá-lo mais justo com todas as jogadoras”, disparou Prinz, melhor do mundo de 2003 a 2005.

A declaração da veterana de 33 anos criou um clima de constrangimento na entrevista. Cenário que só mudou quando a festa de gala começou para valer. E aí Prinz voltou a ser a mesma coadjuvante das edições anteriores e uma mera espectadora de mais uma noite especial para Marta.

"Falaram que eu deveria chorar senão não seria tão emocionante. E aqui estou chorando de novo. Este ano foi realmente muito especial. Consegui vários êxitos com as minhas equipes e depois fui agraciada como embaixadora da ONU [Organização das Nações Unidas], o que é uma honra. Nada disso teria acontecido sem as pessoas que estão comigo no dia a dia", vibrou Marta.

Atualmente emprestada ao Santos, a alagoana conquistou em 2009 a forte liga norte-americana atuando pelo FC Gold Pride. Também ajudou a Seleção Brasileira a assegurar uma vaga no Mundial que acontece neste ano, na Alemanha, de 26 de junho a 17 de julho.

“Este ano é muito especial devido ao Mundial. Queremos muito ganhá-lo, já que é um título que no passado esteve em nossas mãos e perdemos por pequenos detalhes”, comentou Marta, vice-campeã mundial em 2007, na China. Na oportunidade, o Brasil perdeu para a Alemanha por 2 x 0 e a meia-atacante desperdiçou um pênalti.

Mas se coletivamente Marta ainda tem metas não alcançadas, no individual a história é diferente. “Em todo começo de ano tenho esse objetivo [ser a melhor do mundo]. Sempre tenho isso em mente e sei que preciso trabalhar coletivamente para depois colher os frutos.”

Marta já é uma veterana no prêmio da FIFA, mas diz que ainda sente nervosismo durante o evento. E isso porque ela foi finalista sete vezes (terceira em 2004 e segunda no ano seguinte). De 2006 em diante, só deu Marta: já é tradição.

Atacante Babel será julgado por usar Twitter contra juiz inglês

Futebol Interior

O atacante holandês Ryan Babel se tornou, nesta segunda-feira, o primeiro jogador de futebol que será julgado em uma ação disciplinar pela Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês) por ter agido com conduta imprópria por meio do Twitter.

O jogador deverá receber uma punição da entidade depois de publicar uma foto do árbitro Howard Webb, que foi alterada digitalmente e mostrou uma montagem com o juiz vestindo uma camisa do Manchester United-ING.

A atitude serviu como um protesto pelo fato de Webb ter assinalado um pênalti inexistente sobre Berbatov logo no início do jogo do último domingo, em Manchester, que acabou definindo a vitória por 1 x 0 do time da casa sobre o Liverpool-ING, assim eliminado da Copa da Inglaterra.

Para completar, Webb ainda teve a sua reputação colocada em xeque por Babel através da seguinte frase publicada em sua página no Twitter: "E ainda o consideram um dos melhores árbitros. Isso é uma piada".

Por causa da atitude polêmica, a entidade que comanda o futebol inglês avisou que Babel tem até a próxima quinta-feira para apresentar a sua defesa contra a acusação de conduta imprópria contra o juiz.

Tendo em vista a repercussão do seu ato e o alto risco de punição, Babel resolveu se desculpar posteriomente no Twitter. "Isto é só uma reação emocional após perder um jogo importante. Sinto muito Howard Webb", minimizou a sua atitude.

Messi é eleito o Melhor do Mundo em 2010 pela FIFA

Lancepress!

Bicampeão! Messi superou Iniesta e Xavi, companheiros de Barcelona, e recebeu o prêmio de Melhor do Mundo pela FIFA em 2010. Em ano de Copa do Mundo, nunca antes um atleta que não havia sido campeão levantou o troféu. É a segunda vez que o baixinho é escolhido. Com o prêmio, o argentino se iguala a Ronaldinho Gaúcho com duas conquistas. Ambos estão atrás de Zidane e Ronaldo, que venceram o prêmio em três oportunidades.

Essa foi a quarta vez que o camisa 10 do Barça chegou à final do prêmio. Em 2007, ficou em terceiro, atrás de Kaká e Cristiano Ronaldo. No ano seguinte, foi o segundo, superado pelo português do Real Madrid-ESP. Em 2009 levou o troféu pela primeira vez, e repetiu a dose em 2010.

O título mundial da Espanha acabou não pesando na decisão do Melhor do Mundo. Apesar da conquista, Xavi e Iniesta acabaram derrotados pelo companheiro de Barcelona, que mesmo sem o título na África do Sul, mostrou-se em campo em um nível excelente.

No fim das contas, a festa foi mesmo azul e grená. O Barcelona-ESP, pela primeira vez com três indicados na final do prêmio (repetindo o Milan-ITA com Van Basten, Gullit e Rijkaard em 1988 e com Van Basten, Baresi e Rijkaard no ano seguinte). Todos formados no clube.

Além deles, o Barça teve outros pratas da casa premiados. Na seleção dos 11 melhores da última temporada, Puyol e Piqué foram escolhidos. Messi, Xavi e Iniesta, é claro, também estiveram na lista, bem como o atacante Villa.

José Mourinho vence o prêmio de melhor treinador em 2010

Lancepress!

Conforme adiantara o italiano Gazzetta dello Sport e o português Record nesta segunda-feira, o português José Mourinho foi o grande vencedor do prêmio de melhor treinador em 2010.

Mourinho conquistou todos os títulos disputados pela Internazionale-ITA na temporada 2009/2010: Campeonato Italiano, copa da Itália e Liga dos Campeões da UEFA.

Contratado pelo Real Madrid-ESP no meio do ano passado, Mourinho levou o time merengue à vice-liderança do Campeonato Espanhol e à classificação à segunda fase da Liga dos Campeões.

"Gostaria de dar os parabéns a dois fantásticos treinadores, Guardiola e Del Bosque. Aos meus jogadores, aqui estão alguns. Cheguei aqui com a força daqueles que me amam e que me ajudaram a conquistar esse prêmio fantástico" disse o treinador, ao agradecer o prêmio.

Mourinho derrotou os espanhois Vicente del Bosque, treinador da Seleção Espanhola, campeã mundial, e Pep Guradiola, que levou o Barcelona-ESP ao bicampeonato espanhol.

Resposta à "Torcida Organizada Fúria Jovem do Ypiranga"

Redação

No último amistoso entre Ypiranga x Seleção de Recife-PE, houve um tumulto envolvendo a torcida organizada do Ypiranga. A Mala Esportiva citou na matéria do jogo que teria sido uma briga entre os próprios torcedores.

Através do Orkut, a diretoria da Torcida entrou em contato comigo (Walter Miro) para que fosse feita a justiça, a explicação dos fatos. Vamos a alguns trechos interessantes do scrap:

"... OLHA SO 'CARA' ESTAMOS PASSANDO AQUI IRMAO (sic) PRA PEDIR NUMA BOA A VOCE (sic) 'CARA' ANTES DE CRITICAR NOSSA TORCIDA, (...) SABER DOS FATOS, AJENTE (sic) NAO (sic) ESTAVAMOS (sic) BRIGANDO ENTRE SI NAO (sic) (...), JOGARAO (sic)UM (sic) APEDRA (sic) DE FORA PRA DENTRO DO ESTADIO(sic) AI (sic) A TURMA CORREU PRA O PORTAO (sic) PRA VER QUEM TINHA SIDO FOI ISSO QUE ACONTECEU (...), AI (sic) VOCE (sic) ANTES DE SABER DOS FATOS JA (sic) CRITICA NOSSA TORCIDA, SE NAO (sic) GOSTA 'CARA' BLZ (sic) MAIS (sic) SE NAO (sic) E (sic) PRA AJUDAR ENTAO 'CARA' NAO (sic) CRITIQUE NAO (sic) FOQUE (sic) NEUTRO NA HISTORIA(sic), PORQUE NEM VOCE (sic) PRECISA DA JENTE (sic) NEM AJENTE (sic) DE VOCE(sic)(...)."

Segue o scrap agora falando da torcida do Central:
"...E A RESPEITO DA FRASE QUE VOCE (sic) COLOCOU EM SEU BLOG SOBRE A TORCIDA UNIFORMIZADA DO CENTRAL, QUANDO AJENTE (sic) VAI PRA LA(sic) E(sic) CAPAIZ (sic) DELES MATAREM A JENTE(sic), AI (sic) QUANDO ELES VE(sic) PRA CA(sic) VOCES(sic) QUEREM QUE NOIS(sic) ALISES(sic) OS 'CARAS' E APANHEM DELES NE(sic) (?) DNTRO(sic) DE NOSSA CASA (...) QUEREM QUE NOIS (sic) APANHE PRA DEPOIS FICAREM 'TIRANDO ONDA' COM A JENTE (sic). (...) NINGUEM (sic) VAI PROCURAR BRIGA NAO (sic) (...) MAIS (sic) TABEM (sic) NINGUEM (sic) VAI LEVAR DISAFORO (sic) PRA CASA (...).

E finalizam falando diretamente ao torcedor não organizado:
"(...)TODA FÚRIA JOVEM DO YPIRANAG (sic) QUEREMOS VER NOSSA TORCIDA GRANDE PRA INSETIVAMOS (sic) O YPIRANGA, PORQUE SOMOS NOIS (sic) OS UNICOS (sic) TORCEDORES QUE GRITAM E CATAM (sic) EM PROL DO YPIRANGA, OU VOCES (sic) TOCEDORES COMUNS FAZEM ALGUMA COISA A NAO (sic) SER QUANDO O YPIRANGA FAIS (sic) UM GOL (?) (...). JA (sic) NOIS (sic) NAO (sic) CANTAMOS, GRITAMOS, ESTAMOS SUJEITOS A APANHAR DE POLICIA (sic), DE TORCIDAS ADVERSARIAS (sic) E MESMO ASSIM SENPRE (sic) ESTAMOS LA (sic) INCENTIVANDO O YPIRANGA, E VOCES (sic) DA INPRENSA (sic) DERRUBANDO AJENTE (sic) NAO (sic) TODOS MAIS A GRANDE MAIORIA. ENTAO (sic) 'CARA' 'D (sic) BOA' PARE COM ISSO NAO (sic) DERRUBE NOSSA TORCIDA NAO(sic).
OBS (sic): DIRETORIA DA FÚRIA JOVEM. "

A Mala Esportiva, através de seu mantenedor, Walter Miro tentou responder via orkut, ao scrap. Como não foi possível pela configuração do perfil da Torcida na página da rede social, a resposta e finalização ao tema segue nesta postagem.

Resposta ao scrap recebido pela "Torcida Organizada Fúria Jovem do Ypiranga"

Aceitamos vossas críticas que foram construtivas, no sentido de convivência neutra e cordial entre a Torcida e a Mala Esportiva, de fato, não dependemos um do outro para existir e coexistir. A publicação está feita, não será modificada, os fatos já estão esclarecidos no scrap enviado, sugiro apenas que procurem como estão dizendo, incentivar realmente o Ypiranga, esquecer os adversários e crescerão vertiginosamente já que são absolutos com relação ao clube.

Já fiz parte desta torcida, entre 2004-08, quando cheguei até a fazer parte da diretoria. Saí antes do Estadual 2008, ingressando na Estação Sat Agreste FM (hoje Rede Brasil de Comunicação), graças a Deus hoje faço parte da imprensa e ajudo a Sociedade Esportiva Ypiranga Futebol Clube à minha maneira, com um dos principais portais de esportes da região à serviço da cidade e do seu único time profissional.

Coexistamos, um cordial abraço,
Walter Miro - Graduando em Comunicação Social - Jornalismo na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB); Mantenedor do portal Mala Esportiva (www.malaesportiva.com); Colunista Esportivo do Jornal da Cidade; Repórter da São Domingos FM - 104,9
Mhz - São Domingos, distrito de Brejo da Madre de Deus-PE e da Rádio Ariús FM - 87,9 Mhz - Campina Grande-PB.

domingo, 9 de janeiro de 2011

Ex-jogador do Barcelona-ESP morre de câncer

Terra

Angel Pedraza, ex-jogador do Barcelona na década de 80, morreu neste sábado na Espanha. O ex-volante tinha 48 anos e estava internado há algum tempo para se tratar de um câncer.

Revelado pelo Barcelona B em 1982, Pedraza jogou ainda no Villarreal-ESP antes de chegar ao time principal do Barcelona em 1985. No Camp Nou, atuou por três temporadas, disputando 90 partidas e marcando seis gols.

Entre suas principais atuações, esteve a final da Copa dos Campeões da Europa da temporada 1985/1986. Após empate sem gols com o Steaua Bucareste no tempo normal e na prorrogação, Pedraza foi um dos quatro jogadores do Barcelona a perderem pênaltis.

Depois de longa passagem pelo Mallorca-ESP (1988 a 1995) e pelo pequeno Sóller-ESP (1995 a 1997), Pedraza passou a atuar como técnico, passando por equipes como Espanyol B-ESP, Benidorm-ESP, Villarreal B e Iraklis-GRE.

No começo da atual temporada espanhola, Pedraza estava no L'Hospitalet, mas precisou deixar o cargo em 25 de outubro.

sábado, 8 de janeiro de 2011

Partida da Liga dos Campeões é investigada pela UEFA devido a apostas

Das agências internacionais em Berlim, Alemanha

A partida da Liga dos Campeões entre Schalke 04-ALE x Hapoel de Tel-Aviv-ISR, disputada no fim de outubro de 2010 estaria sendo investigada pela UEFA devido a um número de apostas pouco comum, de acordo com o que noticiou neste sábado a imprensa alemã, que ainda cita o possível envolvimento de um jogador brasileiro no escândalo.

Segundo o jornal Suddeutsche Zeitung, a UEFA detectou um número muito grande de apostas provenientes da Ásia para esta partida da fase de grupos da Champions, na qual o Schalke 04 venceu por 3 x 1. No total, foram apostados 12 milhões de euros pela vitória do time alemão com dois gols de diferença.

Segundo a imprensa alemã, o brasileiro Douglas da Silva, ex-Hapoel Tel-Aviv que agora atua pelo Red Bull Salzburg-AUS, pode estar envolvido no caso por seus contatos no mundo do jogo e das apostas.

"Todas essas acusações contra mim são falsas. Sou vítima de um ato de vingança", disse o brasileiro em um comunicado, no qual também falou de "condenações prematuras dos meios de comunicação".

Douglas denunciou em Israel o atleta Liron Zarko por ameaças, um ex-companheiro de equipe no Hapoel Kfar Sava-ISR, o clube onde jogou até 2008. Liron exige o pagamento de uma dívida de 20 mil dólares, segundo a edição em inglês do jornal israelense Haaretz.

Zarko e seu pai também são suspeitos de ter ameaçado o brasileiro com a publicação de fotos comprometedoras caso não recebessem o pagamento, segundo o Haaretz. O ex-treinador de Douglas no Hapoel, Eli Guttman, saiu em defesa do jogador.

"Douglas é o melhor zagueiro com quem já trabalhei. É um jogador que não suporta perder, por isso as acusações me parecem infundadas", disse o técnico israelense.

Por sua vez, o treinador do Schalke 04, que encontra-se na Turquia em uma sessão de treinamento da equipe, disse estar surpreso com estas revelações.

"Se ganhamos por 3 x 0 contra o Lyon-FRA em casa, não é nada extraordinário vencer uma equipe israelense por 3 x 1, não sei porque falam de manipulação", afirmou Felix Magath.

"É normal que um time tenha mais dificuldades como visitante do que em casa", acrescentou, referindo-se ao empate por 0 x 0 de sua equipe no campo do Hapoel na quarta rodada da fase de grupos, duas semanas depois da partida sob suspeita.

Ceará-CE acerta a contratação de goleiro campeão brasileiro pelo Fluminense-RJ

Futebol Interior

Por meio de seu site oficial, o Ceará anunciou a contratação de Fernando Henrique, que se desligou do Fluminense neste sábado. O goleiro fechou com o clube cearense por um ano, o mesmo tempo de contrato que ainda tinha em vigor com o Tricolor carioca.

Com a camisa do Fluminense, Fernando Henrique permaneceu por nove anos, onde, ao todo fez 264 jogos, tomando 327 gols. Com a chegada de Diego Cavalieri, o goleiro perdeu espaço no Tricolor Carioca.

Na última temporada, FH perdeu a titularidade para Ricardo. Para este ano, a diretoria já apresentou o arqueiro Diego Cavalieri, revelado pelo Palmeiras, que estava no Liverpool-ING, assim, Fernando Henrique já perdeu espaço no clube.

Campeão Brasileiro em 2010, o Fluminense quer neste ano conquistar a Libertadores e conta com a experiência de Muricy Ramalho para conseguir isto. Sobre reforços, a diretoria não está anunciando muitos jogadores, mas manteve a linha de fazer a manuntenção do seu atual elenco.

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Polícia diz que Somália mentiu sobre sequestro; Botafogo-RJ 'lava as mãos'

Uol

Mais um problema policial envolvendo o Botafogo-RJ. Segundo agentes da 16ª DP, que fica na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, o volante Somália mentiu ao afirmar que teria sido vítima de um sequestro relâmpago, na última quarta-feira. Em nota oficial, o clube informou que, por enquanto, não irá puni-lo, mas que o atleta terá que procurar o seu próprio advogado. O depoimento já está marcado para a próxima quarta, dia 12, às 9h.

O jogador teria mentido sobre o ocorrido, pois, na madrugada de terça-feira para quarta, chegou em casa por volta das 4h e não conseguiria treinar pela manhã com a equipe do clube de General Severiano.

Os policias verificaram as imagens do circuito interno do condomínio onde Somália mora na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Somália foi visto entrando em um dos elevadores de seu condomínio portando os pertences que tinham sido "roubados" quando prestou depoimento.

"Solicitamos imagens do percurso e do prédio e vimos que ele saiu de casa às 9h07 e veio na delegacia às 9h32. No elevador de seu prédio, ele retira o dinheiro da carteira e quando ele volta ao elevador está sem o relógio e seu o cordão. Além disso, disse que ficou sob o poder do sequestradores por mais de duas horas. Todo momento ele caía em contradição. Agora, iremos solicitar a presença dele", disse a delegada Juliana Domingues, ao programa "RJTV", da Rede Globo.

Jogador da Nigéria nas Copas de 94 e 98 morre nos EUA

Terra
Foto: Getty Images


Uche Okafor (foto), ex-jogador da seleção da Nigéria, foi encontrado morto nesta sexta-feira em sua casa, na cidade de Dallas. As causas da morte, até o momento, ainda não são conhecidas.

Okafor, 43 anos, disputou as Copas do Mundo de 1994 e 1998 com a equipe de seu país. Entre os clubes que defendeu, destaque para Hannover-ALE (1993 a 1994), União Leiria-POR (1994), Farense-POR (1995 a 1996) e Kansas City Wizards-EUA (1996 a 2000), pelo qual se aposentou.

O ex-jogador vinha atuando como técnico de equipes amadoras dos EUA, além de ter participado de programas de TV do país. Sem atuar no Mundial de 1994, foi titular da Nigéria na derrota para o Paraguai por 3 x 1 em 1998.

Benedict Iroha, colega de Okafor na equipe nigeriana durante a década de 90, disse ao site SuperSport.com que estava chocado com a notícia. Segundo Iroha, foi difícil receber a ligação vinda dos EUA.

FIFA promete agir contra liga pirata indonésia

Trivela

A FIFA prometeu nesta sexta-feira tomar sanções contra uma liga pirata que está sendo montada na Indonésia. O idealizador da competição, que contará com 19 times e tem estreia marcada para este final de semana, é o milionário empresário do setor de petróleo, Arifin Panigoro. Como a Federação Indonésia de Futebol não reconhece a competição, aFIFA não reconhece a competição.

O torneio se chamará Indonesian Premier League (IPL) e, segundo Panigoro, visa desenvolver o futebol na região. Só que a Federação Indonésia já organiza seu campeonato nacional: a Indonesian Super League (ISL).

"Não recebemos nada oficial sobre isso, mas esperamos que a liga comece neste sábado", afirmou à Reuters o diretor de Membros Associados e de Desenvolvimento da FIFA, Thierry Regenass.

"Sabemos da situação e se isso for adiante será lidado com emergência pelo Comitê Emergencial da FIFA e sanções serão tomadas", alertou.

Segundo o dirigente, todos os jogadores e times que participarem da competição pirata podem ser punidos, incluindo as três equipes que abandonaram a ISL e optaram pela IPL. O torneio, no entanto, tem o apoio do ministro de Esportes do país.